Cuidado ao comprar alimentos para as ceias de fim de ano

Cuidados que devemoster na hora de comprar os ingredientes que iremos precisar para as festas de fim de ano

Direto ao ponto

compras de natal

Olá pessoal

Depois de um ano de muito trabalho, chegou o momento de pararmos para brindarmos às vitórias conquistadas, os problemas solucionados, é época de muita festa, muita alegria, e muitas compras, e com isto às vezes não prestamos a devida atenção no momento da aquisição dos produtos que vão estar presentes nas mesas nestas datas.

As gôndolas, geladeiras, prateleiras, tudo lotado, muitas vezes superlotados, super população nas casas de comércio, e em meio a toda esta euforia às vezes nem notamos, mas com isto os produtos, não recebem a necessária refrigeração, e mesmo os que estão em temperatura ambiente, devido à grande quantidade, a circulação de ar fica precária.

Vou destacar algumas coisas que devemos prestar atenção na hora que formos comprar:

  • Muito cuidado na aquisição dos enlatados, o trabalho de reposição é muito grande, e os cuidados no momento da estocagem ficam bem aquém nesta época do ano, e com isto as latas acabam amassadas, e a película de verniz protetora se rompe, e elimina a barreira que existia entre alimento e metal, recuse sem pensar duas vezes, aí mora o grande perigo do crescimento das bactérias, recuse também as embalagens estufadas, que é um sinal aparente de contaminação.
  • O comércio de carnes também é muito grande nesta época, atentem para o selo SIF (Serviço de Inspeção Federal), nos produtos de origem animal, procure direcionar um olhar bem observador para a higiene do local e dos manipuladores, de nada adianta um produto inspecionado, se não houver higiene e qualidade na manipulação do mesmo. A carne bovina deve apresentar cor vermelho-clara, caso seja observado partes escurecidas ou secas, isto é sinal de deterioração.
  • Todas as carnes de aves, tem que apresentar cor amarelo-parda, estar consistente, deve ser firme, aderente ao osso, não pegajosa, sem apresentação de manchas arroxeadas, conter selo de qualidade (SIF), data de embalagem e de validade.
  • Os lombos, pernil, leitoa como qualquer carne suína devem apresentar cor rósea ou avermelhada- parda, consistência firme, não pegajosa, caso note presença de bolinhas brancas, duras, isto é sinal de carne infectada por vermes como a teníase (solitária), comumente chamada de canjiquinha, descarte a compra e se possível denuncie o fato ao responsável pelo estabelecimento, afinal quem não conhece vai acabar se infectando, e como disse em outra ocasião, o melhor fiscal, somos nós, os consumidores.
  •  No preparo dos assados (pernil, leitoa, peças inteiras), é aconselhável que sejam pré-cozidos e depois bem assados, para que o cozimento aconteça no centro da peça e elimine os parasitos, sempre observando no momento da compra, o selo de inspeção.
  • Especial cuidado com as frutas secas cristalizadas e desidratadas, vendidas a granel, estes produtos invadem o comércio nesta época do ano, de preferência para os embalados (menos risco), e que estejam acondicionados em recipientes transparentes, este tipo de alimento em casa deve ser transferido para vasilha de vidro com tampa (bem tampado), adquira porções que não fiquem armazenadas por muitos dias, este produto se não for manipulado ou estocado corretamente, adquire fungos com facilidade, e isto provoca doenças graves.
  • Observem também os rótulos das bebidas, estes também são fiscalizados pelo MAPA, (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), os rótulos devem conter a sigla do estado originário em sequência onze números, e dados do fabricante. Isto vale também para as bebidas importadas.
  • A maionese e salpicão alimentos tão apreciados nesta época, também merecem especial cuidado, evite maionese caseira, estas levam ovo cru em sua receita, o que pode te deixar vulnerável à tão temida Sallmonela, salpicão sem frango desfiado não é a mesma coisa, rsrsrs, então aproveite a dica da Patty e, desfie na panela de pressão, evitando assim a manipulação com as mãos, isto também constitui barreira de proteção (não tocar alimentos prontos, com as mãos).

Para encerrarmos  uma última dica, leva à mesa quantidades menor, para que o alimento não deteriore, reponha aos poucos, assim manterá a integridade e temperatura dos mesmos.

 

Boas Festas,

Sônia Cabrera

Consultora em Segurança Alimentar e Manipulação de Alimentos

Foto: www.sxc.hu

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.