Categorias
Comida Nordestina Receita Salgada Receitas

Cuscuz Nordestino Recheado, uma delícia!

Olá, que bom tê-lo(a) aqui mais uma vez! Hoje vou ensinar você a fazer aquele Cuscuz Nordestino só que desta vez, recheado. Aqui no Blog já ensinei a fazer o Cuscuz Nordestino tradicional, partindo do zero e com muitas dicas de recheio salgado e doce.

Também tem outras receitas de Cuscuz, inclusive como reaproveitar a sobra de Cuscuz: farofa de cuscuz, salada de cuscuz ou bolo de cuscuz. CLIQUE AQUI se quiser estas receitas adicionais.

Esta é mais uma boa receita, fácil de fazer, prática, deliciosa e barata.

No vídeo abaixo dou algumas ideias de como você pode rechear o Cuscuz:

  • Salsicha picadinha com molho de tomate;
  • Linguiça calabresa;
  • Carne de sol acebolada;
  • Carne Seca desfiada e passada na manteiga;
  • Frango desfiado (veja a dica de “Como Desfiar Frango Usando a Panela de Pressão”);
  • Carne, de qualquer tipo, desfiada;
  • Fatias de queijo coalho;
  • Fatias de queijo manteiga ou requeijão de corte;
  • Sabor Pizza, com tomate, muçarela e orégano;
  • Guisado de Galinha, que é uma delícia;

Existe uma infinidade de opções de recheios salgados. Fica à critério da sua criatividade. Lembrando que você pode comer cuscuz recheado no café da manhã, almoço, jantar ou mesmo lanche.

Cuscuz Nordestino Recheado

Rendimento: 1 Pessoa

Ingredientes da massa do cuscuz:


Flocão para cuscuz – Farinha de milho flocada sem sal
1/2 xícara de flocão
1/4 xícara de água
Uma pitada de sal

Ingredientes do recheio:


Queijo coalho picado – 1/xícara
Tomate picado – 1/2 unidade
Orégano – 1 pitada

Utensílio:


Cuscuzeiro ou Panela a Vapor

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Modo de Preparo:

  • Primeiramente, vamos preparar a massa do cuscuz, que é a base para agregarmos o recheio salgado.
  • Em um recipiente, adicione a farinha de milho flocada e o sal. Misture bem estes ingredientes.
  • Em seguida, adicione a água para umedecer a farinha de milho para que ela fique hidratada. Deixe hidratando por 5 minutos. A farinha deve ficar como uma areia molhada.
  • Enquanto a massa fica hidratando, vamos preparar o recheio, que é bem simples.
  • Em um outro recipiente, pique o queijo, o tomate e separe o orégano.
  • Depois de hidratada a massa, vamos montar o cuscuz com o recheio em uma Cuscuzeiro ou Panela a Vapor.
  • Na cuscuzeira, coloque a metade da massa do cuscuz. Não aperte a massa, apenas arrume ela, senão o cuscuz vira uma massa dura.
  • Depois coloque o recheio: queijo, tomate e orégano.
  • Em seguida, coloque a segunda metade da massa do cuscuz, feche a tampa da cuscuzeira e leve ao fogo.
  • Assim que a água da cuscuzeira começar a ferver, conte 2 minutos e estará pronto (veja o vídeo que usei uma cuscuzeira individual). O ponto de cozimento é quando o cuscuz vira um bolinho compacto: a farinha (flocão) não está mais solta.
  • Sirva bem quentinho e como na hora.

Posteriormente, se você quiser ver mais posts como esse, acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui.

Categorias
Comida Nordestina Receita Salgada Receitas Receitas Para Iniciantes

Cuscuz Nordestino, uma receita muito fácil!

Hoje vou ensinar você a fazer aquele Cuscuz típico aqui do Nordeste, de milho, bem quentinho e que dá para comer tanto salgado como doce. No café da manhã dos hotéis aqui do Nordeste sempre tem Cuscuz frequinho, com diversos tipos de recheio. É uma delícia, não é mesmo?

