Arquivo da categoria: Receita Salgada

Biscoitinho Amanteigado de Parmesão, só 3 Ingredientes!

Hoje vou lhe ensinar a fazer um Biscoitinho Amanteigado de Parmesão com apenas 3 ingredientes. Vocês vão amar estes biscoitinhos salgados e crocantes.

Eles são ótimos para servir como petisco, colocar em uma tábua de frios. Estes biscoitinhos são um petit four, eles são amanteigadinhos e bem delicados. Você também pode servir no final da tarde acompanhando chá, café ou suco. E, ainda, pode ser uma ótima opção para você presentear alguém, colocando numa embalagem apropriada e bonita. Outra boa sugestão é que você pode vender estes biscoitinhos: o custo-benefício é bem vantajoso. Eles duram até 15 dias, se bem embalado, principalmente se for em um recipiente de vidro e bem fechado.

Em primeiro lugar, quero esclarecer que não se deve usar margarina para esta receita, pois muitas delas não têm o teor de gordura necessário para esta receita. Esta receita só terá o resultado esperado com uso de manteiga, que tem bastante gordura.

Quanto ao queijo parmesão ralado, pode usar o de pacotinho de 50 g, aquele que você compra no supermercado. Mas as duas dicas para que o biscoitinho saia delicioso e crocante é usar um queijo parmesão de boa marca e que tenha pequenos pedaços de queijo, não aquele que é quase uma farinha, sabe? Falo isso, porque para se ter um bom resultado ao preparar receitas que têm poucos ingredientes, você deve prezar pela qualidade dos ingredientes. Então, use uma boa manteiga e um queijo parmesão ralado de qualidade, pois o resultado será maravilhoso.

Uma outra observação é que não agregamos sal nesta receita. Isso porque eu acho suficiente o sal contido no queijo parmesão e na manteiga. Mas, faça do seu gosto. Quando estiver fazendo a massa, experimente um pedacinho e comprove se está de acordo com o seu gosto. Se quiser, dá uma polvilhadinha de sal na hora do preparo da massa e lembre de misturar bem.

Biscoitinho Amanteigado de Parmesão [ 3 Ingredientes ]

Rendimento: 30 biscoitinhos

Ingredientes:

2 xícaras de farinha de trigo

1 pacote de 50g de queijo parmesão ralado

5 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente

Utensílios:

1 tigela 

1 assadeira

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Modo de Preparo:

  • Em primeiro lugar, coloque a farinha de trigo e o queijo parmesão ralado em uma tigela. Misture bem estes dois ingredientes;
  • Em seguida, coloque a metade da manteiga e misture. A manteiga precisa estar em temperatura ambiente.
  • Depois coloque a outra metade da manteiga e misture novamente. Primeiramente a consistência ficará como a de uma “areia molhada de praia”.
  • Continue amassando os três ingredientes com a mão até se formar uma massa compacta e homogênea. Note que não vamos trabalhar muito a massa, apenas agregar bem os ingredientes. Pois o objetivo é fazer um biscoitinho crocante.
  • Neste momento, já preaqueça o forno médio à 180°C.
  • Coloque a assadeira ao lado e comece a fazer pequenas bolinhas ou outros formatos que ensino no vídeo. No vídeo eu também explico e demonstro que você deve fazer todos os biscoitos do mesmo tamanho.
  • Na medida que for modelando as bolinhas, arrume em na assadeira (não precisa untar, porque a massa já é amanteigada). Depois, com um garfo, amasse a parte de cima dos biscoitinhos. Essa massa esfarela muito, então tome cuidado ao manusear.
  • Asse à 180°C por cerca de 15 minutos. Mas, quando chegar os 10 minutos, já dê uma olhadinha e verifique se a parte de baixo dos bolinhos já está dourada. O tempo pode variar de forno para forno.
  • Espere esfriar e sirva.
Posteriormente, se quiser ver mais posts como esse, acesse o meu Canal do YouTube Clicando Aqui.

Moela de Boteco

Essa Moela de Boteco, certamente, é uma das melhores receitas de moela que eu já fiz! Ela é fácil de fazer, rápida e, ainda, é muito gostosa. Acredito que até quem não gosta vai amar.

