Arquivo da tag: panela de barro

Como Escolher Panelas

Como Escolher Panelas

Tenho feito algumas lives no meu Instagram respondendo perguntas e dúvidas dos meus seguidores. E uma delas é: como escolher panelas. Qual a melhor panela para você comprar? Panelas de inox, antiaderente, alumínio, cerâmica, vidro ou ferro?

Aqui está um assunto que as pessoas me solicitam quando estão montando a sua cozinha, ou fazendo a lista de casamento ou mesmo morando sozinhas. Vale à pena você ler este post e assistir aos vídeos antes de você escolher panelas, pois explico algumas coisas que vai facilitar na hora de comprar uma boa panela.

Em primeiro lugar, gostaria de lembrar que, depois dos eletrodomésticos e eletroportáteis, as panelas são os itens que mais usamos no nosso dia a dia. Por isso precisamos saber escolher as panelas. Costumo sugerir que se compre o Jogo de Panelas, pois nele vem uma unidade das cinco principais panelas que usamos na cozinha:  panela grande; panela média; panela pequena; frigideira e leiteira.

Para esclarecer, quando se compra o Jogo de Panelas o custo-benefício é melhor, ou seja, é mais barato comprar o Jogo do que uma a uma, da mesma marca. No vídeo eu dou dicas para quem quer renovar as panelas, se desfazendo daquelas velhas e/ou ruins.

Que tipo de panela comprar?

Sempre me perguntam: “Patty, que tipo de panela comprar? Será que compro panela antiaderente, de inox, de alumínio, de vidro, ou outra?” Neste quesito a primeira coisa a se pensar é: Que tipo de fogão é o seu? Se for fogão a gás, qualquer uma destas panelas servirá.

Entretanto, se for um fogão de indução, que só aquece quando há contato direto com a panela, precisará comprar panelas apropriadas, senão elas não funcionarão corretamente. A primeira coisa é que as panelas precisam ter o fundo plano e o diâmetro proporcional ao queimador de todos os cooktops, para que a chama vá direto para os alimentos no fundo da panela.

Em seguida, confira as panelas que podem era usadas em cada cooktop.

Cooktop a gás: Todas as panelas. Se o seu é o Cooktop elétrico: Use apenas panelas com fundo reforçado e, de preferência, que sejam feitas de ferro ou de aço. Já para quem tem o Cooktop por indução: Use panelas de aço inox, fundo triplo ou de ferro fundido. Uma dica: Coloque um ímã na base da panela que deseja usar, se o imã grudar, é um sinal que você pode usar a panela.

Panela antiaderente ou inox?

Eu, pessoalmente, gosto de ter algumas antiaderentes e outras de aço inoxidável (com fundo triplo). Tenho um jogo de cada uma destes tipos.  E, por que, desta opção? Porque tem receitas que são mais indicadas para uso com panelas com fundo grosso, como as panelas de inox: arroz, brigadeiro, por exemplo, pois é mais difícil queimar a comida.

Já antiaderentes eu gosto para frigideiras, que é indicada para fazer grelhados e frituras.

Porém, tem panelas boas e ruins, sejam antiaderentes ou inox. Por exemplo, tem panelas de inox que são fininhas, não tem robustez e é de baixa qualidade. Caso queira comprar pela internet, dá uma olhada na mesma panela em uma loja física, para você conferir a qualidade. Depois, então, você compra aquela mesma marca e modelo pela internet.

Quanto as panelas antiaderente eu vejo no mercado de diversos tipos, materiais, qualidade e preço.  Não compre uma panela “chinfrim”. Até marcas boas tem antiaderente ruim. Normalmente a antiaderente boa é mais grossa e robusta. Pode pegar uma boa numa das mãos e outra ruim em outra mão que você notará a diferença.

Panela de Alumínio

Modelos mais comuns na cozinha – esquentam com facilidade. Em, pessoalmente, não gosto da panela de alumínio comum. Não quero, aqui, entrar no mérito de qual é melhor ou pior, se faz ou não mal para a saúde, mas só para dar um exemplo as de inox e de vidro não soltam resíduos nos alimentos. Porém, lembro que estas panelas não podem ser lavadas em máquinas de lavar-louça, pois costumam manchar e ficar grudentas.

