1
set
2014

Você conhece a dieta paleolítica?

por: Mariana Jones

Dieta Paleolítica

A Dieta Paleolítica é caracterizada pelo consumo de alimentos  semelhantes aos de nossos ancestrais e pode trazer muitos benefícios para a nossa saúde.

O foco desse tipo de alimentação  do “homem das cavernas”, é consumir alimentos mais naturais e com menos aditivos químicos.

Já que antigamente, não haviam alimentos industrializados que fazem tão mal por ter agentes estranhos ao nosso organismo. Aumentando  a carga alergênica, tóxica e inflamatória da rotina alimentar.

A proposta é  priorizar alimentos como: hortaliças, castanhas, frutas, raízes, e carnes (adquiridas através da caça). E evitar o consumo de industrializados ricos em carboidratos simples, gorduras trans, aditivos e conservantes  alimentares, o trigo e os lácteos.

A proteína é mantida, e aumenta-se o consumo de gorduras boas (óleo de coco, abacate, azeite, etc), o que gera saciedade.


25
ago
2014

O que fazer quando a azia ataca?

por: Mariana Jones

melão

Foto: Foodista

Quando a queimação no estômago e a dor aparecem,  logo pensamos no uso de medicamentos antiácidos e inibidores de bombas de prótons (Omeprazol, Pantoprazol), né? Muitas pessoas nem esperam a indicação médica e já se auto-medicam. Mas apesar de aliviar os sintomas, o uso contínuo traz sérias consequências ao organismo.

Esses medicamentos quando utilizados em excesso, geram a alcalinização do estômago, comprometendo a digestão de vitaminas, como a B12, proteínas, e minerais. Esse processo além de gerar uma sensação de empachamento, gera um processo inflamatório. Já que a má digestão de proteínas (hidrólise), faz com que as macromoléculas  sejam absorvidas no intestino e gera uma resposta do sistema imunológico e a inflamação, que pode estar relacionado com as causas dos sintomas.

O refluxo gastroesofágico (azia), ocorre devido retorno dos ácidos estomacais para o esôfago, e a alimentação  inadequada: comer rápido e com excesso de gordura, frituras, doces, é a maior causa do desenvolvimento desse desconforto.

Sendo assim, nada melhor do que tratar a causa e não apenas amenizar os sintomas com medicamentos né? E que tal eliminar esses sintomas de forma natural? Através de pequenas mudanças na alimentação?

O foco do tratamento é reduzir a carga inflamatória da alimentação e reequilibrar a produção de acido clorídrico e enzimas no estômago.

Seguem algumas dicas:


11
ago
2014

Leite de coco é um leite vegetal ótimo para substituir o leite de vaca que é mais alergênico. aprenda a fazer.

por: Mariana Jones

Como fazer leite de coco

Foto: Egahen

Sempre venho ressaltando aqui nas minhas portagens a importância de optar por alimentos mais naturais, e menos industrializados, já que são mais ricos em nutrientes e não possuem aditivos alimentares e substâncias químicas.

E como os estudos científicos vem mostrando cada vez mais que excesso de leite de vaca e derivados na nossa alimentação, pode gerar processos inflamatórios e alergênicos, que tal optarmos também por outros alimentos?!  O ideal então, seria fazermos um rodízio de consumo com leites vegetais, como leite de amêndoas, leite de arroz, leite de aveia, leite de quinoa, ou leite de coco.

Hoje vim trazer uma receitinha super prática e nutritiva para vocês: Leite de Coco Caseiro.

Além de ser rico em vitaminas e minerais o leite de coco  possui como principal  fonte de gordura, o ácido láurico, que tem ação antimicrobiana e antifúngica.

Eu costumo usar bastante o leite de coco em receitinhas de bolos, tortas nutritivas e peixes,  retirando o leite de vaca. Pode ser utilizado também para tomar com cacau em pó ou fazer um mingau delicioso com aveia e cacau, que tal???

Vamos então a receitinha?


27
jul
2014

Receita de chá anti-gripe e como fortalecer o sistema imunológico

por: Mariana Jones

cha para gripe

Como anda a temperatura na cidade de vocês? Nessa época do ano com o friozinho, e a mudança de temperatura, acabamos muitas vezes pegando uma gripezinha né?

