Arquivo da categoria: Frango

Frango Desfiado com Creme de Milho

Você já notou como muita gente tem preconceito com comida feita com o reaproveitamento de alguma sobra? Maior ainda é o preconceito contra QUEM faz reaproveitamento de alimentos. São uns coitados de mente tacanha. Pode me chamar de baixa-renda, pobre e sei lá mais o que, mas eu faço reaproveitamento sim. E estou na moda. Sou politicamente correta, sou sustentável e evito o desperdício. Então tô nem aí (não é Luka?). Já falei aqui que não gosto de comida de geladeira, por isto o que sobra de uma refeição, eu sempre guardo em um recipiente fechadinho e reinvento para outra refeição. Sobras de arroz, por exemplo, viram bolinhos e pizza. Sobras de legumes viram tortas e suflês. Sobras de carne viram farofa, recheios, etc… E por aí vai. O que não dá, é aquela maldita sobra ficar indo e voltando para a mesa, aí ninguém merece. Esta receita abaixo foi feita com o resto do frango do dia anterior, mas você pode fazer com um franguinho que acabou de fazer, juro que vai dar no mesmo. Vamos lá então: Continue lendo Frango Desfiado com Creme de Milho

Torta Suflê de Frango (feita no liquidificador)

Esta torta é figurinha fácil aqui em casa. Quando sobra alguma carne, frango ou peixe do almoço sempre aproveito e faço esta torta para o jantar.

Agora, o sabor que as crianças mais gostam é: Sabor pizza. É só rechear com 150g de presunto, 150g de muçarela, tomate picado e orégano.

Mas hoje fiz de frango que foi a sobra do frango do almoço.

Torta Suflê de Frango

Ingredientes

Massa

2 xícaras (de chá) de leite

1/2 xícara (de chá) de óleo

3 ovos

1 colher (de chá) de sal

1 xícara (de chá) de farinha de trigo

1 colher (de sopa) de fermento para bolo

2 colheres (de sopa) de queijo parmesão ralado

Recheio

Frango cozido ou assado desossado e picado (usei mais ou menos 2 xícaras)

Modo de Preparo

Coloque os ingredientes da massa no liquidificador, exceto o fermento. Bata até ficar uma massa homogênea. Misture o fermento cuidadosamente (use a tecla pulsar do liquidificador).. Unte uma forma com óleo e polvilhe com farinha de trigo. Despeje um pouco da massa para cobrir o fundo da forma, coloque o recheio espalhado por cima da massa e cubra com o resto da massa. Leve ao forno médio por 30 a 40 minutos.

Observação:

  • A massa é bem líquida mesmo, não se assuste. Pode ter certeza que ela vai dar certo. Aliás é por isto que ela chama torta suflê, bem fofinha.
  • Dá 6 porções.

Para servir em festa de aniversário ou coquetel

Corte em pedaços menores e coloque em forminhas de empada, enfeite cada uma com uma folhinha de salsa ou um pedacinho de pimentão vermelho.

Rolinhos de Frango com Queijo e Calabresa

Filézinho de frango é sempre uma boa opção tanto para o almoço, como para o jantar. Eu gosto. Porém é preciso variar, né? Ninguém aguenta comer ele grelhado sempre.

Eu já fiz aqui no blog o Bife à Rolê de Frango que é cozido no molho de tomates. No caso deste, de hoje, eu fiz assado. Ficou muito bom.

Veja como eu fiz:

Rolinhos de Frango com Queijo e Calabresa

Ingredientes

1,5 kg de filé de frango

1/2 cebola

2 dentes de alho

Algumas folhas de cheiro verde

3 folhas de manjericão

Sal a gosto

150 grama de queijo (usei o coalho, mas pode ser outro)

2 linguiças calabresa cortadas no sentido do comprimento

1 ovo para pincelar

Palitos de dentes para fechar

Modo de Preparo

Coloque no liquidificador a cebola, o alho, o sal, e as folhas, bata bem e faça um tempero cremoso. Se for preciso acrescente um pouquinho de água na hora de bater para facilitar.

Lambuze todos os filés com este tempero e reserve. Corte o queijo em forma de palito como a calabresa. Pegue um filé aberto e coloque um pedaço de queijo e um pedaço de calabresa (como na foto 2). Enrole o filè e com o auxílio de palitos de dentes feche cada um deles. Arrume-os em um refratário ou forma untada. Bata o ovo, só para misturar a clara e a gema, acrescente sal e pincele por cima dos rolinhos com a ajuda de um pincel culinário ou um chumaço de algodão. Leve ao forno médio até dourar.

