Arquivo da tag: gastronomia

Livro de Gastronomia Vegetariana: Indispensável, de Dunja Gulin

Fiquei super feliz ao receber esse livro da Editora Alaúde para conhecer. Normalmente já gosto horrores de livros de gastronomia vegetariana, mas esse chegou na hora certa, por isso fiquei assim, tão feliz. Chegou bem no meio da série de receitinhas saudáveis e detox que estou publicando aqui no blog e vem para enriquecer.

Vamos começar?

Então, esse livro de gastronomia vegetariana tem uma abordagem bem legal, a autora fala na primeira pessoa, mesmo quando vai colocar a receita, ela sempre tem uma breve explicação sobre a receita e algumas vezes fala da vida dela e da sua experiência. Começando pela introdução onde ela pede que a gente leia até o final, pois é nela que a autora se apresenta e mostra a sua experiência em alimentação saudável.

Dunja diz que sempre teve experiência em alimentação saudável, onde experimentou a culinária vegana, vegetariana e macrobiótica e que depois de um tempo resolveu “combinar estilos de cozinha e filosofias diferentes para criar uma maneira saudável e muito própria de cozinhar”. Acho super interessante isso porque eu também penso assim.

O que achei desse livro?

Gostei desse livro de gastronomia vegetariana, porque ela começa do zero mesmo, falando primeiro da organização na hora de cozinhar, como abastecer a despensa (o que não pode faltar) e depois ela passa para explicar o básico, como por exemplo como cozinhar grãos e como cozinhar leguminosas. Só depois ela passa para as receitas, onde traz receitas para o café da manhã, brunch, pratos principais, pratos reconfortantes, antepastos, petiscos, lanches, saladas, molhos, sopas e doces. É bem completo e tem uma coisa que amo e que já contei para vocês, índice remissivo. Amo! Facilita muito quando temos um ingrediente e não sabemos o que fazer com ele, é só ir lá e ver as receitas que são feitas com aquele ingrediente. Simples assim.

Características:

O livro é muito bonito, tem capa dura e fotografias lindíssimas de William Reavell. Só tem uma questão que não é tão legal, mas que é comum a esse tipo de livro é o uso de alguns ingredientes nas receitas que não são tão comuns para pessoas como eu, que não tenho tanto conhecimento em alimentação vegetariana, ou macrobiótica. Para mim, é difícil ter acesso ou mesmo saber sobre alguns tipos de farinhas, como o painço, por exemplo ou outros ingredientes. Mas, nada que uma pesquisa ou uma ida a uma loja de produtos macrobióticos ou vegetarianos não resolva.

Ficha técnica:

Título: Indispensável
Subtítulo: Receitas vegetarianas contemporâneas para um dia a dia mais saboroso
Autor: Dunja Gulin
Editora: Editora Alaúde
Ano: 2015
Especificações: Capa dura | 144 páginas
ISBN: 978-85-7881-257-7
Dimensõe: 19 x 23,5 cm

Preço: R$ 49,90

Veja a oferta: Clicando AQUI

Posteriormente, se você quiser ter mais acesso a conteúdos como esse, acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui

Inauguração – Kefi Comidas Leves

Ontem a noite aqui em Garanhuns, fui prestigiar mais um passo do querido amigo Guga Pessoas, lembram dele? Eu já falei várias vezes dele aqui. Ontem ele lançou o Kefi – Comidas Leves e fez um evento de degustação de crepes para convidados e para a imprensa.

O Kefi – Comidas Leves é especializado em saladas, crepes e outros pratos leves. Vai contar inclusive com um cardápio infantil. Os sucos são especialíssimos, ontem experimentei alguns e destaco o de melancia com maracujá, docinho e azedo na medida certa.

Continue lendo Inauguração – Kefi Comidas Leves

AQUI NA COZINHA EM BELÉM DO PARÁ – Onde comer?

