Categorias
Bebida Geral Lançamento Outros Países

Sangue para beber


A partir de janeiro estará à venda este “sangue” aí da foto. Na verdade é um energético com cor, consistência e aparência de sangue, mas com sabor de fruta. Até a embalagem parece com aquela dos hospitais.
Eca.
Não tenho coragem não gente. Pode ser delicioso, mas consistência de sangue e ainda mais nesta embalagem, tô fora.
Resolvi postar sobre isto porque hoje é o grande dia para os fãs de vampiros e Crepúsculo.
Os adolescentes ao redor do mundo estão em polvorosa, ansiosos, mas enfim chegou o dia gente, é hoje:
Estréia mundial do filme Lua Nova

Para falar a verdade não sei nada sobre esta saga vampiresca, mas no início da semana estava eu lá no cinema garantindo o ingresso para a estréia (coisas de mãe). À noite lá vou eu de novo levar a galera ao cinema.

Sangue X Vampiro
Vampiro X Sangue

Tudo a ver né gente.
Então se vocês gostam dessas bizarrices, o site americano já está aceitando encomendas do “sangue” ai de cima, é o Blood Energy Potion (Poção Energética de Sangue).
Dá para encomendar aqui:

http://www.urban-collector.com/blood-energy-potion-48-pack-oct091652.html

Custa US$ 5,99

Vai um sanguinho aí?

Categorias
Garanhuns Geral Lançamento Local

Que Obama que nada!

O filme teve sua pré-estréia ontem em Brasília e dizem que é muito emocionante, bem no estilo “Dois Filhos de Francisco”. Amanhã vai ter uma sessão no Centro de Convenções, em Recife para os parentes daqui de Garanhuns e da Região e para as autoridades do Estado, inclusive o prefeito daqui e o Governador do Estado. Como não sou parente, nem “otoridade” vou ver mesmo só no dia primeiro de janeiro que vai ser a estréia nacional.
Cenas do filme

Outro dia vi uma entrevista do Lula (não sei se com o Kennedy Alencar, na Rede TV) onde ele disse que só conheceu pão com sete anos, antes ele tomava café com farinha de mandioca. Impressionante, né não?
Mas não se engane não, até hoje tem muita gente vivendo em extrema pobreza por esse Brasilzão de meu Deus.
Famílias que moram assim:

Que conseguem um balde de água, muitas vezes suja, após andar kilômetros.

Que dependem da solidariedade de pessoas como os Amigos do Bem, para comer.

Categorias
Garanhuns Geral Local Loja

Chocolate é bom, muito bom…

Há alguns dias atrás tive o prazer de conhecer um doce de pessoa, o nome dela? Tânia. No mesmo dia que me conheceu ela foi super prestativa e me ajudou a resolver alguns assuntos que estavam esquentando minha cabeça.

Vejam onde ela me recebeu:

Que charme, né não?
Quem pensou que era a casa dela, enganou-se. Essa é uma das lojas dela, a outra fica no centro. Veja que chalé mais lindo:

É que ela tem uma fábrica de chocolates artesanais aqui em Garanhuns. Ela começou a fabricar estes deliciosos chocolates em 1991 em pleno Festival de Inverno da cidade e não parou mais. O chocolate dela chama-se:

Chocolates Artesanais Sete Colinas
Sete Colinas é em homenagem as sete colinas que rodeiam a cidade. Ela trabalha tão bem, junto com o maridão, que já fornece chocolate para toda a região. Eu não conheço ninguém que venha a Garanhuns e não dê uma passadinha em uma das lojas dela, nem que seja para tomar um chocolate quente, senão é como ir a Roma e não ver o papa (como diria alguns, pois eu já fui a Roma e não vi o papa, haha).
Outra coisa é que você pode encomendar o chocolate que você imaginar, se for viável, ela faz.
Veja alguns dos chocolates que ela faz por lá:
Esses são os licores
Esses com fotinhas da cidade
http://www.chocolatesetecolinas.com.br/
Categorias
Curiosidade Geral Outros Países Produtos

