20
fev
2010

Lelê da Bahia. Lelê ou Muxá, você conhece?

por: Patty Martins

Pois bem, Lelê e Muxá pelo que descobri estes dias são a mesma coisa: Uma sobremesa feita de quirera de milho. Quirera de milho, também conhecida como canjiquinha ou xerém é aquele milho amarelo todo quebradinho.
Lelê é como esta sobremesa é conhecida na Bahia e Muxá é como os capixabas a chamam lá no Espírito Santo.
No finalzinho de janeiro a Marly publicou no blog dela (aqui) a receita do Muxá. Fiquei surpresa, pois conhecia aquela sobremesa com o nome de Lelê. Dei uma googada e descobrir que os dois são a mesma coisa e mudam de nome dependendo do estado brasileiro.
Desde o dia que vi a receita da Marly fiquei com a maior vontade de fazer Lelê. Eu gosto demais desta sobremesa e aliás, não como só como sobremesa, eu como a qualquer hora e em qualquer momento. Afinal eu sou praticamente a rainha do milho, hahahaha. Quem me acompanha aqui sabe que gosto demais de milho e de tudo que é feito com ele.
Então, anteontem fiz o Lelê e me acabei de tanto comer, rsrsrs. Aquele “bolinho” bem úmido e com aquela consistência meio granulosa, mas muito macia, é uma perdição. Eu não tinha leite de coco integral (da fruta mesmo) aqui em casa, então usei leite de coco (de garrafinha), mas mesmo assim ficou ótiiiimo. quanto ao coco ralado, eu usei a fruta.
Antes de começar, quero dedicar este post à Marly (blog Saboreando a Vida) que me lembrou desta receita e também à Luisa, minha cunhada que adora estas comidinhas baianas. Gente, quando vou passar férias na casa de praia de Luisa, lá na Bahia (ai, ai, Bahia do meu coração), vocês acreditam que quando ela não faz estas delícias, ela levanta bem cedo e vai buscar estas delícias, inclusive Lelê, lá em Jacuípe, no restaurante de Chica para gente tomar café da manhã, antes de irmos nos esbaldar nas praias de Jacuípe, Arembepe, Guarajuba, etc… Isto que é cunhada, né não?
Agora vamos ao Lelê:

Receita de Lelê da Bahia

Ingredientes

500g de canjiquinha
1/2 litro de leite de coco (coloquei 2 vidrinhos)
1/2 litro de leite
1 xícara (de chá) de coco ralado
1 ½ xícara de açúcar
Cravos
1 pitada de sal

Modo de Preparo
Deixei a canjiquinha de molho em água por uma hora (o melhor é deixar de um dia para o outro). Depois lave bem em água corrente (use uma peneira). Coloque a canjiquinha na panela de pressão com os cravos e coloque água até ficar uns dois dedos acima da canjiquinha. Tampe e leve ao fogo. Quando a panela começar a fazer barulho, baixe o fogo e conte uns 20 a 30 minutos e desligue. Tire a pressão da panela, abra e coloque o leite, o leite de coco,o sal, o açúcar e o coco ralado. Misture bem e volte para o fogo. Quando começar a ferver, baixe o fogo e vá mexendo até engrossar e o líquido ser absorvido. Despeje em uma forma molhada, espere esfriar bem. Depois corte em quadradinhos.

Dica: Aqui em casa comemos quente também.

Obs. Esta aqui é a canjiquinha, para quem não estava ligando o nome à pessoa, hahaha.

Compartilhe ou imprima

PrintFriendly and PDF


14 Comentários

  1. Nana disse:

    Amiga, não conhecia esse doce, prazer :)
    Eu tb gosto de tudo que é feito de milho, ontem quase parei em um cara para comprar pamonha hehehe
    bjss

  2. OI Patty,
    Também não conhecia este doce! Mas mesmo não sendo fã de milho a aparência dele me deu água na boca!
    bjs

  3. Marly disse:

    Patty,
    Muito obrigada pela deferência! Eu fico muito satisfeita ao ver que alguma receita (ou sugestão) dada por mim foi bem aceita!
    Esse muxá/lelê é uma verdadeira delícia, não é verdade? Não conheço ninguém que, provando um pedaço, diga que não gostou. E o melhor é que é um doce que tem fibras e as substâncias do milho (e do coco!), ou seja, não é um alimento "de calorias vazias".
    O seu muxá ficou muito bonito e com um aspecto cremoso e úmido. E com esse acréscimo de leite de coco deve ter ficado uma loucura de saboroso!!

    Beijinho e bom fim de semana.

  4. Anakoelho disse:

    Olá Patty!
    Passei para agradecer pela visita.
    Menina,eu ví essa receita no blog da Marly e achei com uma aparência
    tentadora mas fiquei em dúvida se fica bom mesmo por ser feito de can
    jiquinha.Gosto dela no prato salgado mas doce?Será?E de novo vejo aqui com esta ótima aparência…,vcs duas vão acabar me convencendo a fazer,rsrs.
    Um ótimo fim de semana pra vc.
    T+!

  5. ACHO QUE FICA COMO UMA CANJICA DE CORTAR NÉ?VOU FAZER!

  6. Rachel disse:

    Patty querida, não conhecia esse lelê, mas não tenho dúvidas que irei gostar, já que tudo que é de milho muito me apetece…rs!
    Bjuss!!!

  7. Renata disse:

    Engraçado, aqui nos comemos canjiquinha sempre salgada…com paio, costelinha e couve. Assim doce nunca tinha visto, mas me pareceu um doce bem gostoso.
    Vou tentar qualquer dia, legal!

  8. isabel disse:

    Olá Patty :)
    Eu não conhecia este docinho, mas que tem um aspecto guloso e maravilhoso, lá isso tem!!
    beijinho grande.

  9. Fabí disse:

    Oi Patty, vc quer engordar todo mundo né amiga!!!rsrsrsrsr, mandei sua lembrancinha hoje pra Jatobá, espero que goste. Beijocas!!

  10. WALLACE DE PAULA disse:

    OL…CONHEÇO E MUITO ESTE DOCE…MINHA MAE ..NA MINHA INFANCIA FAZIA PARA MEU PAI VENDER NO CAMPO DE FUTEBOL EM SANTA LUCIA ,IMBARIE DUQUE DE CAXIAS ,RJ.
    MINHA MAE JA É FALECIDA E NAO LEMBRAMOS MAIS DESTA RECEITA…OLHA A NET NOS AJUDANDO E A VC POR TER NOS DADO ESTE PRESENTE..A RECEITA QUE MAMAE TINHA E QUE NOS AJUDOU A SUSTENTAR. HOJE MORO EM GOVERNADOR VALADARES MG..E VOU ENSINAR A MINHA SOGRA A PREPARA-LO COM ESTA RECEITA …MAS, NO FOGAO A LENHA.SALVE SALVE LÊLE.ABRAÇOS

  11. ana lucia disse:

    olá migas, tive a oportunidade de comer esse doce ano passado na bahia em porto seguro, até pedi a receita pra cozinheira do hotel….façam.. é maravilhoso

  12. Célia Stein disse:

    Nossa, esta sobremesa parece deliciosa, e também fácil e barata de se fazer.

  13. victoria disse:

    obrigada eu estava precisando da historia dessa comida

    Patty Martins respondeu:

    Por nada, que bom que pude ajudar.
    Abraços

Deixe o seu comentário!

Comentários Pelo facebook