1
abr
2014

Receita de Geleia de Umbu

por: Patty Martins

Geleia de umbu

Verão é época de umbu aqui no Nordeste do Brasil.  O umbuzeiro é aquela árvore frondosa que dá sombra com sua copa bem grande e arredondada. Eu amava quando era criança ficar em baixo de um umbuzeiro, as vezes até deitada em uma rede, ô tempos bons aqueles de criança na Bahia.

Em muitas feiras da Bahia encontramos para comprar o doce de umbu, que é um doce de corte e também encontramos, o doce da raiz do umbuzeiro. A raiz do umbuzeiro é uma batata que conserva muita água e  com ela é feito esse doce, que nos dias atuais já não é tão fácil de encontrá-lo, mas ele é muito gostoso, era um dos doces preferido de minha avó.

Hoje eu fiz a receita de Geleia de Umbu aqui em casa, o sabor dela é surpreendente pois é doce, mas tem um azedinho super especial. Uma delícia que dá água na boca.

Para fazer a geleia sempre use uma medida de polpa da fruta, com meia medida de açúcar e meia medida de água. Eu usei como medida a xícara, mas pode usar qualquer recipiente, respeitando as proporções. Veja como fiz:


18
mar
2014

Cuscuz de Tapioca

por: Patty Martins

Cuscuz de Tapioca

A receita desse Cuscuz de Tapioca é muito fácil e nem vai no fogo. Esse é um doce muito consumido na Bahia, tem inclusive nos tabuleiros das baianas que vendem acarajé. Até no café da manhã a gente come esse cuscuz. Minha mãe faz muito. Mas, no Rio de Janeiro esse cuscuz também é muito consumido, em viagens que eu fiz para lá, já comi também.

Esse cuscuz também é chamado de Cuscuz Branco e pode ser comido com leite condensado, como fiz o meu, ou apenas regado com leite de coco adoçado.

Veja como o que eu falei é verdade e como ele pode ser feito rapidinho:


16
ago
2013

Bolo de Cuscuz com Coco

por: Patty Martins

bolo de cuscuz de milho

Bolo de Cuscuz é uma ótima opção para reaproveitar o cuscuz nosso de todo dia que comemos aqui no Nordeste. Cuscuz frio e dontonte é muito ruim né gente? É seco, duro, só mesmo se fizermos alguma coisa com ele. Aqui em casa, como com leite e açúcar, ou faço Salada de Cuscuz, ou uma farofinha ou Bolo de Cuscuz. Mas, jogar fora nunca, é um desperdício.

Para você que gosta de cuscuz, mas não sabe como fazer, um tempão atrás eu fiz um post ensinando como fazer cuscuz, o cuscuz nordestino, claro. Vai lá dar uma olhada que você vai ver que é super fácil e muito barato fazer cuscuz.

Veja essa receita que fiz usando coco:

 


8
jul
2013

Receita de Mungunzá com Leite Condensado

por: Patty Martins

Canjica ou Mungunzá com leite condensado (2)

Agora o frio chegou de vez, né gente? Aproveitei e fiz nesse fim de semana esse Mungunzá, ou como chamam no Sul e Sudeste do Brasil, Canjica. Eu já fiz aqui no blog algumas receitas de mungunzá, mas dessa vez fiz usando leite condensado e creme de leite. Dá uma cremosidade super especial.

É uma receita bem fácil de fazer, vamos ver como fiz:


18
jun
2013

Mingau de Tapioca

por: Patty Martins

Mingau de Tapioca da Bahia

 

Esse é o típico Mingau de Tapioca da Bahia. Eu gosto muito e durante toda a minha infância lá, eu comia. Agora praticamente todas as vezes que vou para lá, como o que Silvandira (minha amiga que é craque em comida baiana) faz, ô delícia.

Para quem já foi de férias para a Bahia provavelmente já comeu esse mingau. Ele é muito comum no café da manhã e a maioria dos hotéis serve esse mingau. Aliás, não tem café da manhã como o nordestino, né gente?  E o sertanejo então, tem muita sustância.

Para fazer esse mingau não tem segredo, eu acho que o mais difícil é encontrar a tapioca. Para fazer o mingau usamos a farinha de tapioca que é aquela torradinha. Ela é quebradinha (tipo biju). Eu não acho essa farinha de tapioca para comprar aqui em Garanhuns, então todas as vezes que vou para a Bahia eu trago um saco, que dura muiiiito. Para quem tem aquelas Casas do Norte na sua cidade pode procurar lá.

Agora vamos à receita:


16
mai
2013

Bolo de Tapioca da Bahia

por: Patty Martins

Bolo+de+tapioca+da+Bahia+(8)

Esse bolo é espetacular. É o bolo da minha infância. Minha avó e minha mãe faziam. Eu disse certo, faziam. Acreditam que liguei para minha mãe, que ainda mora na Bahia, e pedi que ela me lembrasse dessa receita que eu tinha me esquecido se precisava ou não deixar a tapioca de molho. Sabem qual foi a resposta dela? Não sei. Isso mesmo, ela também não lembrava. Minha mãe nunca foi de anotar receita e ela simplesmente esqueceu. Como minha avó não está mais entre nós, corri para ligar para algumas amigas para saber como elas faziam a receita. Liguei para Silvandira, em Salvador (Silvinha é daquelas pessoas craques na cozinha, sabe como é? E se for comida baiana então, Jesus, ela sabe tudo), e ela me disse que fazia sem colocar a tapioca de molho (como eu imaginava). Daí minha mãe falou com outra amiga nossa, a Simone, lá de Senhor do Bonfim, e a Simone também não colocava de molho. Então, decidi fazer no dia seguinte.