O sorvete que não derrete

Vem chegando o verão…
E neste domingão de calor que está beirando o insuportável, um sorvetinho cai bem. Cai bem, não. Cai super, hiper, mega bem.
Mas este sorvete aí em cima tá parecendo mais coisa de cientista maluco: Um sorvete que não derrete? Eu, hein.
Diz o fabricante que ao invés de derreter, o sorvete vira pudim. Segundo eles não foi adicionado nenhuma substância química para conseguir esta textura e sim uma combinação de ingredientes do sorvete e do pudim.
O sorvete Jell-O foi lançado nos Estados Unidos, mas ainda não tem por aqui, ele é fabricado pela Cold Stone Creamery.
Categorias
Bebida Eventos Geral Outros Países Produtos

Cerveja que só está à venda durante 6 semanas no ano

É a cerveja dinamarquesa Tuborg Julebryg (safra de Natal). Em 1981 foi criada uma edição limitada comemorativa que vinha em latas azuis. Agora todos os anos, entre o fim de outubro e começo de novembro, é celebrado o “J-Day”. É um dia super especial para os dinamarqueses, chega a ser quase um feriado. Os funcionários da cervejaria percorrem bares e cafés oferecendo a cerveja a todos maiores de idade e convocando-os a celebrar o Natal. A mobilização é tão intensa que as ruas e a televisão fazem contagem regressiva do evento e os trens de Copenhague funcionam de graça na noite do evento.
Esta cerveja tem um sabor mais adocicado é mais maltada que as outras e tem um teor alcoólico de 6%.
Circular só 6 semanas no ano e fazer tanto sucesso assim, porque será? Deu até vontade de experimentar.
Alguém aí em DK manda uma para mim via SEDEX?
http://www.carlsberggroup.com/brands/Pages/Tuborgjulebryg.aspx
Categorias
Eventos Geral Pernambuco

Recife Bombando na Gastronomia

Eitchá que só tá dando Hellcife.

Capa da revista Prazeres da Mesa de outubro

Esta edição traz a cobertura completa do Prazeres da Mesa Recife Ao Vivo. O evento aconteceu de 9 a 11 de setembro, em quatro salas do Senac da capital pernambucana, aulas sobre diversos temas relacionados à gastronomia, abrangendo as áreas de confeitaria, padaria, coquetelaria e alta gastronomia.
É uma versão da paulistana Semana Mesa São Paulo.
A revista traz ainda um panorama da nova cozinha da capital pernambucana.
Porque estou falando tudo isso agora já que o evento já passou? Porque quero falar desta jovem chef aí em baixo.

Anne Aquino e sua assistente Andréa Lucio

Anne Aquino, 21 anos, e Andrea Cristina, 16 forão as campeãs do Talento Ao Vivo Recife. Alunas do curso de hotelaria e gastronomia da Faculdade Boa Viagem, elas ganharam o júri com um lagarto glaceado ao perfume de erva doce, abobrinha salteada com crispe de inhame. Isto lhe garantiu uma vaga para o concurso em São Paulo.
Anne é uma velha conhecida dos concursos gastronômicos. Ela já levou a melhor em duas outras provas ocorridas na capital: Fispal Nordeste 2007 e Festival Chez Georges.
E agora é a grande campeã da edição 2009 do Talento ao Vivo Prazeres da Mesa/GNT. A jovem chef provou e comprovou sua competência.
No último dia do Semana Mesa SP 2009, 30 de outubro, cada finalista recebeu R$ 200 para compras e as informações sobre quais ingredientes deveriam ser utilizados em suas receitas.
Um júri formado pela redação da revista e por chefs renomados escolheu a receita de Anne, que foi premiada com uma passagem aérea para Portugal, um estágio com o chef Alain Poletto e uma oportunidade de cozinhar com o chef Claude Troisgros no programa “Menu Confiança” da GNT. E ainda garantiu uma vaga para o concurso Senac – DCT Culinary Cup 2010. Organizado pelo Senac São Paulo em conjunto com a DCT (escola suíça de hotelaria e turismo) este concurso promove a integração entre estudantes dos cursos de Tecnologia em Gastronomia e Cozinheiro Chefe Internacional, incentivando o desenvolvimento de técnicas e pesquisas de ingredientes de acordo com normas de concursos internacionais.
A sua receita premiada noTalento ao Vivo Prazeres da Mesa/GNT chama-se: Picanha suína com trilogia de tubérculos.

