Categorias
Comida Nordestina Geral Receita Salgada

Mini Cuscuz Nordestino

Eu não conheço nenhum nordestino que não gosta de um cuscuz de milho bem fresquinho, uns gostam mais outros menos, mas o bichinho é quase uma unanimidade. Só de pensar em um cuscuz quentinho com manteiga de garrafa ou de fazenda derretendo por cima, hum, já enche minha boca de água.
Cuscuz é bom no café da manhã, no almoço e no jantar. Por aqui o pessoal come com galinha cozida, ensopado de carne e até com feijão verde.
Eu prefiro o clássico com manteiga, com leite de coco fresco, com carne do sol frita com cebola, com leite e açúcar e recheado: com mussarela e bacon, queijo de coalho, queijo e goiabada, calabresa, etc…
Se você fizer um cuscuz grande e sobrar você pode reaproveitar fazendo um bolo, uma farofa ou uma saladinha tipo tabule substituindo o trigo pelo cuscuz amassadinho. Cuscuz combina muito bem doce ou salgado. Eu gosto dos dois.
A nossa cidade vizinha, Caruaru, faz na época da festa junina o maior cuscuz do mundo. A cuscuzeira, este ano, mediu 4 metros e foi feito um cuscuz de 600 kg. Haja gente para comer tanto cuscuz, kkk. Olha a little cuscuzeira aí gente:

Fonte da foto: Reprodução/Tv Asa Branca

Normalmente usamos uma bémmm menor logicamente, tipo esta:

E há alguns anos atrás eu ganhei um outro modelo de cuscuzeiro de um amigo do Maranhão (um salve para o Fabiano), eu amei, olha ela aí:

Uns chamam de mini cuscuzeira outros de cuscuzeira paulistinha. O bom é que ela faz um cuscuz individual, então sempre sai um cuscuz fresquinho. Eu deixo a massa pronta na geladeira e quando alguém quer é bem rapidinho.
Ontem, domingo, meu filho pediu um cuscuz com queijo e eu fiz para ele. Aproveitei para fotografar para mostrar para vocês.

Mini Cuscuz com Queijo Coalho

Ingredientes
1/2 xícara de flocos de milho
Água que baste
1 colher (de café) de sal
2 fatias generosa de queijo coalho

Modo de Fazer

Junte o sal aos flocos de milho e vá acrescentando água aos poucos, até ficar no ponto de uma farofa úmida.

Deixe descansar por 15 minutos (ele incha um pouco). Depois coloque metade da massa e as fatias de queijo na cuscuzeira.

Cubra com o restante da massa.

Tampe, coloque uns dois dedos de água na parte de baixo e leve para o fogo. Quando a água de baixo ferver, marque 2 minutos e aí é só desenformar.

Agora é só passar manteiga por cima e devorar.

Observação: Se você não colocar o queijo, esse é um ótimo alimento SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE.

Obs. Tem várias marcas de flocos de milho, eu usei esta:

 

Mas você pode escolher:

Se você gostou da mini cuscuzeira eu coloquei uns links que achei na net de onde vende:
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-116375831-cuscuzeira-em-aco-inoxidavel-_JM
http://www.nortlar.com.br/loja/product_info.php?products_id=231

http://www.ironte.com.br/site/produto.php?id=18&pgprod;=0

Fique esperto com o preço tem, desde R$ 19 e alguma coisa até 50 reais.

Categorias
Geral Outros Países Receita Salgada

Culinária Diamarquesa

Estes dias pesquisei muito sobre a Dinamarca, por conta do intercâmbio que minha filha vai fazer e tenho me encantado com a culinária de lá.