Assim que dourar retire do forno, o filé de frango assa muito rápido e se você deixar no forno depois de dourado vai acabar ficando ressecado.

Clique nas fotos para ver em tamanho grande

Frango Indiano da Gisele

Quando postei que tinha ganho o livro “A Cozinha Indiana” a Gisele me falou no Twitter que naquele dia ela estava preparando um Frango Indiano, claro que fiquei curiosa. Como eu disse no post anterior, eu nunca fiz uma receita indiana e o dela, pelo que ela falou, parecia bem simples. Então, mais que depressa, convoquei-a para que tirasse umas fotos para que eu postasse aqui e não é que ela aceitou.

Veja o email que ela mandou:

“Patty segue a receita e as fotinhas ok =D Patty eu não sei se a receita é realmente originaria da Índia, porém ficou muito gostoso todos aqui em casa aprovaram a receita e fica com gostinho de comida indiana só devemos tomar cuidado com o curry e o gengibre,  pois em exagero vai ficar muito quente (picante).”

Então vamos a receita:

Frango Indiano da Gisele

Ingredientes:

1 colher (de chá) de azeite

2 peitos de frango em cubos

2 cebolas em cubos (aqui em casa não entra cebola então troquei por alho)

1 tablete de caldo de legumes

1 colher (de chá) de gengibre ralado (use com moderação, vai experimentando para não ficar muito picante)

100g castanha de caju torrada

1 limão

1 xícara (de chá) de água

½ colher (de chá) de curry

1 pimentão vermelho cortado em pedaços

1 colher (de sopa) de farinha de trigo

1 pote de iogurte (de boa qualidade)

½ lata de creme de leite.

1 colher (de sopa) de cebolinha verde picada

Modo de Preparo:

Corte o frango e deixe de molho no suco de  limão e reserve.

Em uma panela, aqueça o azeite e refogue ligeiramente o frango. Acrescente a cebola e o pimentão, frite por alguns minutinhos. Junte o caldo de legumes dissolvido em 1 xícara de água, coloque o gengibre, curry e a farinha, misture bem e deixe ferver. Retire do fogo, acrescente o iogurte e o creme de leite, junte a cebolinha e a castanha de caju.

Outros temperos que podemos adicionar é o louro e a pimenta do reino que também fica muito bom, mais como falei com moderação.

Clique na foto para ver em tamanho grande

Gi achei a receita realmente muito fácil. E as fotos que capricho, hein? Mais uma vez obrigada por compartilhar conosco.

A Gisele Souza que colaborou aqui tem um blog bem legal é o Receitas de Minuto, dá uma conferida lá para você ver.

Coxa de frango recheada com queijo coalho. Quem não tem cão, caça com gato

Eu queria fazer alguma coisa diferente para o almoço com umas coxas de frango que eu tinha aqui em casa. Fazer assada ou cozidas eu não queria, pelo menos não queria uma coisa assim tão simplesinha.

Daí pensei em fazer recheada, recheada com queijo coalho, pois eu tinha um pedaço na geladeira. Mas eu não tinha farinha de rosca, o que fazer. Pensei em fazer a farinha de rosca, para empanar as coxas, em casa como fiz aqui. Mas não tinha sobrado pão do café da manhã. Foi aí que a farinha de mandioca olhou para mim e eu olhei para ela e uma luzinha se ascendeu: Ops se o pessoal usa a farinha de mandioca para empanar e fritar peixes nas barracas de praia, por que não vai prestar com o frango? Mas eu não queria fritar as coxas, não hoje que duas pessoas (duas não três, uma faz toda a diferença, hahaha) me disseram que eu estou mais magra.

Pensei: Vou assar!

Resultado: Deu certo!

Tudo bem que não é aquele empanadinho crocante com aquele dourado que só uma fritura pode dar, mas é um empanado honesto e que não vai pesar no meu quadril, ou assim eu espero.

Veja como eu fiz:

Coxa de frango recheada com queijo coalho

Ingredientes

5 coxas de frango

150g de queijo coalho em fatias

2 ovos

1 xícara (de chá) de farinha de mandioca

1 cebola média

2 dentes de alho

2 colheres de cheiro verde

2 folhas de manjericão

1 colher (de sobremesa) de colorau

Sal a gosto

Palitos de dentes para fechar as coxas

Modo de Preparo

Primeira coisa é fazer o tempero. Coloque no copo do liquidificador a cebola, o alho, o cheiro verde, o manjericão, o colorau, o sal e 1/4 de xícara (de chá) de água. Bata muito bem até ficar um tempero cremoso. Reserve.