Pelo jeito ela vai cada vez mais longe.
Parabéns Anne!

Fonte: Prazeres da Mesa

Categorias
Eventos Garanhuns Geral Local

Festival Sabores de Garanhuns

Bom diaaaa!

Hoje eu madruguei. Não sei o que aconteceu, mas 4:30h da matina eu já estava acordada. Depois de fritar na cama um pouco (fritar na cama = ficar virando de um lado para o outro sem conseguir dormir), eu resolvi levantar e contar para vocês uma novidadex daqui de Garanhuns, Gus para os íntimos.
Pois bem, ontem começou por aqui o “Festival Sabores de Garanhuns” é a quinta edição deste evento que é uma realização do Sebrae em parceria com a ABRASEL (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes). Durante um mês inteiro os dez restaurantes participantes irão servir um novo prato, criado para o evento, dependendo da aceitação do público, o novo prato pode até permanecer no menu depois do festival.
Se você mora aqui não deixe de prestigiar e se você não mora, ou se não conhece a mais charmosa das cidades do Agreste pernambucano, esta é uma excelente oportunidade, vem e aproveita o clima super especial da cidade e ainda prove deliciosos pratos.
Aqui vai a lista dos restaurantes participantes e os pratos criados:
Alforria Bar e Restaurante
Endereço: av. Rui Barbosa n° 823 – (87) 3762.1758
Prato: Filé Sete Colinas – Filé recheado com provolone ao molho de vinho tinto, acompanhado de arroz com cenoura e batata frita R$ 17,90 porção individual
Restaurante O Chalé
Endereço: av, Rui Barbosa n° 1155 – (87) 3762.1552
Prato: Rondeli Suíça Pernambucana – Rondeli de abóbora, recheado com charque e coberto com molho de graviola. R$ 22,90 kg
Rondeli Suíça PernambucanaEudes Santana/Divulgação

Escritório Bar, Restaurante e Pizzaria
Endereço: av. Amauri de Medeiros n°97 – (87) 3761.0053
Prato: Gratinado Pernambucano – Arroz ao leite de coco, camarões refogados no azeite, purê de macaxeira e batata inglesa, charque desfiada com cebola e manteiga de garrafa e queijo coalho ralado. Litoral, Agreste e Sertão. R$ 19,90 para 2 pessoas

Restaurante Chez Pascal
Endereço: av. Rui Barbosa n° 891 – (87) 3762.0070
Prato: Filé Chez Pascal – Medalhões de filé ao molho de laranja, acompanhado com batata rostí e arroz cremoso com brócolis. R$ 29,90 para 2 pessoas
Filé Chez Pascal
Eudes Santana/Divulgação
NaSala Restaurante e Self-service
Endereço: av. Rui Barbosa n° 498 – (87) 3762.4247
Prato: Peixe a moda da casa – Filé de peixe empanado, ao molho especial de legumes, acompanhado de purê de batata e arroz branco. R$ 18,90kg
Estação Doçura Burgueria
Endereço: av. Rui Barbosa n° 746 – (87) 3761.1270
Prato: Mexican Burger – Pão sírio, picanha em pedaços, alface, tomate e cebola. Molho apimentado guacamole. R$ 8,90

Restaurante o Relojoeiro
Endereço: av. Euclides Dourado n° 277 – (87) 3763.7095
Prato: Filet D`a Maria Clara – Filet grelhado a molho com champignon, creme de leite e pimenta do reino acompanhado por arroz tropical-cereja, banana e abacaxi- e tomate recheada com canudinhos de queijo, presunto e gorgonzola. R$ 16,00 para 1 pessoa, R$ 27,00 para 2 pessoas

Varanda Restaurante e Pizzaria
Endereço: av. Euclides Dourado n° 450 – (87) 3761.1644
Prato: Paçoca a Varanda – Paçoca de charque, acompanhada com arroz com queijo coalho, feijão macassa e purê de abóbora. R$ 22,50 para 2 pessoas