Na Dinamarca (apesar de ser um país composto por várias ilhas) a carne mais consumida por lá, é a carne de porco. Eles comem muito arenque defumado, mas o porco ganha.
Uma das especialidades de lá é uma espéciede sanduíche aberto, chamado smorebrod. Uma fatia de pão de centeio, com carne ou peixe, queijo e verdura, vejam:


A principal refeição deles é a da noite, onde a família se reúne para comer uma refeição quente.
No café da manhã eles comem pão, queijo, mingau de aveia, café ou leite (ou chá). No almoço eles comem o smorebrod aí de cima com salada e fruta. Eles tem também uma espécie de café da tarde (kaffeborder) onde comem bolinhos, tortas, bolos amanteigados e biscoitos. A confeitaria dinamarquesa é um capítulo à parte, méldeus:

Essa é uma panqueca típica deles (Ebelskiver), bem gordinha né?

Esse (a) Ebelskiver é com banana
E os folhados, aff.

E agora umas fotinhas do que eles comem na principal refeição que é a noite.

Uma espécie de hamburguer com salada, picles, pão e beterraba

Costelinha de porco frita com batata cozida e molho


Gostei demais, até quero fazer alguma aqui em casa para experimentar. Se você tiver mais coisas sobre DK e receitas de comida de lá, me mande que vou tentar fazer.

fonte das fotos: Google.com

Categorias
Especial Geral Receita Salgada

Empadinha de Frango

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais um clássico das festinhas aqui em casa. A minha empadinha de frango ou como dizem por aqui, de galinha, é the best (modéstia à parte). Não sou eu quem diz, são os que já experimentaram (metida, hein? Kkkk).

Mas não se preocupem, vou dividí-la com vocês:

Empadinha de frango


Ingredientes

 

Massa

500g de farinha de trigo

150g de margarina

150g de gordura vegetal

2 gemas

sal a gosto

 Recheio

2 peitos de frango cozidos em água e sal

2 colheres (sopa) de óleo

1 cebola média ralada

2 tomates maduros sem pele e sem sementes, picados

2 colheres (sopa) de salsinha picada

sal e pimenta-do-reino a gosto

1 tablete de caldo de galinha

1/2 copo de água para o molho

1 xícara (café) de água para dissolver o amido de milho

1 colher (sopa) de amido de milho

25 azeitonas sem caroço

25 passas sem semente

Para pincelar

1 ovo

 

Modo de Fazer

 Massa

 Misture a farinha de trigo, a margarina e a gordura vegetal formando uma farofa. Crescente as gemas e o sal e amasse até atingir o ponto de uma massa homogênea. Cubra a massa com um plástico e deixe descansar por 15 minutos antes de usar.

 

Recheio

Cozinhe os peitos de frango com água e sal por 10 minutos na panela de pressão. Após o cozimento, retire o osso e a pele e desfie. Reserve.

Numa panela com óleo, frite a cebola, junte os tomates e o peito de frango desfiado. Refogue por mais ou menos 2 minutos. Acrescente 1/2 copo com água e deixe ferver por aproximadamente 5 minutos. Coloque a salsinha, a pimenta, o caldo de galinha e acerte o sal. Dissolva o amido de milho na água e engrosse o molho. Deixe ferver e espere esfriar para usar, senão vai embatumar a massa.

 

 

 

 

 

Montagem

 Em forminhas próprias para empadas (não precisa untar) coloque a massa abrindo com os dedos.

Depois encha com o recheio, coloque uma azeitona e uma uva passa em cada uma. Pegue um pedacinho de massa e abra na mão em forma de círculo e feche a empadinha. Misture o ovo com um garfo e pincele as empadinhas. Leve para assar por 30 minutos em forno à 200ºC.

Você vai consegui fazer 25 empadinhas (em forminhas de 5 cm de diâmetro)

 

 

 

 

Dica

É só mudar o recheio que você terá outros tipos de empadas, por exemplo: palmito, camarão, bacalhau, etc…
Ou se você quiser usar esta massa e fazer um empadão para o lanche, também dá super certo.

Categorias
Curiosidade Geral Produtos Receita Salgada

Panela Bimby

Ontem eu estava assistindo a nossa Martha Stewart brasileira (leia-se Ana Maria Braga) e ela mostrou uma receita feita durante uma viagem que ela fez a Portugal, utilizando uma “panela” bem diferente.

