O filme teve sua pré-estréia ontem em Brasília e dizem que é muito emocionante, bem no estilo “Dois Filhos de Francisco”. Amanhã vai ter uma sessão no Centro de Convenções, em Recife para os parentes daqui de Garanhuns e da Região e para as autoridades do Estado, inclusive o prefeito daqui e o Governador do Estado. Como não sou parente, nem “otoridade” vou ver mesmo só no dia primeiro de janeiro que vai ser a estréia nacional.
Cenas do filme

Outro dia vi uma entrevista do Lula (não sei se com o Kennedy Alencar, na Rede TV) onde ele disse que só conheceu pão com sete anos, antes ele tomava café com farinha de mandioca. Impressionante, né não?
Mas não se engane não, até hoje tem muita gente vivendo em extrema pobreza por esse Brasilzão de meu Deus.
Famílias que moram assim:

Que conseguem um balde de água, muitas vezes suja, após andar kilômetros.

Que dependem da solidariedade de pessoas como os Amigos do Bem, para comer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.