Agora lave bem as coxas de frango e retire toda a pele. Com a ajuda de uma faca bem afiada faça um corte no sentido do comprimento e vá tirando o osso. Depois que retirar todo o osso, lambuze toda a carne com o tempero e deixe descansar uns 10 minutos. Depois coloque o queijo sobre a carne e feche. Use palitos de dentes para fechar. Passe nos ovos com sal que devem ter sido batidos ligeiramente e depois passe na farinha de mandioca. Arrume todas as coxas em um refratário ou forma untada com óleo. Leve ao forno médio e deixe dourar. Quando dourar, vire cada uma delas e deixe dourar do outro lado. Quando estiver bem douradinha estará pronta. Sirva quente acompanhada de um arroz e uma salada.

Obs:

  • Antes de servir não esqueça de retirar todos os palitos de dentes que usou.

Frango Cremoso com Queijo para uma segunda-feira preguiçosa

Quem me acompanha aqui sabe que eu até que gosto de segunda-feira. Acho que ela é símbolo de começos, de oportunidades, de segundas chances. Mas ontem estava me sentindo “mais quebrada que arroz de terceira”, esta expressão eu nem conhecia, mas quando disse no Twitter que estava parecendo que um trator passou em cima de mim, a @RegianeKessler me saiu com esta, hahahaha. Ela disse que é o pai dela que fala assim.

Pois bem, eu estava só o pó. Nestes dias a gente quer mais é que o tempo passe logo, né? Cozinha? Só se for rapidinho para matar a fome.

Então se tiver num dia destes e tiver que encarar a cozinha faça este frango, acompanhado de um arroz branco, uma saladinha e pronto. Isto se não tiver sozinha, pois este frango tem ingredientes que não usamos normalmente no dia a dia como aceto balsâmico e creme de ricota. Porque se tiver sozinha em casa um arroz com ovo tá mais do que bão para passar por dias como estes.

Vamos ao franguinho então?

Frango Cremoso Com Queijo

Ingredientes

1 peito de frango

1/2 cebola picada

2 dentes de alho amassados

3 colheres (de sopa) de azeite extra virgem de oliva

3 colheres (de sopa) de aceto balsâmico

4 colheres (de sopa) de creme de ricota ou requeijão cremoso

3 colheres (de sopa) de leite (se necessário)

Sal a gosto

Modo de Preparo

Tire os ossos do peito de frango e depois corte toda a carne em tirinhas. Em uma frigideira coloque o azeite e o frango para dourar. Acrescente a cebola e deixe dourar também. Só então acrescente o alho e frite um pouco. Quando o alho fritar misture o aceto balsâmico. Acerte o sal e misture o creme de ricota. Como o creme de ricota tem uma consistência mais encorpada eu coloco um pouquinho de leite para fica mais cremoso, mas se usar o requeijão não tem necessidade. Prontinho agora é só servir.

Obs: Quanto ao aceto balsâmico, invista em um vidrinho para sua cozinha, pois um toque dele na sua receita dá um quê de diferente, transformando um mero franguinho em um prato especial. Outra coisa, se não tiver o creme de ricota pode usar requeijão cremoso. A diferença é que o creme de ricota é mais levinho e o prato fica light.

O que eu tenho a dizer hoje que é terça-feira: Nada como um dia atrás do outro com uma noite no meio.

Eu acho que Tempo é um dos nomes de Deus. Nada como o tempo para curar certas coisa, né? Já tive esta experiências algumas vezes na minha vida e aprendi que quando não estou num bom dia o ideal é ter paciência e deixar o dia correr e terminar.

E terminou!

Frango light com mel e shoyu

Com este calor que está fazendo pelas bandas de cá, o que cai bem é uma comida bem leve. Sou fã de um franguinho assado na companhia de uma bela salada. Antes de viajar eu fiz isto. Só que eu fiz um franguinho, mas não um franguinho qualquer, um franguinho assado com mel e shoyu.

Eu fiz assim:

Ingredientes

6 pedaços de coxa e sobrecoxa de frango

4 dentes de alho amassados

Sal a gosto

2 colheres (de sopa) de mel

2 colheres (de sopa) de shoyu (molho de soja)

Modo de Preparo

Tire a pele do frango e tempere com o alho e o sal, deixe no tempero por no mínimo 30 minutos. Depois coloque os pedaços de frango na assadeira untada só com óleo e reserve. Em um recipiente misture o mel e o shoyu. Com a ajuda de um pincel (culinário, peloamordedeus) passe o molho em todos os pedaços de frango. Leve ao forno médio, quando começar a dourar, vire os pedaços de frango e passe o restante do molho. Deixe dourar. Quando dourar é só servir acompanhado de uma bela salada.