À noite recebo uma ligação de minha mãe: “Faz a receita como a gente falou, que dá super certo, é aquele bolo mesmo que a gente fazia a muito tempo atrás. Eu fiz e já comemos quase todo de tão bom que está.” kkkk. Isso porque o médico mandou ela fazer dieta.

Daí no dia seguinte fiz o bolo. Tive que fazer para ver se realmente era tão gostoso quanto eu lembrava. E era.

Veja então a receita do nosso delicioso Bolo de Tapioca:


1
abr
2013

Receita de Bolo de Rapadura

por: Patty Martins

Bolo+de+Rapadura

Olá pessoal, como passaram o feriadão prolongado? Eu fui com a família, passar a Páscoa na Bahia. Foram dias ótimos. Aliás a Bahia é sempre ótima, me sinto em casa. Mas, agora estou de volta e a vida vai entrando na rotina novamente.

Antes de viajar eu fiz esse bolo aqui em casa e foi perfeito. Foi meio que uma invenção minha  mas que deu super certo e resultou em um bolo extremamente fofinho e muito gostoso. Experimenta fazer e depois me conta. Eu sei que rapadura não é uma coisa muito fácil de se encontrar nos outros Estados brasileiros que não estão no Nordeste, mas você já encontra em algumas redes grandes de supermercados ou mesmo em Casas do Norte que são lojas que vendem produtos de outras regiões do Brasil. Se você puder, incorpora o consumo de rapadura na sua família, ela é um alimento riquíssimo nutricionalmente. Só toma cuidado, pois ela também é bem calórica, então a palavra é equilíbrio  ok? Use, aproveite os benefícios nutricionais,  mas não exagere na quantidade.

Agora veja como fiz esse bolo:


28
fev
2013

Receita de Pudim de Tapioca de Cristininha

por: Patty Martins

Pudim de Tapioca

Cristininha é uma prima de meu marido, mas quem me passou essa receita foi a irmã dele, Ana, há muito tempo atrás e eu nunca tinha feito. Mas, esses dias remexendo nos meus arquivos do computador encontrei a receita e resolvi fazer. É uma receita de família e família baiana.

Essa receita é feita com a farinha de tapioca que é muito comum na Bahia. Não sei se em outros estados tem essa farinha, se tiver me diz aí nos comentários e como ela se chama. A farinha de tapioca é mais quebradinha e torradinha dê uma olhada na Foto 01 onde estão os ingredientes. É com ela que na Bahia fazemos o Cuscuz de Tapioca, Bolo de Tapioca, Mingau de Tapioca, Bolinho de Estudante e outras receitas. Não é a tapioca usada para fazer a tapioca que conhecemos por aí, aquela que parece uma panqueca e que chamamos de Beiju de Tapioca. O Beiju de Tapioca é feito com a goma de tapioca que é a mesma goma de mandioca, veja:  Como fazer tapioca.

Minha mãe quando veio me visitar me trouxe um pacote dessa  farinha de tapioca então aproveitei e fiz essa receita e vão ter outras também aguardem.


6
ago
2012

Arroz Doce Tradicional

por: Patty Martins

Isto mesmo, esta é uma receita do arroz doce tradicional, aquele sem leite condensado e creme de leite. O arroz doce da vovó, bem simples. Pelo menos era o que minha avó fazia, a sua não?

Eu sou muito fã de arroz doce, mas sei que não é um doce que todo mundo goste. Aqui em casa, por exemplo, o pessoal come, mas não se deliciam como eu. Eu gosto de todo tipo de arroz doce, desde o mais tradicional (este) até o com algumas misturas, como o Arroz Doce Cítrico. Gosto também do “arroz doce dinamarquês”, o Risengrød, que minha filha aprendeu a fazer quando morou lá e que faz para nós aqui.

Mas, hoje vou mostrar a versão mais tradicional mesmo, vamos lá:


17
mai
2012

Receita de Tapioca

por: Patty Martins

Bem, na verdade não é uma Receita de Tapioca, mas vou mostrar como faço tapioca aqui em casa.

Hum, que delícia comer uma tapioca quentinha no café da manhã, eu gosto demais. Daí, como só com manteiga e queijo. Mas, quando eu quero uma mais incrementada aí coloco coco ralado com leite condensado ou outro recheio, tem uma infinidade de opções. Em muitas capitais do nordeste a gente encontra barraquinhas que vendem tapioca recheada com todo tipo de recheio, são combinações tanto doces como salgadas. Mas, algumas são tenebrosas. Ano passado experimentei uma com hambúrguer e mais uma pá de coisas que sinceramente não gostei, foi em João Pessoa. Mas, em compensação comi uma de carne seca em Maceió que foi de pedir bis, um recheio bem cremoso e divino.

Eu sei que, quem não mora na Região Nordeste normalmente não tem acesso à goma de mandioca (que é com que é feito a tapioca, foto 1), mas o bom é que, comer tapioca virou um tipo de modinha, então em muitos estados já se encontram barraquinhas que vendem tapioca e até a goma para comprar. Eu mesma vi várias em São Paulo na última vez que fui lá. Em São Paulo também, da para encontrar a goma em algumas feiras. Quando eu morava no interior de São Paulo eu costumava encontrar nas chamadas “Casa do Norte” (são lojas onde vendem produtos nordestinos).

Portanto se você tiver acesso a goma, compra e faz em casa, é muito fácil.


Página 1 de 3123