O Cuscuz é uma ótima opção para substituir o pão com manteiga em suas refeições. Pode ser feito com ovo cozido, com leite de vaca ou leite de coco, manteiga, requeijão de corte, carne seca, carne de sol e afins. O segredo é acompanhar com ingredientes típicos e populares.

Vamos fazer este Cuscuz no fogão, com vapor. Mas, para quem não tem uma cuscuzeira ou uma panela a vapor, dá para fazer também no microondas.

O cuscuz é o exemplo vivo da transformação cultural de um prato, é um exemplo das influências que cada região do país pode exercer sobre uma única receita e, assim, criar novos sabores, formatos e histórias.

O cuscuz paulista leva farinha de milho e mandioca, tomate, pimentão, sardinha, camarão, ovo, pimenta, salsinha… ao gosto de cliente. Em Minas a receita leva galinha, desfiada ou em pedaços, muitas vezes com molho de tomate ou caldo de feijão. Outra receita mineira mistura a tradicional farinha de milho com mandioca e fubá, açúcar, canela, erva-doce e queijo.

Em Santa Catarina, é famosa a bijajica, um cuscuz feito com mandioca, amendoim cru e açúcar mascavo. No Paraná existe a mandipuva, um tipo feito com mandioca fermentada e espremida, e pode levar sal, erva doce e canela, ou amendoim, ovos e banha de porco.

Na Bahia também existe uma versão com inhame e farinha de mandioca e, no Maranhão, eles preparam o prato com flocos de arroz e tapioca.

Cuscuz Nordestino

Rendimento: 1 Pessoa

Ingredientes:

Flocão para cuscuz – Farinha de milho flocada sem sal
1/2 xícara de flocão
1/4 xícara de água
Uma pitada de sal

Utensílio:

Cuscuzeiro ou Panela a Vapor


Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Modo de Preparo:

  • Primeiramente, em um recipiente, adicione a farinha de milho flocada e o sal. Misture estes ingredientes.
  • Em seguida, adicione a água para umedecer a farinha de milho para que ela fique hidratada. Deixe hidratando por 5 minutos. A farinha deve ficar como uma areia molhada.
  • Depois de hidratada, cozinhe em uma Cuscuzeiro ou Panela a Vapor por 1 a 2 minutos (veja o vídeo que usei uma cuscuzeira individual). Lembre-se de não compactar a farinha de milho, apenas espelhar dentro da cuscuzeira ou panela.
  • O ponto de cozimento é quando o cuscuz vira um bolinho compacto.
  • Sirva bem quentinho: regado com leite de coco, coco ralado e açúcar. Ou simplesmente  com uma manteiga deliciosa. Também vai bem com leite condensado. Ou, ainda, como uma refeição principal com um ensopado de galinha, carne de sol, salsicha. Esta receita é neutra, portanto, fica bem com muitos ingredientes salgados ou doces.

Sugestão:
Aqui no BLOG você também pode pesquisar diversas receitas, doces e salgadas, de cuscuz: como a Salada de Cuscuz Nordestina e o Bolo de Cuscuz, . CLIQUE AQUI para ver algumas.
Posteriormente, se quiser ver mais posts como esse, acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui.
Categorias
Comida Nordestina Feijão e outros grãos Receita Salgada

Feijão Verde Cremoso Com Queijo Coalho

Se feijão verde já é bom, imagine assim, cremoso e com queijo coalho. Meu Deus, não tem pra ninguém. É uma das maravilhas da comida nordestina.

O bom é que hoje em dia já da para encontrar feijão verde em grandes supermercados das maiores capitais do país. Então, se você encontrar aí na sua cidade uma bandeia de feijão verde, compre e faça essa delícia, você não vai se arrepender.

Categorias
Comida Nordestina Low Carb Peixes e Frutos do Mar Receita Salgada Receitas Para Iniciantes

Frigideira de Siri Catado – Receita Baiana

Quem me acompanha aqui no blog sabe que eu já morei em diversos lugares e que agora moro em Pernambuco, mas sou baiana de nascimento. Frigideira de Siri Catado é uma comida que me acompanhou a vida inteira, ainda mais porque ela é uma das minhas comidas preferidas. Minha mãe faz uma que é de comer de joelhos.

