Categorias
Bolos, Cupcakes e Tortas Comida Nordestina Doces Nordestinos Receita Doce Receita Feita no Liquidificador Receitas Para Iniciantes Receitas slides gde

Bolo de Tapioca da Bahia

Esse bolo é espetacular. É o bolo da minha infância. Minha avó e minha mãe faziam. Eu disse certo, faziam. Acreditam que liguei para minha mãe, que ainda mora na Bahia, e pedi que ela me lembrasse dessa receita que eu tinha me esquecido se precisava ou não deixar a tapioca de molho. Sabem qual foi a resposta dela? Não sei. Isso mesmo, ela também não lembrava. Minha mãe nunca foi de anotar receita e ela simplesmente esqueceu.

Como minha avó não está mais entre nós, corri para ligar para algumas amigas para saber como elas faziam a receita. Liguei para Silvandira, em Salvador (Silvinha é daquelas pessoas craques na cozinha, sabe como é? E se for comida baiana então, Jesus, ela sabe tudo), e ela me disse que fazia sem colocar a tapioca de molho (como eu imaginava). Daí minha mãe falou com outra amiga nossa, a Simone, lá de Senhor do Bonfim, e a Simone também não colocava de molho. Então, decidi fazer no dia seguinte.

À noite recebo uma ligação de minha mãe: “Faz a receita como a gente falou, que dá super certo, é aquele bolo mesmo que a gente fazia a muito tempo atrás. Eu fiz e já comemos quase todo de tão bom que está.” kkkk. Isso porque o médico mandou ela fazer dieta.

Daí no dia seguinte fiz o bolo. Tive que fazer para ver se realmente era tão gostoso quanto eu lembrava. E era.

Veja então a receita do nosso delicioso Bolo de Tapioca:

Bolo de Tapioca da Bahia

Rendimento: 1 bolo de 30 cm

Ingredientes

  • 3 xícaras (de chá) de farinha de tapioca
  • 1 coco seco
  • 500 ml de leite
  • 1/2 xícara (de chá) de farinha de trigo
  • 3 colheres (de sopa) de manteiga
  • 1 e 1/2 xícara (de chá) de açúcar
  • 4 ovos
  • 1 colher (de sopa) de fermento em pó para bolo

Modo de Preparo

  1. Descasque o coco, inclusive aquela parte marrom junto à polpa. Deixe só a parte branca. Corte em pedaços pequenos e coloque no liquidificador, junte o leite e bata bem até ficar bem fino. Depois junte a manteiga, o açúcar e as gemas e bata um pouco mais.
  2. Em uma tigela coloque a farinha de tapioca e a farinha de trigo. Junte a mistura que está no liquidificador delicadamente com as farinhas na tigela.
  3. Acrescente o fermento e misture novamente.
  4. Bata as claras em neve e delicadamente agregue à massa do bolo. Despeje a massa em uma forma untada e enfarinhada (com farinha de trigo) e leve ao forno médio (180 graus) por mais ou menos 40 minutos. Ou até que você enfie um palito e ele saia limpo. Espere esfriar para desenformar.

Dicas

  • Eu usei aquela farinha de tapioca flocada, tipo biju. Ela é muito comum na Bahia. Vende na feira (veja a foto 1).
  • Eu fiz em uma forma de 30 cm de diâmetro, então ele ficou baixo, mas dá para fazer em uma forma menor e mais alta.

Para ver outras receitas típicas clique aqui:

Receita Regional

Categorias
Carne, linguiça Comida Nordestina Receita Feita na Panela de Pressão Receita Feita no Liquidificador Receita Salgada Receitas Para Iniciantes Torta, Escondidinho, Polenta e Bobó

Bobó de Charque

Muita gente conhece o tradicional prato da culinária baiana, Bobó de Camarão que é o mais comum, mas tem também o Bobó de Galinha e o Bobó de Peixe. Mas, poucos conhecem o Bobó de Charque. Pelo menos vejo poucas receitas. Tanto que quando resolvi fazer essa receita que eu tenho há muito tempo, fui pesquisar na Internet. Até tem algumas, mas não é tão comum.