Então passei aqui para relembrar a vocês de que a alimentação é fundamental para fortalecer o nosso sistema imunológico.

Seguir uma alimentação rica em vitaminas e minerais  no nosso dia a dia, faz com que possamos resistir aos vírus e bactérias.

Muito se fala sobre a importância da vitamina C para fortalecer o sistema imune. E por isso muitas pessoas acabam recorrendo a suplementação de vitamina C, como automedicação e prevenção. Mas a vitamina C é considerada um agente pro-oxidante se administrado isoladamente, vocês sabiam? E além disso o consumo de doses elevadas pode estimular a resistência às infecções. Então evitem a auto-medicação combinado?

Nesse período, fiquem atentos também a evitar o consumo excessivo de produtos industrializados, álcool, cafeína, sal, pois esses alimentos enfraquecem o sistema imunológico.

Mas o que seria ideal consumir para fortalecer o sistema imune? Seguem algumas dicas:


13
jul
2014

Temperos industrializados versus temperos caseiros

por: Mariana Jones

tempero industrializado e  tempero caseiroFoto: Rainer Z  

Há algum tempo já venho querendo escrever para vocês, falando sobre os temperos industrializados e coincidentemente a Patty comentou comigo que alguns de vocês enviaram duvidas de quais os temperos mais saudáveis para serem utilizados. Por isso escrevi esse post hoje.

Eu sei que ele é lindo! Mas, não caiam na armadilha do Rodrigo Hilbert (marido da Fernanda Lima) que diz na propaganda que só cozinha com Caldo Knorr!! Rsrs. (Só pra descontrair um pouquinho).

Sabe-se que os temperos  industrializados  são muito práticos para serem utilizados no dia a dia, e deixam a comida muito saborosa. Mas, se tratando de saúde o uso em excesso traz vários malefícios para nosso organismo, já que contém muito sal, glutamato monossódico, aromatizantes e conservantes  artificiais.

O melhor a se fazer então, é utilizar mais temperos naturais, que  tem diversas propriedades benéficas para nossa saúde.


6
jul
2014

Caponata Funcional (com casca de banana verde)

por: Mariana Jones

 

Tem algum tempinho que estou tentando fazer uma caponata (eu amooo), mas nunca tinha todos os ingredientes. Principalmente por que essa caponata funcional leva a casca da banana verde e toda vez quando eu faço a biomassa esqueço  de guardar a casca! Vocês lembram que ensinei aqui como fazer a biomassa? Então quando fizerem já separem a casca pra fazer essa delicia heim?!

Já falei aqui sobre os benefícios nutricionais da banana verde, e da berinjela, então vamos aproveitar a casca da banana verde que é super rica em fibras!!!

Para iniciar a receita, higienize direitinho a banana. Como eu não achei dessa vez a banana verde orgânica fiz esse processo:

Lavei bastante a banana. Depois deixei de molho com 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio para 1L de água durante 1h. Depois enxagüei e coloquei de molho com 1 colher de vinagre de maçã para 1L de água durante mais 1h. No final lavei bastante para tirar o vinagre.

Esse processo de higienização é comprovado em estudos que tira grande parte dos agrotóxicos dos alimentos. Eu como nutricionista, não indico a higienização com o hipoclorito de sódio ou água sanitária como a vigilância  sanitária ensina, pois esse processo acaba contaminando quimicamente os alimentos. E quanto menos química melhor!!!

Depois de higienizada, você pode cozinhar  a banana na panela de pressão e fazer a biomassa da banana verde e depois separar a casca!!

Agora vamos a receitinha?????


23
jun
2014

Sal, qual a melhor escolha?

por: Mariana Jones

sal

Foto: Free Images

 

 

Um dos problemas de saúde que esta ligado ao maior índice de mortalidade são as doenças cardiovasculares. E a hipertensão tem aumentado cada vez mais. Por isso precisamos ficar atentos a uma melhor qualidade da alimentação, a pratica de exececicios físicos, ao consumo de água, e ao menor consumo de sódio e produtos industrializados (ricos em sódio).