Fiquei super curiosa porque eu nunca tinha visto aquele equipamento conhecido lá pelas bandas da terra lusa como Panela Bimby ou Thermomix em outros países.
Olha a bichinha aí:

Bem diferente, né? Nem parece uma panela e apesar de todo mundo que usa chamar de panela, acho que não é uma mesmo não. Tá mais para uma máquina.

Segundo o fabricante ela tem10 funções: picar, ralar, bater, amassar, moer, triturar, pesar, emulsionar, cozinhar a vapor e ainda autolavagem. Pelo jeito só falta falar.

E eu que pensei que era uma novidade. Que nada, há trinta anos ela foi inventada, e vem com o passar dos anos, incorporando constantes novidades.

Diz que a bichinha faz de tudo: Pão, patê, rolo de carne, bacalhau com natas, limonada, caipirinhas, sorvete e até cozido. Tem um livro de receitas que a acompanha.

Fique super com vontade de ter uma, mas para mim não dá não, pelo menos não por agora.
Sabe quanto a bichinha tá custando aqui no Brasil varonil? Nem imagina?
Então dá uma olhada aqui.
Caiu da cadeira?
Pois é R$ 6.740,00. Vixe! Dá prá mim não.
Quem sabe quando eu for uma Nigella, uma Rachael Ray (sonho).

Agora se você não é tão desprovida de bufunfa (para não dizer pobrinha) como eu, se joga.
Mas não adianta ir na loja comprar não. Não vende em lojas. Nem em catálogo. Só está disponível através do sistema de venda direta.

Compre direto com o importador:
Grupo LUWASA – pelo email: luwasa@ajato.com.br

Agora se você quiser mais informações vai lá no site do fabricante.

Ainda tem mais dois links que achei interessante:

http://www.mundodereceitasbimby.com.pt/

Tem ainda vários blogues mundo a fora que suas blogueiras usam a Bimby para cozinhar. Separei alguns em língua portuguesa:

http://abimbar.blogspot.com/

http://abimbyfaz.blogspot.com/

Tem também este vídeo prá você ter uma ideia da bichinha em ação:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=05eYjYFmDsA]

Categorias
Aperitivos e Petiscos Especial Geral Receita Salgada

Empada Aberta de Queijo

 

Meus dois filhos menores fazem aniversário em outubro (02 e 14). Este ano pela primeira vez resolvi fazer a festa dos dois juntos. Portanto esta semana que passou foi uma semana de preparativos.

Gosto de fazer tudo com muita antecedência e congelar, aí no dia estou descansada e curto a festa. Se você quiser congelar os docinhos e os salgadinhos e adiantar seu trabalho vale investir em um curso de Técnicas de Congelamento. Porque ninguém merece comer salgadinho com gosto de congelado.

Se você usar as técnicas corretas os docinhos e salgadinhos ficam super saborosos e ninguém nem desconfia que foram congelados. Os pratos prontos congelados duram até três meses no freezer. Eu particularmente começo a fazer as comidinhas com um mês de antecedência.

Nos próximos dias vou passar para vocês algumas das minhas receitas favoritas para festa infantil.

Vamos ver a primeira.

Categorias
Curiosidade Geral Lançamento Produtos Receita Salgada

Curiosidade e Lançamento

Passei o mês de julho de férias em São Paulo com a família. E como toda vez que vou a São Paulo, um lugar que eu não posso deixar de ir é na Liberdade, adoro!

Desta vez experimentei um pastelzinho que nunca tinha comido antes foi o Guioza.

Lembrei disto agora porque estava navegando pela net quando me deparei com este site que tem muita informação sobre o Japão, inclusive sobre a História da Culinária.

Eu troco qualquer buchada de bode por um prato de comida chinesa e por uma barca de sushi e sashimi.

O Guioza é um pastelzinho inventado pelos chineses, mas também muito consumido pelos japoneses. Eles são recheados com carne de porco temperada ou carne de frango com legumes que apresentam formato característico e são servidos: cozidos no vapor ou cozidos e levemente assados em óleo na hora de servir. Hum delícia!