Essa receita de Moela de Boteco é recomendadíssima para quem nunca fez uma moela e está querendo se aventurar a fazê-la. Disponibilizarei a receita aqui abaixo:

Moela de Boteco

Ingredientes:

1 kg de moela de frango limpa de cortada em pedaços (veja aqui como limpar no próximo reels)
2 colheres (de sopa) de tempero caseiro pronto (ou
2 dentes de alho amassados e ½ cebola picada)
1 colher (de sobremesa) de colorau
1 xícara (de chá) de água quente
2 colheres (de sopa) de óleo ou azeite
1 pitada de pimenta do reino
Sal a gosto

Modo de Preparo:

  1. Na panela de pressão coloque o óleo e doure o alho e a cebola, acrescente ou o tempero pronto e frite um pouco mais.
  2. Acrescente o colorau, a pimenta do reino e o sal. Junte a moela picada.
  3. Coloque a água e feche a panela de pressão. Assim que a panela começar a chiar, baixe o fogo e deixe mais ou menos 20 minutos.
  4. Retire do fogo, tire a pressão da panela e veja se a moela já está mole. Se não estiver, coloque um pouco mais na panela com pressão (se precisar, acrescente mais um pouquinho de água). Se já estiver mole, volte ao fogo e deixe o caldo secar um pouco com a panela destampada.
  5. Experimente e veja se o sal está bom.
  6. Pronto, sirva bem quentinha com cheiro verde picado
Posteriormente, se quiser ver mais posts como esse, acesse o meu Canal do YouTube Clicando Aqui.

Granola salgada para salada

Essa granola salgada para salada é uma mão na roda, ela pode ser utilizada naquela salada sem muito sabor e textura, ou até mesmo para quem quer colocar uma textura a mais naquela sopa ou naquele caldo. Vale a pena usar a criatividade e utilizá-la onde você achar mais gostoso.

Nunca experimentou? Só te falo uma coisa: com essa granola sua salada nunca mais será a mesma!

Granola salgada para salada

Ingredientes:

½ xícara de amêndoas, castanhas ou nozes (ou um mix delas);

½ xícara de gergelim;

½ xícara de sementes de abóbora;

½ xícara de semente de girassol (pepitas);

½ xícara de amendoim;

½ colher (de chá) de sal;

3 colheres (de sopa) de azeite de oliva;

1 pitada de pimenta do reino;

½ colher (de chá) de ervas frescas;

½ colher (de chá) de páprica.

Modo de Preparo:

  1. Misture tudo em uma assadeira e leve ao forno médio (uns 200ºC);
  2. Depois de 10 minutos mexa bem;
  3. Quando dourar já está bom (cerca de 15 ou 20 minutos);
  4. Retire da assadeira quente para não continuar assando;
  5. Depois de fria guarde em um vidro bem tampado.

Obs: vai bem na salada (Clique aqui para ver uma receita), na sopa, em caldos, e etc.

Posteriormente, se você quiser ver mais posts como esse, acesse o meu Canal do YouTube Clicando Aqui.

Salada de Berinjela – uma delícia!

Essa Salada de Berinjela é uma das saladas mais gostosas que você irá comer na sua vida. Clica aqui e vem fazê-la, você não vai se arrepender.

Essa salada de berinjela é uma das receitas de saladas que eu mais gosto. Sabe porquê? Porque ela muito fácil e rápida de fazer, e também porque ela é muito gostosa. Além disso essa salada pode ser guardada pronta, em sua geladeira, por alguns dias sem estragar e, acredite, ela ficará ainda melhor pois terá apurado todo o sabor deixando-a mais saborosa.

Certamente, se você é fã de berinjela, essa será a melhor salada que você irá comer na sua vida.

Então vamos para a receita.

Salada de Berinjela

Serve: 3 pessoas

Preparo: 40 minutos

Ingredientes:

  • 2 berinjelas assadas (asse no forno, no microondas ou na churrasqueira);
  • 1 colher (de sopa) de suco de limão;
  • 4 colheres (de sopa) de azeite de oliva extra virgem;
  • ½ cebola fatiada fina;
  • ¼ de xícara de azeitona picada;
  • ¼ de xícara de uva passa sem semente;
  • Sal a gosto.

Se você não sabe como medir as quantidades Clique Aqui para ver a minha Tabela de Pesos e Medidas.

Modo de Preparo:

  1. Lave as berinjelas, fure a casca e leve ao forno/microondas/churrasqueira até ficar com a casca enrugada e macia por inteiro;
  2. Depois que a berinjela estiver fria descasque-a e corte-a em pedaços pequenos;
  3. Em um recipiente misture todos os ingredientes junto com a berinjela;
  4. Leve à geladeira pelo menos 30 minutos antes de servir.