Fiz esse fim de semana aqui em casa e vou mostrar para vocês como é essa receita que tenho. É mais uma opção bem saborosa para se fazer com charque.

Categorias
Bebida Comida Nordestina Gelada Receitas Para Iniciantes

Cajuroska

Quem é aqui do Nordeste sabe o que é cajuroska. Muito comum nas praias nordestinas cajurosca é uma caipirinha feita com caju e vodca. Aliás nas praias você encontra um tanto de tipos de “roskas”, tem umburoska, pitanroska, sirigueloska, etc…

É uma bebida alcoólica, mas você pode fazer sem a vodca, vai ficar um suco mais docinho e beeem gelado.

Comprei esses cajus quando estava voltando da praia há algumas semanas atrás. Aliás, falei que ia mostrar para vocês o lugar onde fui que é espetacular, Maragoggi, litoral norte de Alagoas, não esqueci, mas fiquei com muita coisa acumulada depois das viagens e de ter adoecido. Mas, prometo que vou separar algumas fotos e montar um post.

Bem, veja como faz a cajuroska:

Categorias
Carne, linguiça Comida Nordestina Receita Feita na Panela de Pressão Receita Salgada Receitas Para Iniciantes Receitas slides peq

Carne do Sol com Macaxeira

Gente, esta receita de Carne de Sol com Macaxeira é maravilhosa. E é um prato típico aqui do Nordeste do Brasil que une estes dois ingredientes deliciosos: a carne de sol e a macaxeira (também conhecida como mandioca).

Em primeiro lugar, já que Agora vimos Como Cozinhar Macaxeira e também como Fazer Carne do Sol Acebolada que tal juntar as duas e fazer um prato regional muito comum aqui no Nordeste: Carne do Sol com Macaxeira?

Para esclarecer, eu usei manteiga de fazenda, aquela bem boa, sabe qual é? Mas, para ficar bem típico mesmo, use manteiga de garrafa (ou manteiga da terra). Agora, se você não tiver, não deixe de fazer, use a manteiga que você tiver em casa.

Carne do Sol com Macaxeira

Ingredientes

Carne do sol (escolha um bom corte, uma carne bem macia)
Leite ou água (para deixar de molho)
Cebola cortada em rodelas
Óleo para fritar
Macaxeira (aipim ou mandioca)
Manteiga (a de garrafa é melhor)

Modo de Preparo

  • Em primeiro lugar, corte a carne em pedaços e lave para tirar o excesso de sal. Coloque em um recipiente e cubra com leite ou água. Deixe de molho até ficar com bem pouco sal.
  • Em segundo lugar, em uma frigideira, frite a carne (bem escorrida) em um pouco de óleo. Ela vai juntar água, deixe a água secar e frite ligeiramente. Se fritar muito vai ficar seca e dura. Retire a carne e reserve.
  • Depois disso, na frigideira acrescente um pouco de manteiga, agregue a cebola em rodelas e deixe fritar. Se precisar, acrescente uma pitada de sal.
  • Em outra panela coloque a água para ferver e depois acrescente a macaxeira (para saber mais detalhes leia o post: Como cozinhar macaxeira). Deixe cozinhar até a macaxeira ficar macia. Se preferir use a panela de pressão. Depois de cozida, escorra toda a água.
  • Por fim, para servir arrume o prato com a carne, a macaxeira, a cebola frita e regue tudo com manteiga de garrafa ou de fazenda. Sirva quente.

Veja as fotos abaixo:

Dica:

Se na sua cidade não tiver carne do sol, experimente fazer em casa, é bem simples. Veja neste post que expliquei tudinho:

Como Fazer Carne do sol
com Carne Crua

Gente, o blog está meio devagar esses dias porque viajei para a praia para comemorar meu aniversário. Então, cheguei em casa e já recebi um convite para ir para um encontro de bloggers. Então, mal tive tempo de desfazer as malas e já arrumei de novo. Por isso as coisas estão meio devagar por aqui.

Mas, recebi todos os cumprimentos pelo meu aniversário. Obrigada a todos! Quando eu voltar, na próxima semana, vou agradecer a cada um.

