28
mar
2012

Com criatividade é fácil ser saudável

por: Patty Martins

Gosto muito de cozinhar e de comer, mas nem por isso deixo de tentar ser saudável. Afinal, saúde é o que interessa (o resto não tem pressa).

Mas, eu sou adepta do equilíbrio. Nada como você poder comer de tudo, mas sem exageros. Deus me livre, se ser saudável é ter que abdicar das comidas gostosas. Eu penso que não, eu sei que não. Ser saudável é na medida do possível fazer boas escolhas.

Claro que não vou comer empadão vários dias na semana, mas também não vou tomar um shake horroroso só por que é saudável, isto não funciona para mim. Funciona para mim, comer coisas gostosas sempre, sejam saudáveis ou nem tanto.

Acho que posso, um dia ou outro comer uma guloseima se na maioria dos dias as minhas escolhas foram bem feitas (tô certa ou tô errada, queridas amigas nutricionistas?). Procuro não “desperdiçar gostosura” quando vou comer uma delícia que não é tão saudável. Já que vou comer, procuro comer o mais gostoso. Se estou com vontade de comer um doce, vou procurar comer um doce delicioso e não um doce qualquer só para matar a vontade.

Claro que nem sempre é fácil, mas quem disse que é.

Isto é o que eu procuro fazer no meu dia a dia, mas tem dias que não funciona. Tem dias que estou subindo pelas paredes por um doce, neste dia se deixar eu como até açúcar puro. Tem dias que você venderia sua mãe por um pedaço de chocolate, não é? (calma mãe, isto nunca me passou pela cabeça). São os dias mais difíceis. Nestas horas o que faço é seguir uma das premissas dos Alcoólicos Anônimos “um dia por vez”. Vou comer bem, vou comer coisas saudáveis  só por hoje. Se eu não conseguir não vou ficar me martirizando, sigo em frete e no dia seguinte procuro fazer boas escolhas.

 Eu sou um bom exemplo de vida saudável?

Se você olhar rapidamente não sou.

Estou acima do peso, muitos dias tenho uma rotina bem sedentária no computador, tenho um blog de culinária, onde faço muitas delícias (algumas não tão saudáveis) e que todas que eu posto, eu como.

Mas eu busco ser saudável.

Dia a dia eu busco ser saudável.

Aqui em casa sempre tem muita salada, com verduras, legumes e frutas (adoro fruta na salada). Procuro fazer molhos mais leves para acompanhá-las. Muitas vezes o que é para ser frito, eu asso ou grelho, uso muito pouco óleo, mas uso mais azeite de oliva extra virgem (quando estou querendo emagrecer, uso pouco). Alguns dias da semana tenho procurado acordar mais cedo e dar uma caminhada de pelo menos 30 minutos (adoro ver o sol nascer enquanto caminho). Assim vou levando minha vida. Afinal não é sobre “Fazer Boas Escolhas” que estamos conversando. Eu tenho procurado, dia a dia fazer boas escolhas para ser saudável.

Se eu quero ser um exemplo?

Não.

Nem me façam de exemplo, eu não sou.

Eu apenas estive refletindo sobre estes assuntos na semana passada e resolvi dividir com você. Eu além de ter blog, eu leio muitos outros blogs também e o que eu gosto mais quando eu leio é poder aprender com a blogueira, com as experiências dela com relação a determinado assunto. Se é uma blogueira de moda, gosto de saber, por exemplo como ela monta um look legal, como e por que ela fez aquelas escolhas, vejo se funcionaria para mim e aí aprendo a me produzir melhor.

Então espero que quando você terminar de ler este post, você seja capaz de não fazer igual a mim, mas de repensar sua vida e ver o que você pode melhorar para ser mais saudável, só por hoje.

 O que você pode fazer?

Tente fazer boas escolhas na sua vida. Seja feliz.

Procure aos poucos ir mudando de hábitos. Se nunca come fruta, comece por aí. Tente introduzir uma fruta, que você gosta muito, na sua alimentação diária. Se tem pavor a salada ou a tudo que é verde, não tente comer salada [detestando] só para ser saudável, faz uma sopa (bem gostosa) com a salada e toma como entrada em uma refeição. Olha que você pode ter ideias incríveis de sopas levinhas e saudáveis. Ou tenta camuflar os legumes e verduras no meio de outras receitas, viram a Panqueca de Cenoura que fiz algumas semanas atrás?