Panela de Vidro

As panelas de vidro, são melhores que as de alumínio, porque evitam a proliferação de bactérias e não transferem resíduos para os alimentos. No entanto, ele precisa de mais cuidados por conta da sua baixa resistência.

Panelas de Cerâmica

As panelas de cerâmica são menos resistentes que as antiaderentes convencionais – sua superfície é mais quebradiça e podem ficar menos antiaderentes se não forem usadas de maneira adequada.

No vídeo abaixo explico como comprar panela de cerâmica:

Panela de Ferro

As panelas de ferro fundido, além de ótimas condutoras de calor, podem também ir ao forno e têm uma durabilidade muito extensa!

O brilho típico na superfície das panelas de ferro fundido quer dizer que ela é bem temperada e tem propriedade antiaderente. Por isso, na hora de cozinhar, você pode usar menos óleo sem que o alimento tenha risco de grudar no fundo da panela.

A panela de ferro, inclusive, é ideal para selar, sem óleo, alimentos como carnes, fazendo com que se crie uma camada protetora em volta de um pedaço de picanha, por exemplo, que impede que os sucos da carne saiam, deixando o corte macio e muito suculento.

Sugestão:

Se você é iniciante na cozinha, sugiro o post: “Comece por aqui”.

Dica Para Usar a Panela de Barro pela Primeira Vez

Quinta-feira passada comprei uma panela de barro aqui na feirinha do meu bairro, na Boa Vista. A minha panela capixaba tinha quebrado e eu gosto demais de fazer peixe na panela de barro. Então, fui aqui na feirinha e achei para comprar. Comprei e vou aproveitar para mostrar para vocês o que deve ser feito na panela antes de usar ela pela primeira vez.

A primeira coisa que você vai ter que fazer na sua panela, antes de usá-la para fazer qualquer receita, é queimá-la. Isso é muito simples de ser feito e você faz em casa no seu fogão mesmo.

Veja:

Moqueca de Peixe

Que tal uma moquequinha?
Hum! Eu fiz uma este fim de semana.
Peixe é sempre bom, né não?
A que eu fiz foi esta:

Moqueca de Peixe

Ingredientes

  • 1 kg de peixe em postas
  • 1 maço de coentro
  • 1 cebola grande em rodelas
  • 1 pimentão em rodelas
  • 1 dente de alho
  • 2 tomates em rodelas
  • 1 limão
  • 1/2 xícara de azeite de dendê
  • 1 vidro pequeno de leite de coco
  • Sal a gosto

Modo de Preparo

Limpe bem o peixe, corte-o em postas e deixe-o em uma recipiente com o suco de limão e o alho bem batidinho com um pouco de sal.
Conserve assim pelo menos por 1 hora.

Utilizando uma panela de barro coloque: 2 colheres de azeite de dendê, metade da cebola, do pimentão, do coentro e do tomate e dê uma leve refogada.

Em seguida arrume as postas do peixe e repita a camada de temperos em rodelas. Por cima coloque metade do leite de coco.
Não adicione água nem sal.

Cozinhe em fogo brando e quando começar a ferver coloque o resto do leite de coco e do azeite de dendê.

Tampe, espere uns 10 minutos e experimente o sal, veja se precisa colocar um pouco mais.

E aí é só correr para o abraço.

Dica:

  • Se não tiver uma panela de barro pode usar qualquer outra. Mas se puder tenha uma panela de barro em sua cozinha, tem umas do Espírito Santo maravilhosas (a minha quebrou) esta aí em cima é outra que eu tenho, é da Bahia.
  • Se você não gosta do azeite de dendê, use óleo de soja ou azeite de oliva, modifica o gosto mais dá certo.
  • Se tiver possibilidade use o coco fruta e bata com água no liquidificador para tirar o leite do coco e use na moqueca. Fica divino. Eu usei o vidrinho, pois não tinha o coco.
  • Escolha o peixe da sua preferência, de água doce ou salgada, eu gosto de cação, mas fiz esta com peixe de água doce. Até com peixe congelado eu já fiz. Peça ao peixeiro, na feira ou no supermercado, para limpar e cortar o peixe em postas assim você não tem este trabalho.