Dicas:

  • Você pode guardar as berinjelas assadas por 3 a 4 dias em um recipiente fechado dentro da geladeira;
  • Aproveite quando for assar alguma coisa no forno, ou for acender a churrasqueira, para assar as berinjelas;
  • Essa salada pode ficar, dentro de um recipiente fechado, de 4 a 7 dias na geladeira.

Posteriormente, se você quiser ver mais posts como esse, acesse o meu Canal do YouTube Clicando Aqui

Quais são as carnes mais baratas para fazer carne de panela?

Muita gente gosta de comer carne de panela. Mas nem todos sabem escolher uma carne barata para fazer aquela carne de panela show, por isso eu fiz esse post te mostrando quais são os cortes mais baratos para fazer uma deliciosa carne de panela.

Mas Patty o que é essa bendita carne de panela?

Ela é um dos pratos mais saborosos da comida típica brasileira. A carne de panela, explicando resumidamente, é feita a partir de um corte de carne que é picado de tamanho médio. Ela é cozida e junto dela vão alguns legumes para acompanhar, como: batata, cenoura, macaxeira, e etc. Tudo isso é cozido numa panela, seja normal ou de pressão, trazendo aquele sabor maravilhoso da carne de panela que a gente come na casa da nossa avó.

Se você quer ver uma receita completa de carne de panela Clique Aqui.

Quais cortes de carne eu devo escolher para fazer uma carne de panela deliciosa?

Você pode fazer carne de panela com qualquer corte, mas eu prefiro fazer com cortes de carne mais baratos deixando os cortes mais caros para fazer uma receita mais elaborada. Você pode fazer com os cortes caros também, mas você estará “desperdiçando” dinheiro, pois um corte barato ficará igual ou melhor do que com um corte caro. Então pense bem na hora de comprar.

Aqui abaixo estarão os cortes mais baratos e, ao mesmo, mais gostosos:

Acém

O acém é uma carne super conhecida por ser uma carne com fácil acesso. Esse corte tem uma quantidade alta de colágeno, fazendo com que, ao cozinhá-lo, a carne fique bem macia e com uma textura incrível por causa do derretimento do colágeno.

Costela

Além de ser um corte barato vai super bem na carne de panela. A costela, por possuir ossos mais largos e grossos por entre a carne, é muito saborosa e com texturas incríveis que você não encontra em outros tipos de carne.

Paleta

A paleta é uma ótima carne para preparar carne de panela, pois, apesar de ser musculosa, ela possui uma quantidade boa de gordura em seu interior deixando o seu caldo e sua carne extremamente saborosos.

Músculo

É a parte tanto dianteira como traseira da coxa do animal. É uma peça com cerca de 30 centímetros de comprimento, quase que perfeitamente cilíndrica, porém, é muito mais provável que você a encontre cortada transversalmente em várias peças. É uma carne extremamente saborosa e saudável.

Dicas:

  • Ao escolher os cortes peça ao açougueiro para retirar os nervinhos e as peles, ou já compre sem;
  • Compre em lugar confiável;
  • Sempre observe se a carne tem o selo de inspeção de produtos de origem animal.

Posteriormente, se quiser ver mais dicas como essa, acesse o meu Canal do YouTube Clicando Aqui.

5 receitas fáceis para fazer na Quarentena

Nesses tempos de quarentena, muitas vezes, estamos tendo que nos virar e criar novas receitas com os ingredientes que temos em casa, e é por isso que eu fiz esse post com 5 receitas fáceis para fazer na quarentena.

Aqui abaixo estão elas:

1º receita: Macarrão com Sardinha

Macarrão com Sardinha

Ingredientes (5 porções):

1 pacote de macarrão de 500 g (espaguete, talharim, penne, fusilli, etc…)

2 latas de sardinha em conserva (125 g cada lata)

2 sachês de molho de tomates (340 g cada)

1 lata de milho verde (200 g)

Sal

Modo de Preparo:

Comece colocando a água do macarrão para ferver porque enquanto ferve e cozinha você vai preparando o molho.

Em uma panela coloque 5 litros de água e leve ao fogo. Assim que começar a borbulhar e ferver acrescente o sal e o macarrão. Deixe o tempo que pede na embalagem. Eu gosto de deixar al dente.

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

2º receita: Filé de Frango Grelhado

Como fazer filé de frango grelhado

Você vai precisar de:

  • 1 frigideira
  • 1 pinça ou garfo

Ingredientes:

  • Filé de peito de frango
  • Sal
  • Pimenta do reino moída
  • Azeite

Modo de Preparo:

Coloque os filés de frango em um recipiente e tempere com sal e pimenta. Se quiser pode colocar alguma erva bem picadinha também, principalmente se você não gostar de pimenta do reino, então tire a pimenta e coloque alecrim, ou manjericão, ou outra erva bem picadinha. Muitas vezes eu só tempero o peito com o Sal de Ervas.