O importante é você ir mudando os hábitos bem devagar.

E mexa-se.

Faça coisas a pé. Dance na frente da televisão. Ande de bicicleta (aproveite no fim da tarde e veja o por do sol). Se você mora no litoral, vai para orla. Uma água de coco custa 2 reais, uma bicicleta para você passear pela praia, você pode comprar com seu cartão de crédito, mas andar de bicicleta com o vento batendo no rosto e o sol se pondo no horizonte não tem preço. O importante é não passar o dia sentado. Faça alguma coisa.

Afinal você vai querer ser uma velhinha bem “sacudida” na terceira idade, né? Claro que eu sei que isto ainda está muito looooge. Mas plante agora para colher mais tarde. É uma questão de investimento. Como posso resgatar, mais lá na frente, se eu nunca investi? Invista em sua saúde hoje.

O que você faz de gostoso e que é uma opção bem saudável?

Vou esperar as sugestões de vocês aí nos comentários. Eu sei que tem gente que tem várias dicas, então divide com a gente. Vou esperar.

Comida saudável não tem que ser ruim, nem feia, não é? Separei então três ideias que vi por aí e que achei bem legal, dá uma olhada:

100Daysofrealfood.com

cookingwithmykid.com

Compartilhe ou imprima

PrintFriendly and PDF


14 Comentários

  1. Daiane disse:

    ontem eu vi uma imagem que é bem isso que vc está dizendo.

    http://pinterest.com/pin/286823069988334278/

    É burrice nossa (ou minha, no caso) achar que só uma mesa de doces pode ser super colorida e apetitosa! Olha só como uma mesa de saladas pode ser LINDA.

    Assim como essas idéias que você postou.

    Eu adorei, e concordo com sua linha de raciocinio sobre o equilíbrio entre o gostoso e saudável.

    Ah, só pra constar, essa semana eu estou com vontade de comer salada de abobrinha com cebola e atum, temperadinha com limão e cebolinha. Chega a me aguar a boca só de escrever….. Pode isso?

  2. Luisa disse:

    Adorei o texto! E é tudo bem verdade! Só conseguiremos ser saudáveis se estivermos felizes interiormente, com a mente aberta, pensament positivo! Acho que as pessoas andam muito ligadas a esteriótipos e muitas vezes deixam de se amar e ver o bonito da vida por isso. Ser feliz é o melhor remédio para qualquer doença ou prognóstico! Bjos e adoro o blog!

  3. Neri Diniz disse:

    Ola eu e meu filho estamos acima do peso, é que faço salgados,massas e chocolates e etc. e a gente faz e come.Tenho tentado na medida do possivel fazer uma alimentação mais saudavel mais sem neuras.Fazendo pão integral,iogurte,gelatina sem aquele creme tradicional.meu filho toma café sem açucar.Vamos aos poucos mudando.DEUS te abençõe.

    Patty Martins respondeu:

    Neri eu tb acredito nisso, isto é, em pequenas mudanças dia a dia. Eu sei que quando trabalhamos com comida é bem mais dificil resistir, mas tenta e se precisar conversar pode me escrever. eu gosto de trocar experiências e isto ajuda muito.
    Beijinhos

  4. viviane alves disse:

    Concordo com vc, to tentando me adaptar à alimentação saudável. É tudo!
    Bjs
    Vivi
    http://www.viviass.blogspot.com.br
    http://www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com

    Patty Martins respondeu:

    É isso aí Viviane. Força para nós.
    Beijinhos

  5. Marina disse:

    Eu estou com você, não abro mão de gostosura nenhuma por causa da boa forma, rsrs…
    Aqui em casa procuramos levar uma vida mais regrada durante a semana e lliberamos nos finais de semana, mas saladas e frutas são itens obrigatórios no cardápio. O mais difícil é a malhação…
    Bjs.

    Patty Martins respondeu:

    Pois é Marina. É o que eu tento tb, não quero abrir mão do que é bom. Acredito muito que podemos ter uma alimentação saborosa e saudável. Força aí na malhação, rs
    Beijinhos

  6. Eliana Asaka disse:

    Oi Patty,

    Bom dia!!!