Foi ela quem me trouxe esse siri catado e eu não pensei duas vezes, claro que eu fiz uma frigideira. Muitas pessoas podem dizer que essa comida como é feita, não pode ser chamada de frigideira, mas os baianos me entenderão porque tudo o que fazemos com esse ovo batido por cima, nós chamamos na Bahia de frigideira. Então tem frigideira de siri catado, tem frigideira de camarão, tem frigideira de legumes e muitas outras.

Eu trouxe hoje uma frigideira muito fácil, que qualquer pessoa pode fazer. Eu sei que em muitos supermercados por ai a fora da para encontrar carne de siri congelada, dá para fazer com ela, mas não vai ficar tão saborosa como a que é feita com o siri catado que compramos no litoral, mas da para fazer e fica boa.

Veja a receita que simples:

Frigideira de Siri Catado –
Receita Baiana

Tempo Total: 30 minutos
Rendimento: 4 porções

Ingredientes
  • 2 colheres (de sopa) de azeite de oliva
  • 1 colher (de chá) de alho amassado
  • 1 cebola média ralada
  • 2 tomates bem picadinhos ou batidos
  • 500 g de siri catado (ou carne de siri congelada)
  • 1 vidro de leite de coco (200 ml)
  • Sal a gosto
  • 1 pitada de pimenta do reino moída na hora
  • 1 punhado de coentro picado
  • 6 ovos

Modo de Preparo

  1. Assista ao vídeo para ver como fiz:

Dicas:

  • Pode substituir 1 colher de azeite de oliva por uma colher de azeite de dendê, também fica muito bom.
  • Se você acrescentar o leite de coco feito em casa, fica ainda mais gostoso. veja esse post: Como fazer leite de coco em casa.
  • Deixe o forno no médio, uns 180 graus.
  • Dá para fazer porções individuais, ficam lindinhos.

Categorias
Comida Nordestina Geral Receita Salgada

Vatapá da Bahia

Essa receita de Vatapá é super fácil de fazer e é uma delícia. É uma receita de minha mãe. Para quem gosta de vatapá agora vai poder fazer em casa sem nenhuma dificuldade, pois essa é uma versão bem simples e fácil de fazer e gostosa demais. Eu amo!

Vatapá da Bahia

Rendimento: 10 porções

Ingredientes
  • 6 pães
  • 750 ml de leite
  • 4 cebolas grandes
  • 1 xícara de camarão seco e defumado
  • 1 xícara de amendoim torrado
  • 1 colher (de sopa) de gengibre ralado
  • 200 ml de leite de coco
  • 200 ml de azeite de dendê
  • Sal a gosto

Modo de Preparo

  1. Assista ao vídeo para ver o passo a passo

Dicas:

  • Tem gente que faz com farinha de trigo ao invés de pão, mas garanto que com pão é muito mais saboroso.
  • Se não achar o camarão seco defumado, pode usar o camarão seco normal.

Categorias
Comida Nordestina Doces Nordestinos Receitas Para Iniciantes Receitas slides gde

Receita de Lelê (doce de canjiquinha)

Lelê, muxá ou quirera dengosa é esse doce feito com canjiquinha (também chamada de quirera em alguns lugares), com leite e coco. Eu particularmente acho uma delícia, muitas vezes nem espero esfriar para comer.

Há um tempo atrás até já coloquei uma receita de Lelê aqui no blog, daquela vez fiz com coco ralado de pacotinho e leite de coco em garrafinha. Dessa vez fiz a receita usando o coco fresco. Delicioso.