Obs: A assadeira vai ficar bem queimadinha por conta do mel, não se preocupe. E logo que os pedaços dourarem estará bom.

Frango com Molho Cremoso de Maracujá

Filé de frango é uma coisa tão sem gracinha, né? A gente tem que inventar uns molhinhos mais especiais para servir com eles.

Aproveitei que uma amiga veio almoçar comigo, em um dia que o maridão estava viajando e fiz este franguinho prá gente. Delícia. Este molho é especial e dá para usar com outras carnes.

Vamos lá:

Frango com Molho Cremoso de Maracujá

Ingredientes

4 filés de peito de frango

3 dentes de alho amasados

1 cebola picada

3 colheres (de sopa) de manteiga

1 xícara (de chá) de água

1/2 xícara (de chá) de suco de maracujá

Açúcar

Sal

1 lata de creme de leite

Modo de Preparo

Tempere os filés com alho e sal. Aqueça uma frigideira, coloque a manteiga e frite os filés. Reserve. Na mesma frigideira, com a manteiga da fritura do frango, refogue as cebola picada. Coloque a água e o suco de maracujá e deixe apurar um pouco. Tempere com açúcar (até perder um pouco do azedo do maracujá). Corrija o sal. Passe este molho por uma peneira e misture o creme de leite. Deixe esquentar bem e despeje sobre os filés já frito. Enfeite com algumas sementes de maracujá e sirva com arroz branco.

Chester® Perdigão à Califórnia – O meu preferido

Uma das aves que é a cara do fim de ano, é o Chester® Perdigão. Dá pra fazer quase todo tipo de receita com ele, né?  Com farofa, dessossado, estrogonofe, salpicão e mais um tanto de coisa. Mas se tem uma coisa que eu gosto de comer nas ceias de fim de ano é o Chester® Perdigão com frutas. Para mim não tem coisa mais gostosa do que o salgado da ave com o docinho das frutas em calda. Por isto minha receita preferida é o Chester® Perdigão à Califórnia.

E agora que a Perdigão lançou só o peito do Chester®? Hum, tô com mil idéias para fazê-lo. Mas vou passar para vocês a receita do meu preferido, que é:

Continue lendo Chester® Perdigão à Califórnia – O meu preferido

Polpetone Assado de Frango

Eu nunca tinha feito polpetones. Almôndegas eu sempre fiz, de carne, de frango, de soja, mas polpetone nunca. Aí comecei a ficar encucada com, qual seria a diferença entre os polpetones e as almôndegas. Muita gente diz muita coisa, mas a conclusão que cheguei é que os polpetones são almôndegas à milanesa, estou certa? O pessoal aí que manja de comida italiana, dá um help nos comentários e nos iscrarece por favor.

E o meu que não é uma milanesa clássica (frita) então danosse: É um falso polpetone?

Falso ou verdadeiro, almôndega ou polpetone, vamos deixar isto para os chefs. Nós vamos nos concentrar é em fazer uma comidinha boa para os nossos, né? E esta é boa e saudável, pode apostar.

Esta receita eu fiz baseada na receita da Carina, do Na Cozinha da Carina, no dia que vi, fiquei com água na boca e morrendo de vontade de fazer.

Então fiz assim:

Polpetone Assado de Frango

Ingredientes

1 peito de frango grande moído cru
2 batatas grandes cozidas e amassadas
1 ovo
Sal e pimenta-do-reino a gosto
2 dentes de alho amassados
Cubos de queijo coalho para rechear

1 xícara (chá) farinha de pão

1 ovo batido

Modo de Preparo

Tempere o frango moído com o alho. Misture o frango temperado com a batata cozida e amassada e o ovo. Tempere com a pimenta e o sal. Leve para gelar que fica mais fácil de modelar, pois é uma massa bem mole. Depois de gelado, pegue uma quantidade de massa com a ajuda de uma colher, coloque um pedacinho de queijo e feche. Deixe mais amassadinho (como um hamburguer mais gordinho), assim assa melhor por dentro. Passe no ovo batido e depois na farinha de pão. Vá arrumando em uma assadeira untada com óleo.

Agora coloque no forno alto por 20 minutos, depois vire os polpetones para dourar do outro lado (mais ou menos 10 minutos)

Dica:

  1. Se você  não tiver o processador para moer o frango, use o liquidificador. Eu já usei e deu certo. Coloque o frango dessossado aos poucos, bata, retire e depois coloque mais um pouco. Faça assim até acabar. Não coloque tudo de uma só vez.
  2. Usei queijo coalho, mas use o que você tiver em casa.