Quem quiser me acompanhar no Instagram, lá tenho colocado algumas fotinhas de onde estou. O Instagram é muito prático. Se quiser me segue lá, é: @aquinacozinha.

Categorias
Comida Nordestina Dicas Culinárias Dicas e Truques Receita Feita na Panela de Pressão Receitas Para Iniciantes

Como cozinhar macaxeira (aipim ou mandioca)

Como cozinhar macaxeira super fácil

Macaxeira, aipim ou mandioca são alguns dos nomes pelo qual essa raiz tão brasileira é conhecida. Eu nasci na Bahia, lá chamávamos aipim, depois morei no interior de São Paulo e lá é chamada de mandioca e agora que moro em Pernambuco chamamos macaxeira.

Sempre faço receitas usando macaxeira e quando publico sempre tem alguém me perguntando como cozinhar a macaxeira, então hoje vou mostrar como faço. Eu sei que no Brasil inteiro se come macaxeira, mas como aqui no Nordeste acho que nenhum lugar se compara. Aqui comemos no café da manhã, no almoço e no jantar. Comemos doce, quando fazemos bolos, etc…, comemos cozida com manteiga, comemos frita, usamos como base em algumas receitas, ou seja o céu é o limite, hehehe.

Cozinhar macaxeira não tem segredo. É só colocar tudo no fogo com água e pronto. Mas, o problema é que o tempo pode variar muito. Você pode ter comprado uma macaxeira bem novinha que em 20 minutos vai estar pronta, ou pode ter uma raiz mais velha que vai demorar muito mais para ficar pronta. Mas, vamos começar pelo começo e ver como fiz:

Categorias
Carne, linguiça Comida Nordestina Receita Salgada Receitas Para Iniciantes Receitas slides peq

Carne do Sol com Pirão de Leite

Olha o fim de semana aí gente.

Parece que cada vez o tempo passa mais rápido, que loucura. Ontem mesmo fiz aniversário e ele já está aí de novo. Pois é, semana que vem fico mais velhinha  madura, hahahaha.

E como o fim de semana já está aí de novo, vou mostrar para vocês como faço uma comidinha que é típica aqui no Nordeste “Carne do Sol com Pirão de Leite” e que é a cara do fim de semana. Se você não mora no Nordeste e não tem onde comprar carne do sol, não se preocupe eu tenho a solução, depois dá uma olhada no final do post.

Vamos à receita:

Categorias
Bolos, Cupcakes e Tortas Comida Nordestina Doces Nordestinos Geral Receita Doce Receitas Para Iniciantes Receitas slides gde

Receita de Bolo de Rapadura

Olá pessoal, como passaram o feriadão prolongado? Eu fui com a família, passar a Páscoa na Bahia. Foram dias ótimos. Aliás, a Bahia é sempre ótima, me sinto em casa. Mas, agora estou de volta e a vida vai entrando na rotina novamente. Antes de viajar eu fiz esse Bolo de Rapadura aqui em casa e foi perfeito.

Foi meio que uma invenção minha , mas que deu super certo e resultou em um bolo extremamente fofinho e muito gostoso.

Experimenta fazer e depois me conta.

Eu sei que rapadura não é uma coisa muito fácil de se encontrar nos outros Estados brasileiros, que não estão no Nordeste. Mas você já encontra em algumas redes grandes de supermercados ou mesmo em Casas do Norte, que são lojas que vendem produtos de outras regiões do Brasil.

Portanto, se você puder, incorpore o consumo de rapadura na sua família, ela é um alimento riquíssimo nutricionalmente. Só toma cuidado, pois ela também é bem calórica. Então, a palavra é equilíbrio . Ok?

Ou seja, use, aproveite os benefícios nutricionais,  mas não exagere na quantidade.