Coloque um fio de azeite na frigideira (eu unto a frigideira com bem pouco azeite), deixe esquentar.  Coloque um filé ou no máximo dois na frigideira. Deixe dourando por cerca de 3 minutos (se o filé for fino como o meu) ou 5 se o filé for mais grosso (como quando o peito do frango só é dividido em dois filés). Passado esse tempo, levante a beiradinha do filé com uma pinça ou com um garfo, se já tiver dourado, vire e faça do mesmo jeito com o outro lado. Quando dourar do outro lado retire do fogo. Sirva quentinho acompanhado com farofa (como o meu acima) ou com uma bela de uma salada. Você pode também servir com algum molho.

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

3º receita: Arroz de Forno

Arroz de Forno Super Fácil

Ingredientes:

4 xícaras (de chá) de arroz cozida
1 cenoura ralada (no ralo grosso)
150 g de presunto (picado em cubinhos)
200 g de queijo muçarela (cortado em cubinhos)
1 lata de milho verde escorrido (300 g)
1 lata de ervilha escorrida (300 g)
1 copo de requeijão cremoso (200 g)
2 colheres (de sopa) de salsinha picada
Sal e pimenta do reino a gosto
Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de Preparo:

Misture o arroz com a cenoura ralada, o presunto em cubos a muçarela, a ervilha e o milho escorridos. Misture muito bem. Acrescente o cheiro verde picadinho. Misture o sal e a pimenta do reino moída na hora conforme o seu gosto. Misture por último o requeijão e por fim polvilhe o queijo parmesão ralado. Deixe no forno médio por 30 minutos ou até esquentar e dourar. Sirva quentinho

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

4º receita: Torta de Sardinha de Liquidificador

Torta de Sardinha de Liquidificador

Rendimento: 25 a 30 pedaços pequenos

Ingredientes:

  •  
    • 1 xícara (de chá) de óleo
    • 3 ovos
    • 1 xícara (de chá) de leite
    • 2 xícaras de (chá) de farinha de trigo
    • 1 colher (de chá) de sal (bem rasa)
    • 1 colher (de sopa) de fermento em pó (para bolo)

Recheio:

  • 2 latas de sardinha
  • 1 lata de ervilhas (de 200 g)
  • 2 tomates picados
  • ½ xícara (de chá) de azeitona picada

Modo de Preparo:

  1. Em primeiro lugar, não esqueça de pré-aquecer o forno no médio (180 graus).
  2. Coloque todos os ingredientes da massa no liquidificador, menos o fermento, depois disso, bata bem até formar uma massa homogênea (é uma massa bem líquida). Desligue o liquidificador e coloque o fermento, ligue a tecla pulsar, só o suficiente para misturar.
  3. Unte uma forma ou um refratário com óleo e polvilhe farinha de trigo. Coloque metade da massa na forma.
  4. Espalhe a sardinha picada por cima, depois espalhe o tomate picado, a ervilha e a azeitona.
  5. Coloque o restante da massa cobrindo todo o recheio.
  6. Leve ao forno até dourar, cerca de 35 minutos.

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

5º receita: Lasanha de Queijo e Presunto – Super Fácil

Lasanha de Queijo e Presunto

Rendimento: 5 ou 6 pessoas

Ingredientes:

1 pacote de 200g de massa pré-cozida para lasanha (direto ao forno)
2 latas de molho de tomate ou 2 sachês de (340g)
300g de presunto fatiado
500g de queijo muçarela (ralado ou fatiado)
1/2 litro de leite integral

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

Posteriormente, se quiser ver mais conteúdos como esse, acesse o meu canal do Youtube Clicando Aqui.

3 Receitas com Sobras de Arroz. Super Fáceis!

Aqui está a solução para se desfazer daquele arroz que está há alguns dias na geladeira, mas relaxa, pois não iremos jogá-lo fora. Acredite dá para fazer essas 3 receitas com sobras de arroz rapidamente sem desperdiçar o seu precioso tempo, mas antes eu vou te dar algumas dicas que vão te ajudar, e muito, a não ficar sobrando arroz em grande quantidade.

1º Dica: calcule a quantidade certa para as refeições da sua família;

Essa é uma das coisas mais importantes, e mais esquecidas, na hora de preparar não só o arroz como qualquer outro tipo de alimento.