Ao contrário do que se pensa o sódio é um mineral importante para nossa saúde, já que participa da transmissão de impulsos nervosos, contração muscular, equilíbrio hídrico, transporte de moléculas entre células.  Porém, o que ocorre é que o excesso de sódio é extremamente prejudicial a nossa saúde e as pesquisas demonstram que o consumo médio de sódio dos brasileiros é o dobro do recomendado. Esse excesso, sobrecarrega o sistema cardiovascular, renal, e aumenta a retenção hídrica.

A OMS (Organização Mundial de Saúde)  preconiza o consumo máximo de 2 g de sódio por dia, o que equivale a 5 g de sal de cozinha comum.

Minha dica é sempre usar mais temperos, ervas finas na preparação dos alimentos e menos sal.

Mas você sabia que existem tipos de sal mais saudáveis?


16
jun
2014

Dicas de petiscos saudáveis

por: Mariana Jones

Petiscos saudáveisFoto: sxc.hu

 

Oi pessoal, quem esta curtindo a copa do mundo aqui no Brasil? Deixando de lado todo o lado político envolvido nesse grande evento, é muito legal o espirito de patriotismo que todos se envolvem né?

Reunir os amigos em casa, em um barzinho, restaurante ou ir para os estádios torcer pelo nosso pais é muito contagiante.

Que tal aproveitar esse momento para confraternizar sem esquecer da nossa saúde? Então, vim aqui dar umas dicas legais para vocês de preparações bem gostosas e saudáveis para receber os amigos.

Se não tiver muito tempo para preparar comidinhas e quiser  algo mais prático, tente fazer uma lista de compras de alimentos já prontos e nutritivos, como por exemplo:

  • Cenoura baby,
  • Mix de oleaginosas,
  • Edamame (petisco de soja),
  • Pipoca feita no óleo de coco,
  • Semente de girassol,
  • Semente de abóbora,
  • Ovo de codorna,
  • Tomate cereja.

E se tiver um tempinho a mais, segue uma super dica para preparar no dia do jogo:


9
jun
2014

Os perigos de usar adoçante

por: Mariana Jones

 Adocantes

 

Percebo que muitas vezes as pessoas, com a ilusão de estarem “economizando” calorias acabam optando pelo uso de adoçantes no dia a dia. Mas, quais implicações disso para nossa saúde? Vamos entender um pouquinho?

Adoçantes são substâncias artificiais que o nosso organismo não esta preparado para receber. Por ser uma toxina, altera o metabolismo e fica estocado nas células de gordura dificultando ainda mais a perda de peso. Não se assustem!!! É isso mesmo!!!! Ao invés de ajudar a emagrecer o uso continuo do adoçante pode engordar!!!!!

Além disso, o organismo não distingue o açúcar do adoçante e acaba estimulando a maior liberação de insulina pelo pâncreas, assim estimulando ainda mais a deposição de gordura corporal e também estimulam receptores intestinais para o sabor doce e aumentam a absorção de glicose. E todo esse ciclo vira uma grande “bola de neve”. Podem ainda, prejudicar o sistema nervoso central, pois o aspartame, por exemplo, é considerado uma neurotoxina pois provoca a excitabilidade cerebral. E por ser uma substância artificial prejudica nosso organismo,  podendo levar ao desenvolvimento de doenças como Alzheimer e Parkinson.


2
jun
2014

Benefícios nutricionais da Aveia

por: Mariana Jones

Beneficios nutricionais da aveia

Foto: sxc.hu

Vocês sabiam que a aveia é um super aliado da nossa saúde?

É considerado um alimento funcional, pois é rica em beta-glucana, uma fibra solúvel que trás vários benefícios para nosso organismo.

Se você tem o colesterol muito alto, vale a pena incluir 3 colheres de sopa de farelo de aveia ao dia na sua alimentação. O farelo é mais indicado pois é mais rico em beta-glucana, em segundo lugar está o floco de aveia e por último a farinha.

A aveia ainda é fonte de vários minerais como  selênio, manganês, fósforo e em silício. O manganês participa da formação do colágeno,  e o silício mantém a integridade da elastina e do colágeno, dessa forma tornando-se um alimento muito importante para a saúde do cabelo, pele e unhas. Trás benefícios também para pacientes diabéticos ou com resistência insulínica, pois ajuda no controle da glicemia.


Página 1 de 612345...Próxima