Agora veja como fiz esse bolo:

Bolo de Rapadura

Ingredientes

1 xícara (de chá) de rapadura picada ou raspada
1 xícara (de chá) de água
2 xícaras (de chá) de farinha de trigo
1 colher (de chá) de canela
1 xícara (de chá) de manteiga ou margarina
4 ovos
1 colher (de sopa) de fermento em pó

Modo de Preparo

  • Em primeiro lugar, coloque a rapadura junto com a água em uma panela e leve ao fogo, mexendo de vez em quando até a rapadura dissolver completamente. Reserve.
  • Em segundo lugar, em uma tigela, coloque a farinha de trigo e a canela. Junte a manteiga e vá mexendo.
  • Depois disso, acrescente os ovos, um a um, mexendo sempre.
  • Junte a rapadura dissolvida aos pouco, mexendo sempre.
  • Depois de misturar toda a rapadura derretida agregue o fermento.
  • Então, coloque em uma forma untada e enfarinhada. Leve ao forno médio (cerca de 200 graus) por mais ou menos 40 minutos. Para saber se já está bom enfie um palito de dente no bolo, se ele sair limpo é porque o bolo  já está assado. Espere esfriar ou mesmo amornar para poder desenformar.

Observações:

  1. A massa fica bem líquida mesmo.
  2. Pode colocar o rapadura derretida morna.

Veja fotos e informações do dia em que eu e minha família fomos fazer um passeio no Engenho Lage Bonita, aqui pertinho, na cidade de Quipapá, no estado de Pernambuco. Conheça o Engenho Lage Bonita.

Categorias
Comida Nordestina Doces Nordestinos Geral Receita Doce Receita Feita com Leite Condensado Receitas slides gde Sobremesa

Receita de Pudim de Tapioca de Cristininha

Cristininha é uma prima de meu marido, mas quem me passou essa receita foi a irmã dele, Ana, há muito tempo atrás e eu nunca tinha feito. Mas, esses dias remexendo nos meus arquivos do computador encontrei a receita e resolvi fazer. É uma receita de família e família baiana.

Essa receita é feita com a farinha de tapioca que é muito comum na Bahia. Não sei se em outros estados tem essa farinha, se tiver me diz aí nos comentários e como ela se chama. A farinha de tapioca é mais quebradinha e torradinha dê uma olhada na Foto 01 onde estão os ingredientes. É com ela que na Bahia fazemos o Cuscuz de Tapioca, Bolo de Tapioca, Mingau de Tapioca, Bolinho de Estudante e outras receitas. Não é a tapioca usada para fazer a tapioca que conhecemos por aí, aquela que parece uma panqueca e que chamamos de Beiju de Tapioca. O Beiju de Tapioca é feito com a goma de tapioca que é a mesma goma de mandioca, veja:  Como fazer tapioca.

Minha mãe quando veio me visitar me trouxe um pacote dessa  farinha de tapioca então aproveitei e fiz essa receita e vão ter outras também aguardem.

Categorias
Arroz, Macarrão, Panqueca e Lasanha Comida Nordestina Peixes e Frutos do Mar Reaproveitamento Receita Salgada

Receita de Arroz de Sururu

Uau! Essa receita é uma delícia. Se você encontrar sururu/mexilhão no mercado faz e depois me conta se eu não estou certa.

Eu comi com uma pimenta de cheiro no tucupi que minha filha trouxe da viagem para Belém do Pará. Delícia.

Veja como fiz:

Categorias
Comida Nordestina Peixes e Frutos do Mar Receita Salgada Receitas Para Iniciantes

Moqueca de Dourado

Bom sábado, bom fim de semana. Eu sei que eu disse que tenho procurado não trabalhar no sábado, mas hoje não deu. Eu estou trabalhando, o maridão está trabalhando e assim vamos que vamos. Muitas vezes na sexta-feira tento deixar algum post programado para ser publicado no fim de semana, mas ontem não deu e hoje estou aqui e quero muito mostrar para vocês essa Moqueca de Dourado que fiz. Ah e vou escrever já já um post mostrando um Sorvete Caseiro de Coco, vou deixar programado para ser publicado amanhã, ok?

Para quem está de folga e só fuçando a Internet, bom descanso. Fica um pouquinho por aqui, curte as postagens e depois vai ficar off line curtindo os prazeres de uma boa folga. Que tal ir num parque, fazer um piquenique, visitar amigos, arrumar suas gavetas ou só ficar à toa. Eu amo ficar jiboiando. Sabe como é? Lá largadona sem fazer nada.

Sair da versão mobile