Se você não segue essa dica, facilmente ficará sobrando arroz.

2º E Última Dica: faça um cardápio guia;

Essa é uma das partes que as pessoas acham mais chatas ou complicadas de fazer. Mas com certeza não é; eu digo isso, pois toda semana eu faço um pequeno cardápio, faço justamente para não ficar perdida e não desperdiçar muita comida.

Eu te aconselho que faça um cardápio também, pois quebra muito o galho.

Aqui abaixo vão as receitas que prometi para vocês:

Arroz biro biro

Se você quer ver detalhadamente como é feito Clique Aqui.

Ingredientes:

1 colher (de sopa) de manteiga

100 g de bacon picado

Ovos

3 xícaras de arroz cozido

100 g de batata palha

Sal a gosto

Modo de Preparo:

Frite o bacon na manteiga, acrescente os ovos, mas não frite muito (deixe a gema mole).  Veja se precisa de sal. Acrescente o arroz e misture tudo muito bem. Junte a batata palha e sirva.

Arroz emformado

Se você quer ver detalhadamente como é feito Clique Aqui.

Tempo Total: 10 minutos
Rendimento: 12 porções ou mais

Ingredientes:

  • 3 xícaras (de chá) de arroz cozido (pode ser sobras de arroz)
  • 50 g de bacon picado
  • 1 colher (de sopa) de manteiga
  • 1 cebola média picada ou ralada
  • 200 g de presunto picado em cubinhos
  • 1/2 xícara (de chá) de vinho branco seco
  • 1/2 xícara (de chá) de ervilhas em conserva
  • 1/2 xícara (de chá) de milho verde em conserva
  • 1/2 xícara (de chá) de uvas passa (clara ou escura)
  • 1/2 xícara (de chá) de azeitonas picadas
  • 3 colheres (de sopa) de salsinha picada
  • 2 xícaras (de chá) de batata palha para decorar

Modo de Preparo:

  1. Pique o bacon e coloque em uma panela com a manteiga e frite.
  2. Acrescente a cebola picada e frite até a cebola murchar.
  3. Coloque o vinho para soltar os sabores do fundo da panela.
  4. Junte o presunto picado, a ervilha, o milho, as uvas passa e as azeitonas, misture bem e deixe aquecer.
  5. Acrescente o arroz cozido e misture novamente, deixando aquecer.
  6. Polvilhe a salsa picadinha e misture novamente.
  7. Unte uma fôrma com óleo e passe água.
  8. Coloque o arroz, que já deve estar quente na forma úmida e aperte.
  9. Vire a fôrma no prato que for servir e desenforme.
  10. Decore com a batata palha, folhas de salsa e sirva.

Arroz de forno

Se você quer ver detalhadamente como é feito Clique Aqui.

Ingredientes:

4 xícaras (de chá) de arroz cozida
1 cenoura ralada (no ralo grosso)
150 g de presunto (picado em cubinhos)
200 g de queijo muçarela (cortado em cubinhos)
1 lata de milho verde escorrido (300 g)
1 lata de ervilha escorrida (300 g)
1 copo de requeijão cremoso (200 g)
2 colheres (de sopa) de salsinha picada
Sal e pimenta do reino a gosto
Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de Preparo:

Misture o arroz com a cenoura ralada, o presunto em cubos a muçarela, a ervilha e o milho escorridos. Misture muito bem. Acrescente o cheiro verde picadinho. Misture o sal e a pimenta do reino moída na hora conforme o seu gosto. Misture por último o requeijão e por fim polvilhe o queijo parmesão ralado. Deixe no forno médio por 30 minutos ou até esquentar e dourar. Sirva quentinho.

Quer mais receitas e dicas como essa?

Então Clique Aqui e me segue no Instagram.

Peru de Natal – Receita Fácil e Deliciosa

Você que nunca fez um Peru de Natal, se prepara que este será o primeiro Peru que você vai preparar. No vídeo abaixo mostro todos os detalhes para você fazer um delicioso peru e de forma muito fácil.

Em primeiro lugar, é preciso entender que no supermercado, compramos o peru congelado e temperado. Mas o tempero dele tem um sabor artificial. Portanto, em primeiro lugar, vamos lavar o peru e preparar uma marinada com um delicioso tempero caseiro.

A marinada é uma técnica culinária que consiste em colocar um alimento, geralmente uma peça de carne, numa mistura de líquidos, sal, temperos e algum componente ácido. Os ingredientes podem ficar a marinar desde alguns minutos até várias horas.