    Lá em casa fomos mudando aos poucos nossa alimentação e hoje temos uma alimentação bem saudável mesmo.
    No café da manhã não pode faltar pão integral, requeijão light, queijo branco, fruta, iogurte desnatado, aveia, linhaça, chia, quinoa, que misturamos a fruta.

    No almoço e jantar comemos muita salada, procuro variar bastante para não enjoar, procuramos comer mais peixe e frango do que carne vermelha, as vezes faço algo com soja.

    Ontem a noite por exemplo eu fiz filé de peixe grelhado com molho de iogurte e palmito, meu marido amou.

    Hoje pretendo fazer uma torta de massa podre com atum, ela fica uma delícia….Na massa uso óleo de canola, ao invés de manteiga ou creme vegetal, o resultado final é maravilhoso.

    Ah! Sem falar que procuro me exercitar 1 hora de manhã na academia e quando saio do serviço mais uma hora (tenho a facilidade que moro próximo ao meu serviço e a academia fica na esquina do escritório) Não tenho desculpa para não ir…

    Mas as mudanças foram ocorrendo aos poucos, comecei as 28 anos, hoje tenho 42….Precisa ter perseverança, as tentações chegam, mas devemos ser mais fortes, pois o que plantamos hoje, colheremos na nossa melhor idade, e eu quero ser uma velhinha bem sacudida….
    Beijos e uma ótima quinta-feira.

    Eliana

    Patty Martins respondeu:

    Eliana querida vc sim é um exemplo. Amei seu comentário. Puxa que legal. Imagino o quanto vc já alcançou, fiquei muito motivada com sua experiência. Obrigada por compartilhar. Quero muito uma velhice saudável, por isto estou tentando mudar meus hábitos.
    Beijinhos amore

  7. Ana Maria disse:

    Adorei o post, parabéns! Concordo com seu ponto de vista… equilibrio no dia a dia é sempre a melhor opção.

    Meu marido e eu somos adeptos do pão integral diariamente no café da manhã; usamos queijo branco no lugar da mussarela.

    Trago todos os meus lanches para o trabalho e assim evito as guloseimas da padaria e salgadinhos de lanchonete (sempre trago uma fruta, um iogurte e um sanduiche com uma fatia de pão e queijo; tenho também um potinho com frutas secas na minha gaveta que sempre me salva!). Virei adepta das tâmaras pra matar a vontade de doce… mas, claro, as vezes também como algum docinho ou um pedacinho de torta!

    Para mim, o segredo não está em restringir, mas sim em não exagerar!

    Patty Martins respondeu:

    Exatamente Ana. Eu acho que um dos segredos tb é se planejar. Assim como vc faz. Senão a gente come o que está mais a mão e acaba comendo besteria.
    Beijinhos

  8. Denise disse:

    Bom dia Patty, adoro seu blog, já li ele todinho, desde o começo e anotei muitas receitas gostosas.
    Aqui em casa começamos a ter uma alimentação mais saudavel há algum tempo, primeira providencia foi reduzir a zero o refrigerante, as bolachas industrializadas, e os doces industrializados, trocamos por suco naturais (congelo a fruta fresca), comecei a fazer biscoitos e bolachas em casa, e doce qdo tem é caseiro feito com alguma fruta.Reduzi tbem o consumo de leite e farinha branca, café da manhã agora é suco de laranja e frutas com granola, fritura aqui em casa não existe mais, proximo passo é começar a consumir produtos organicos, mas aqui no interior ainda é dificil de encontrar.Cada etapa teve seu tempo de adaptação e assim quase não sentiram as diferenças, a não ser na saude e no bem estar. Bjs

    Patty Martins respondeu:

    Denise aqui em casa tb faço assim, as mudanças são graduais. Refrigerante aqui tb só entra em dia de festa ou algum dia especial, as crianças nem reclamam. Tem muita salada todo dia e sempre ofereço lanches saudáveis, mas tudo sem neuras.
    é bom ouvir as experiências de outras pessoas, né? Nos motivamos ainda mais.
    Beijinhos e obrigada por compartilhar

Deixe o seu comentário!

Comentários Pelo facebook