Terraço Churrascaria e Chopperia
Endereço: av. Rui Barbosa n° 1070 – (87) 3762.9032
Prato: Moqueca do Agreste – Moqueca de camarão na moranga, acompanhado com arroz de brócolis e batatas douradas. R$ 41,50 para 2 pessoas

Whiskonderijo Restaurante e Chopperia

Endereço: av. Ernesto Dourado n° 118 – (87) 3761.3978
Prato: Picanha suína ao molho da terra – Picanha suína à milanesa, cortada em finas fatias, ao molho de legumes refogados na manteiga e flambados no vinho tinto, acompanhada com arroz fantasia – jerimum, brócolis e uvas passas – e batatas portuguesas. R$ 18,90 porção individual
Muitas opções, não é mesmo?
Vou ficar devendo um post sobre a cidade para mostrar um pouquinho da Suíça Pernambucana para vocês.
Categorias
Curiosidade Geral Outros Países Produtos

Pipoca com Estilo

Pois é, até as coisas mais basiquinhas podem se sofisticar. Quem diria que a boa e velha pipoca poderia ficar assim tão cheia de estilo.

Uma empresa de San Francisco nos Eua, a 479°Popcorn lançou esta que é uma pipoca orgânica e que pode ser encontrada em oito sabores diferentes como trufas negras com cheddar, com amêndoas e caramelo de pimenta, com caramelo de gengibre, ou com açúcar de canela vietnamita, entre outros.
Tem doce e salgada, mas mais salgado ainda é o preço U$35,00 a caixa.
Curiosidade: Sabe porque a marca chama 479°? Por que segundo os fabricantes é esta temperatura que o milho chega quando vira pipoca.
Categorias
Geral Outros Países Receita Salgada

Culinária Diamarquesa

Estes dias pesquisei muito sobre a Dinamarca, por conta do intercâmbio que minha filha vai fazer e tenho me encantado com a culinária de lá.

Na Dinamarca (apesar de ser um país composto por várias ilhas) a carne mais consumida por lá, é a carne de porco. Eles comem muito arenque defumado, mas o porco ganha.
Uma das especialidades de lá é uma espéciede sanduíche aberto, chamado smorebrod. Uma fatia de pão de centeio, com carne ou peixe, queijo e verdura, vejam:


A principal refeição deles é a da noite, onde a família se reúne para comer uma refeição quente.
No café da manhã eles comem pão, queijo, mingau de aveia, café ou leite (ou chá). No almoço eles comem o smorebrod aí de cima com salada e fruta. Eles tem também uma espécie de café da tarde (kaffeborder) onde comem bolinhos, tortas, bolos amanteigados e biscoitos. A confeitaria dinamarquesa é um capítulo à parte, méldeus:

Essa é uma panqueca típica deles (Ebelskiver), bem gordinha né?

Esse (a) Ebelskiver é com banana
E os folhados, aff.

E agora umas fotinhas do que eles comem na principal refeição que é a noite.

Uma espécie de hamburguer com salada, picles, pão e beterraba

Costelinha de porco frita com batata cozida e molho


Gostei demais, até quero fazer alguma aqui em casa para experimentar. Se você tiver mais coisas sobre DK e receitas de comida de lá, me mande que vou tentar fazer.

fonte das fotos: Google.com

Categorias
Eventos Geral Local

Circuito Gastronômico no FLIPORTO

Se neste fim de semana você estiver a fim de comer super bem e de sobremesa participar de uma festa literária, você tem que correr até Porto de Galinhas, corre mesmo porque são poucos dias. Começou ontem e vai até domingo. Isto porque durante a V Festa Literária Internacional de Porto de Galinhas estará acontecendo o Circuito Gastronômico.
Estarão presentes vários chefs renomados, palestras, lançamento de livros de culinária e um talk-show com Lectícia Cavalcanti no Restaurante Beijupirá, no sábado, 18 horas. Letícia lança, seu livro “História dos Sabores Pernambucanos”.
Pena que não vou poder ir.
Se você tiver chance, vai sim. Não é sempre que dá para conciliar boa comida, literatura e Porto de Galinhas. Ah, Porto…