Planeje o seu tempo

Esta receita de peru é super simples, mas você precisa planejar o tempo para preparar. Como o peru é vendido congelado, você vai precisar, a depender do tamanho do peru, de 24 a 48 horas para ele descongelar dentro da geladeira. Depois disso, será necessário deixar o peru marinando por volta de 12 horas (da noite para o próximo dia), para pegar bem o tempero caseiro. E, por volta de 2 a 2:30 horas para cozinhar e assar. Veja os passou e dicas que dou no vídeo.

Peru de Natal – Receita Fácil e Deliciosa

Rendimento: 10 a 12 pessoas

Ingrediente:

Peru  – 4 kg
Cebolas – 2 un (cortadas em quatro pedaços)
Manteiga – 3 colheres (sopa)

Ingredientes da Marinada:

Vinho branco – 4 xícaras (ou substituições – veja abaixo)
Alho – 7 dentes (amassados)
Folha de louro – 2 un (ou 2 ramos de alecrim)
Pimenta do reino – 1 colher (sobremesa) (pode ser a pimenta branca)
Açafrão da terra – 1 colher (sobremesa) (pode substituir por páprica)
Sal – 1 colher (sobremesa)

Utensílios:

Filme PVC transparente
Papel alumínio
Assadeira – 1 un (que caiba o Peru dentro). Pode ser Assadeira Descartável de Alumínio

Observações:
  • Como calcular a quantidade de Peru: se baseie em 250 g para cada pessoa.
  • Caso não tenha ou não queira usar o Vinho Branco, você pode substituir, por exemplo, por cerveja clara, escura ou malzbier, caldo de carne, de legumes ou de galinha, suco de laranja ou mesmo de abacaxi. Em outras palavras, o que é necessário é 1 litro de líquido, que não seja água pura, pois precisamos de um sabor extra na marinada.

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

10 Passos Para o Peru Perfeito

1 – Faça a compra certa

Em primeiro lugar, é fundamental ter uma ave de qualidade. E quanto maior ela for, maior deverá ser a assadeira e o forno para assá-la como se deve. Um peru de 5 quilos serve de 12 a 16 pessoas. Lembrando que o peru não é o único prato.

2 – Lave a ave

Em segundo lugar, será necessário colocar o peru em água corrente e lavar bem, seja no exterior, seja no interior, entre a pele e a carne. Lavamos para tirar o tempero que vem com ela. Ou seja, vamos fazer a nossa receita caseira: a marinada.

3 – Marine a ave, é fundamental!

A receita mais tradicional de marinada leva suco de laranja, vinho branco seco, dentes de alho cortados em lâminas, folhas de louro, sal e pimenta do reino moída na hora. Coloque o peru numa assadeira, cubra com o caldo e deixe coberto na geladeira por uma noite (12 horas).

4 – Recheie só na hora de assar

Seja qual for o recheio, ele não pode ser feito de véspera e deve ser colocado no peru momentos ante de ele ir para o forno. Atenção: o recheio altera o tempo de cozimento e a carne recheada demora mais para assar.

Usar cebolas é uma ótima opção e não deixa a carne seca.

5 – Aromatize o seu peru

Em seguida, feche a cavidade do peru com cebolas e com ervas de sua preferência. A cebola dará um sabor especial no peru e é preferida por muitas pessoas após o peru pronto.

6 – Amarre as coxas

Em seguida, se o peru não vem com uma pele para fechar as pernas, com um barbante, amarre as pernas do peru. A intensão não é só para fechar a cavidade recheada, mas também para que ele doure de forma uniforme.

7 – Umedeça antes de ir para o forno

Da mesma forma, use manteiga amolecida (com ou sem ervas) e coloque entre a pele e a carne do peru, espalhando bem, com delicadeza.

8 – Asse corretamente

Depois disso, lembro que para assar corretamente o peru, ele deve estar em temperatura ambiente e forno pré-aquecido a 180oC, na assadeira e envolvido em papel alumínio. Quando o “termômetro” que vem no peru subir, é sinal de que ele já está cozido.

9 – Bronzeie o peru

Retire o peru do forno. Retire o papel alumínio com cuidado, por conta do vapor quente. Regue o peru novamente com a marinada (o caldo) e besunte com mais manteiga. Aumente a temperatura do forno para 200oC, e coloque o peru para assar. Fique de olho para determinar o tom de pele desejado.