É um doce bem típico, bom para servir em festas juninas ou julinas, veja como fiz, é bem fácil:

Receita de Lelê

Tempo Total: 40 minutos
Rendimento: 25 a 30 pedaços pequenos

Ingredientes

  • 250 g de canjiquinha (quirera de milho)
  • 1 litro de leite
  • 1/2 coco
  • 1 ½ xícara de açúcar
  • Cravos
  • 1 pitada de sal

Modo de Preparo

  1. Coloque a canjiquinha de molho em água da noite para o dia (ou umas 2 horas no mínimo).
  2. Depois escorra a água e lave muito bem a canjiquinha.
  3. Coloque a canjiquinha na panela de pressão com alguns cravos e cubra com água até ficar uns dois dedos acima do grão.
  4. Cozinhe por uns 20 a 30 minutos.
  5. Assim que cozinhar abra a panela e escorra a água (se ainda tiver).
  6. Bata no liquidificador coco descascado e picado com o leite.
  7. Coloque na panela de pressão com a canjiquinha cozida, o leite com o coco, o açúcar e o sal.
  8. Volte ao fogo e deixe cozinhar no fogo baixo mexendo sempre.
  9. Assim que engrossar e o líquido ser absorvido está bom.
  10. Despeje em um recipiente molhado (isso ajuda desenformar).
  11. Depois de frio, corte em pedaços e sirva.

Dicas

Categorias
Comida Nordestina Receita Salgada Torta, Escondidinho, Polenta e Bobó

Bobó de Camarão

Bobó de Camarão é uma receita tradicional e muito gostosa. Boa para fazer para um jantar especial,  como o Dia dos Namorados que já é na semana que vem.

Muita gente acha que é complicado fazer, mas não tem segredo nenhum. Uma coisa que podia dificultar era achar o azeite de dendê que fora da Bahia era muito difícil de encontrar há alguns anos atrás, mas hoje em qualquer bom supermercado você encontra o azeite de dendê de boas marcas junto, na prateleira dos azeites.

Eu gosto muito de usar o azeite que compro na feira quando vou para a Bahia, ele é bem mais saboroso do que o que compramos em garrafinhas no supermercado, o mesmo acontece com o coco que também fica bem mais saboroso quando usamos ele in natura. Mas, isso não é impedimento para fazer um delicioso bobó, basta comprar boas marcas.

Antes de começar a fazer o bobó propriamente dito, você vai precisar limpar o camarão, então veja aqui: Como limpar camarão, também como tirar o leite de coco: Como fazer leite de coco em casa e aqui tem um post dando dicas de Como cozinhar aipim.

Agora sim vamos à receita:

Bobó de Camarão

Rendimento: 5 porções

Ingredientes

  • 1 kg de camarões médios limpos
  • 1 colher (de sopa) de coentro bem picadinho
  • 2 colheres (de sopa) de azeite de oliva
  • 1 cebola média ralada
  • 1 tomate grande sem pele, sem semente e picadinho
  • Leite de um coco conforme a receita (ou 1 e 1/2 garrafa de leite de coco de 400 ml)
  • 5 colheres (de sopa) de azeite de dendê
  • 1 kg de aipim (mandioca, macaxeira) cozida e sem o fiapo do meio
  • Sal a gosto

Modo de Preparo

  1. Tempere os camarões com sal e coentro picado e deixe descansando por uma hora mais ou menos.
  2. Nesse tempo cozinhe o aipim e faça o leite de coco (veja s links no post).
  3. Bata o aipim cozido com o leite de coco até virar um creme e reserve.
  4. Em uma panela coloque o azeite de oliva e a cebola e deixe fritar um pouco. Acrescente o tomate e refogue um pouco mais.
  5. Acrescente a esse refogado os camarões já temperado.
  6. Assim que os camarões mudarem de cor junte o creme de aipim batido com o leite de coco.
  7. Misture muito bem e acrescente mais sal.
  8. Acrescente o azeite de dendê, mexa bem.
  9. Deixe aquecer bem, até ferver e desligue, já está pronto

Dicas

  • Tem gente que coloca pimenta no bobó, eu prefiro servir a pimenta à parte, pois aqui em casa tem as crianças e elas não comem pimenta.
  • Sirva com arroz branco.

Categorias
Comida Nordestina Doces Caseiros Doces Nordestinos Receita Doce

Doce de Rapadura com Coco

Na casa de todo nordestino que se preza, tem um pedaço de rapadura né não? Mesmo quando a gente mora fora do nordeste, a gente sempre vai atrás de uma Casa do Norte (que vende as iguarias nordestinas) ou mesmo faz uma lista de encomendas para quando alguém vier da terrinha.