Se tiver a oportunidade de ir na Liberdade, não deixe de experimentá-lo num típico restaurante japonês. Se quiser também pode comprar a massa para fazer os guiozas em uma das diversas mercearias que tem por lá.

Outra opção é procurar algum restaurante chinês ou japonês da sua cidade e ver se eles fazem guioza.

Aqui em Garanhuns ninguém faz. Até tem alguns restaurantes chineses por aqui e agora um restaurante da cidade está servindo comida japonesa, mas ninguém faz.

Agora na capitá, Recife, temos várias opções de restaurantes, principalmente japoneses que não deixa a dever a ninguém.

Ah e aproveitando o assunto: Comida Japonesa, aproveito para mostrar para vocês um livro que foi lançado pela Publifolha.

São 144 páginas com receitas adaptadas aos ingredientes que encontramos no Brasil. São 50 receitas, tem até sobremesa.
Este livro foi lançado sexta-feira passada no restaurante Sushi Yoshi, em Recife. Escrito pelos chefs Carlos Ribeiro e Masayoshi Matsumoto.
Carlos Ribeiro é um nordestino estudioso da culinária japonesa enquanto Yoshi Matsumoto é um japonês que adotou o Nordeste como sua terra.
O livro custa R$39,90 se quiser comprar clique aqui.

Voltando a Liberdade um bom dia para você ir lá é no domingo, pois tem lá na praça uma feirinha com produtos e comidas típicamente orientais. As lojas ficam abertas. A estação do metrô Liberdade vai te deixar bem na praça, mas se quiser ir de carro, não é tão difícil achar lugar para estacionar por ser domingo.

Categorias
Especial Geral Receita Salgada Torta, Escondidinho, Polenta e Bobó

Rocambole com Massa de Pastel

 

Essa receita é muito fácil e rápida. Se a criançada quiser um lanche diferente, faça esse rocambole. Vai fazer um super sucesso e você não fica mais do que 15 minutos na cozinha.

Ele é ótimo para você fazer um lanche e aceita vários tipos de recheios tanto doce, como salgado, pois a massa de pastel é neutra.

Uma outra facilidade é que você pode deixar esse rocambole pronto  e embalado na geladeira e assar no dia seguinte. Facilita para fazer para o fim de semana, pois você pode deixar pronto na sexta-feira e também é ótimo para você levar para a casa de praia.

Veja que lanche mais prático:

Categorias
Especial Geral Pizzas Receita Salgada Torta, Escondidinho, Polenta e Bobó

Torta de Pizza

Especial: Mês da Criança
Mais uma receita que é sucesso garantido com as crianças aqui em casa é esta “Torta de Pizza”. É fácil e super rápida de fazer.
Torta de Pizza

Ingredientes:

Massa:

2 xícaras (de chá) de leite

1/2 xícara de óleo

3 ovos

1 colher (de chá) de sal

1 xícara (de chá) de farinha de trigo

1 colher (de sopa) de fermento químico em pó (fermento para bolo)

50g de queijo parmesão ralado (1 pacote pequeno)

Recheio:

150g de queijo mussarela fatiado

150g de presunto fatiado

2 tomates picados

Orégano a gosto

Modo de Fazer:

Coloque todos os ingredientes da massa no liquidificador, menos o fermento e bata bem. Acrescente o fermento e bata levemente. Em um refratário ou fôrma untada e polvilhada com farinha de trigo coloque metade da massa. Cubra com o queijo, com o presunto, o tomate e o orégano. Coloque o restante da massa por cima e leve ao forno médio até você enfiar um palito e este sair limpo ou estar dourada.

Obs. Se você quiser transformar esta receita em uma “Torta de Cachorro Quente” basta substituir o recheio por um refogado de salsichas e servir com catchup e mostarda, as crianças adoram (e nós também).

Minhas Sugestões:

Coma ainda quente com o queijo bem puxento, hum delíiiicia.
Agora se quiser servir cortado (como na foto) espere esfriar e só então corte, assim desenforma melhor. Mas não vou te enganar não, quente é beeem mais gostoso.