10 – Descanse antes de servir

Ao tirar o peru do forno, ele deve descansar por 10 minutos, antes de ser cortado e servido. Assim ele vai recuperar os sucos “perdidos” quando foi assado.

Sugestão:

Veja estas receitas sugeridas de Farofa Natalina:
1. Em primeiro lugar, sugiro esta receita de Farofa Natalina de Cenoura

2. Outra receita que nos surpreende é a de Farofa Tropical de Abacaxi

3. Além disso, temos esta outra receita, fácil e também saborosa: Farofa de Calabresa

4. Da mesma forma, a receita de Farofa de Maça é uma opção saborosa

Como Fazer Pão de Batata

Quem não gosta de Pão de Batata, não é mesmo? Ele é fofinho e delicioso. E essa receita de Pão de Batata é muito boa, além de ser uma carta na manga pois pode ser feita rapidamente no seu dia a dia.

Assista ao vídeo que eu demonstro como cozinhar a batata de forma rápida, usando o micro-ondas. As dicas de como cozinhar legume com casca no micro-ondas são importantes.

Você pode comer o Pão de Batata puro, que é uma delícia. Mas, também, você pode fazer a opção de Pão de Batata Recheado. Ou seja, no momento de bolear a massa, coloque o recheio de sua preferência com, por exemplo: pedaço de presunto, bacon, carne moída, calabresa, requeijão cremoso e até com doces, tipo goiabada ou bananada.

Uso do fuê ou fouet

Sugiro o uso do batedor manual fuê ou fouet (nome francês), que é um utensílio doméstico básico. Ele é usado para misturar, bater, incorporar ar e suavizar ingredientes ou preparações.

Então, quando você bate um ingrediente com o fuê, o movimento cria um pequeno vácuo atrás de cada fio. O ar se apressa para preencher esse vácuo e, assim, é incorporado ao ingrediente. Quanto mais fios um batedor tiver, mais ar incorporado, e mais rapidamente suas claras de ovos ou creme irão se transformar em uma espuma estável.

Pão de Batata

Porção: 8 pães médio

Ingredientes:

1 batata média cozida com casca e amassada como para purê (veja a dica no vídeo)
1 pacotinho (10 g) de fermento biológico seco
2 colheres (de sopa) de leite morno
1 colher (de sopa) rasa de açúcar
1 ovo inteiro e mais 1 gema
60 g de manteiga
250 g de farinha de trigo
1 colher (de chá) de sal
Queijo parmesão ralado para polvilhar

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Modo de Preparo:

  • Em primeiro lugar, cozinhe a batata com casca. Assista ao vídeo como cozinhar no micro-ondas. Em seguida amasse a batata como se fosse um purê. Reserve a batata amassada e vamos fazer a massa.
Fazendo a massa:
  • Em primeiro lugar, em uma tigela, coloque o fermento biológico seco, o leite morno e o açúcar. Misture com o fuê estes três ingredientes. Duas dicas:
    • O fermento gosta muito do açúcar, mas não tolera o sal. Colocamos o sal depois de agregar a farinha.
    • O leite tem de ser morno (temperatura de “água de banho de bebê”), pois o leite quente “mata” o fermento.
  • Agregue a esta mistura o ovo e misture bem.
  • Em seguida, adicione a manteiga e misture mais um pouco.
  • Vá agregando a farinha de trigo aos poucos, na medida que mistura os ingredientes. Coloca um pouco, mistura bem, e mais um pouco, e misture. Isso porque pode ser que necessite um pouco mais ou menos de farinha.
  • Agregue a batata amassada intercalando com a farinha de trigo, conforme mostro no vídeo. Neste momento você já pode agregar o sal.
  • Para esclarecer, no vídeo mostro como ir agregando a farinha de trigo para chegar no ponto da massa. E, inclusive, ensino como sovar a massa. Assista à minha aula de como Sovar e Bolear uma Massa de Pão!
  • Deixe a massa descansar por 20 minutos, para o glúten se desenvolver.
Modelando os pães e assando:
  • Modele os pães e coloque em uma assadeira. No momento de bolear a massa do pão é que você pode colocar o recheio de sua preferência.
  • Deixe os pães descansar por uns 40 minutos até crescer bastante. Os pães devem dobrar de tamanho.
  • Besuntar os pães: Pincele os pães com uma mistura de gema e azeite de oliva, para que, após assados, os pães fiquem bem corados e brilhantes.
    • Você também pode besuntar os pães apenas com manteiga. Ou, então, polvilhar com queijo parmesão ralado ou gergelim.
  • Leve a bandeja com os pães ao forno pré-aquecido no médio por uns 15 a 20 minutos (o tempo varia de forno para forno). Quando os pães dourarem (“dourado carioca”) está bom.