Rapadura é uma delícia e é bem mais saudável do que fazer um doce com açúcar branco. Não sabia? Pois é, rapadura é riquíssima nutricionalmente, tem vitaminas (como A, C, D, E, vitaminas do complexo B e PP) e importantes minerais, como Cálcio, Ferro, além de Fósforo, Potássio, Cobre, Zinco, Manganês e Magnésio.

Então vamos lá fazer essa delícia?

Doce de Rapadura com Coco

Rendimento: 8 a 10 porções

Ingredientes

  • 1 coco ralado
  • 1 rapadura de 450 g
  • 1 e 1/2 xícara (de chá) de água

Modo de Preparo

  1. Quebre a rapadura em pedaços, isso facilita. Dessa vez eu estava sem paciência e coloquei a rapadura inteira. Foi péssimo, demora muito e vai mais água, então a dica é cortar a rapadura em pedaços.
  2. Misture a rapadura quebrada com a água e leve ao fogo.
  3. Deixe ferver, abaixe o fogo.
  4. Quando a rapadura estiver toda derretida, acrescente o coco ralado e mexa.
  5. Deixe no fogo até o doce mudar de cor (ele fica mais escuro) e apurar um pouco.
  6. Depois de pronto espere esfriar e conserve na geladeira.

Dicas

  • Eu ralei o coco fino, mas gosto mais do doce quando faço ralando ele no ralo grosso, fica mais gostoso.
  • Pode usar esse doce como recheio em um bolo de coco, ou de baunilha.
  • Para transformar esse doce em um recheio mais elaborado é só acrescentar uma lata de leite condensado voltar ao fogo e deixar ficar cremoso.

Categorias
Comida Nordestina Feijão e outros grãos Receita Salgada

Feijão Verde com Coco

Continuo aqui na praia, em Peroba, na verdade estou em uma praia que fica entre Peroba e Maragogi, no Norte de Alagoas, lugar lindo, maravilhoso, conhecido como o Caribe brasileiro, pela cor do mar e das piscinas naturais. Vou ficar por aqui mais alguns dias, então se quiser um tiquinho mais de notícias minhas me segue no Instagram (@aquinacozinha) ou nas outras redes sociais que tem os links na coluna direita do blog.

O Nordeste é terra de comida boa, tanto doce quanto salgada e eu, como boa nordestina, sou uma fã dessa culinária, pode ser da comida que encontramos no litoral, como da culinária sertaneja, gosto de tudo e na medida do possível compartilho algumas dessas receitas aqui no blog: Comida Nordestina.

Eu sei que não é muito fácil encontrar feijão verde em outras partes do Brasil, que não seja aqui no nordeste, mas hoje resolvi dividir essa receita com vocês mesmo assim. Nesse mundo globalizado, muitas coisas que só achávamos por aqui, já se encontra em grandes redes de supermercado e até em algumas feiras pelo Brasil afora. Então, fica registrada aqui essa receita.

Esse feijão verde feito com o leite de coco batido na hora é uma delícia e fica bom demais para servir com moqueca de peixe e arroz branco, anota aí a receita:

Categorias
Comida Nordestina Dicas Culinárias Feijão e outros grãos Receita Salgada Receitas Para Iniciantes

Feijão verde – Como cozinhar e como conservar

 

Feijão verde é uma delícia, muito saudável e com poucas calorias, é uma riqueza que temos aqui no Nordeste. Aproveitei que fui na feira no sábado e vou mostrar algumas dicas sobre o feijão verde, como cozinhar e também, como conservar.

Bem, esse feijão vendido assim, ainda verde é bem comum no Nordeste, mas hoje em dia encontramos também em alguns Estados Brasileiros, sei por exemplo, que em algumas feiras, sacolões ou Casa do Norte em São Paulo, o pessoal tem encontrado. Se você encontrar, compre, pois é um alimento muito saudável e que você pode fazer de diversas formas, puro, como salada, como farofa, etc… Fora que você pode aferventar (branquear) e conservar na geladeira ou mesmo congelar no freezer o que vai esticar ainda mais o prazo de validade.