Sugestão:

Sugiro que também veja a receita de “Pão de Batata Doce”.

Outras Receitas de Pães

Salada de Macarrão Com Atum

Esta Salada de Macarrão com Atum é super fácil de fazer, colorida, deliciosa, refrescante, leve e nutritiva. Muito boa para fazer no dia a dia. Esta salada é muito gostosa e pode até ser uma refeição completa. Ótima para a primavera e o verão.

Para esclarecer, nesta salada eu usei o Macarrão Fusilli, mas pode ser outro de sua preferência, contanto que seja uma massa curta. Eu não gosto muito de fazer com macarrão penne porque na hora de misturar a salada ele quebra e não fica bom. Você também pode fazer esta salada com uma massa curta integral ou macarrão sem glúten (de farinha de arroz, de milho, de feijão, de alga, de pupunha…), para os celíacos (ou intolerantes ao glúten). Hoje há uma infinidade de tipos de macarrão para substituir o “tradicional”.

No vídeo eu ensino a maneira que você deve fatiar compridinho o pimentão e a cebola e, ainda, o tomate.

Não tenha receio de que a cebola roxa venha a arder na salada. Não vai! Em primeiro lugar porque a cebola roxa é mais suave do que a branca. Em segundo lugar, porque ela vai ficar embebida nos demais ingredientes e ela perde um pouco da acidez dela, na hora que você for comer.

Variações

Nesta receita usei o Pimentão Amarelo, mas você pode usar o vermelho, o laranja. Evite usar o verde, porque ele é muito forte. Mas, se você gosta muito do pimentão verde, tudo bem. Veja como esta salada fica bem colorida e deliciosa.

Você pode deixar esta salada pronta na geladeira antes de ir para a praia ou o clube. Quando voltar… hum! Ela já estará geladinha, prontinha e deliciosa. E, ainda, pode comer até como almojanta. Ela só não fica gostosa se for consumir de um dia para o outro.

Outra dica é que você pode substituir o Atum, por:  queijo e presunto picados, sobra de frango desfiado ou em lascas. Também pode ser substituído por sardinha, embora eu ache muito forte o sabor.

Salada Colorida de Macarrão
Com Atum

Rendimento: 3 pessoas (como refeição completa) e 6 pessoas (como entrada de uma refeição)

Ingredientes:

Macarrão fusilli (ou outra massa curta) – 250 g
Sal – 1 colher (de sopa)
Cebola roxa (pequena e fatiada fina) – 1/2 un
Pimentão amarelo – 1/2 un
Tomate picado – 1 un
Cebolinha verde picada a gosto
Atum em pedaços – 1 lata (170 g)

Para o molho:

Azeite Extra Virgem – 3 colheres (de sopa)
Suco de limão – 3 colheres (de sopa)
Sal – 1 colher (de chá)

Modo de Preparo:

  • Em primeiro lugar, ferva a água (sem o sal).
  • Em seguida, coloque o macarrão na água quente (borbulhando). Adicione o sal e cozinhe como está na embalagem. A água deve estar bem salgadinha, como a água do mar.
  • Queremos o macarrão no ponto “Al Dente“. Por exemplo, se na embalagem indica que o tempo de cozimento são 6 minutos, então vamos deixar apenas 5 minutos.
  • Depois de cozido o macarrão, passe ele na água fria e reserve. Não use ele quente.
  • Em segundo lugar, em uma saladeira coloque o macarrão já frio, o tomate, a cebola, o pimentão, a cebolinha e o queijo. No vídeo eu mostro a espessura em que se deve cortar a cebola e pimentão. Misture e reserve.
  • Para a preparação do molho, use um vidrinho com tampa.  Eu ensino no vídeo como emulsionar os ingredientes. Coloque no vidrinho o azeite, o suco de limão e o sal. Misture bem para emulsionar.
  • Tempere o macarrão com esse molho e arrume lascas de atum sobre a salada.
  • Em seguida, deixe na geladeira por 30 minutos (com papel filme) e sirva geladinha. Este tempo na geladeira também é importante para a cebola perder a acidez.

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Sugestão:

Aqui no blog tenho muitas outras receitas de Saladas que servem de inspiração e também para você variar no dia a dia ou em ocasiões especiais. CLIQUE AQUI e confira. Caso queira, use o recurso de BUSCA na página (tanto no computador como o Smartphone).