Bem aqui está o último post sobre a viagem a Belém do Pará que o blog foi convidado a fazer. Quem foi representando o blog como vocês já sabem, foi minha filha Karis. Se você não leu os outros dois posts que ela escreveu, veja aqui:

Agora ela vai mostrar o que andou comendo por lá e boas opções para quem for a Belém. Eu particularmente, gosto muito da comida da Região Norte do Brasil. Já morei em Porto Velho, Rondônia, quando eu era adolescente e vendo esse post e as fotos fiquei doida para tomar um Tacacá.

Bem, segue o relato da Karis, que agora é uma universitária. Isso mesmo gente, ela passou no vestibular, Uhu!

Estou de volta, para falar sobre a viagem que fiz à Belém do Pará! E hoje o assunto é a culinária incrível desta cidade.

Nossa primeira refeição foi o almoço no Restaurante Lá em Casa, na Estação das Docas de frente para o rio, uma paisagem linda e uma comida maravilhosa. De entrada Camarões Empanados no Coco, o prato principal foi Arroz de Coco e Pirarucu ao Molho de Coco e a sobremesa foi uma Queijadinha também de coco. Todos os pratos tinham coco em razão da nossa visita à fazenda da SOCOCO.

O Lá em Casa é um restaurante que usa muito os ingredientes locais e também os pratos típicos, como o Pato no Tucupi, Maniçoba e o Vatapá Paraense. A variedade de Caipirinha é enorme e com todas as frutas paraenses que você imaginar, de cupuaçu a açaí.

De noite fui comer Tacacá como uma boa paraense, haha É uma delícia essa mistura de camarões, goma e tucupi. Para arrematar a noite um sorvete da Cairu, se você for para Belém NÃO PODE deixar de experimentar os sorvetes de lá, experimentei vários, mas os meus escolhidos foram o Paraense (açaí+tapioca) e o de araçá, fruta típica.

Não podia deixar de experimentar o Açaí com Peixe, a mais tradicional refeição paraense. Fui ao Point do Açaí e comi uma variedade de peixes empanados e fritos juntos com salada, o açaí e aquela tapioca mais grossa, beeeeeeem paraense mesmo! Não gostei muito do açaí puro, mas com açúcar fica muito bom, você pode comê-lo junto ou separado do peixe.

Andréa (Aromas e Sabores), Chef Sérgio Leão, Dani e Alceu (Cozinha Travessa) e eu

O último jantar foi no Restaurante Benjamin, incrível o ambiente e a comida. O chef Sérgio Leão é uma simpatia e enquanto comíamos ele nos dava uma aula de geografia, culinária e cultura. Ele nos serviu um Consomê  de Abóbora, Leite de Coco e Gengibre, depois foi o momento da Arraia no Pirão Picante, o terceiro prato foi Purê de Pupunha e Camarões, em seguida para fechar os pratos salgados veio o Magret de Pato com Arroz de Tucupi e Jambo, delicioso! Já estava satisfeita, mas as Cocadas de Maracujá e Cupuaçu estavam incríveis e não pude recusar.

Se você for a Belém não deixe de visitar pelo menos um dos lugares citados acima, todos aprovados!

Beijos

Karis Martins

P.S. Quero agradecer a Andrea, do Aromas e Sabores por me permitir usar as fotos dela do Restaurante Benjamin.

École Lenôtre é parceira do Senac em cursos especiais

A ÉcoleLenôtre é a primeira escola de gastronomia da França, criada em 1971 por Gaston Lenôtre e como tenho falado aqui no blog, que há alguns anos firmou uma parceria bem interessante com o Senac São Paulo. Este acordo entre as escolas prevê a realização de workshops e cursos de extensão exclusivos ministrados no Brasil por especialistas da Lenôtre para alunos e profissionais que queiram se especializar em técnicas avançadas.

Então, se você é estudante de gastronomia ou profissional da área e quer ter uma formação com nível internacional sem a necessidade de deslocamento para o exterior e com um investimento menor e com conteúdo de alta qualidade, essa é a chance.

Os cursos são de confeitaria e de cozinha internacional e as vagas são limitadas, apenas 16 alunos por turma. Os interessados podem obter mais informações no site do Senac

 

 CURSOS PARA 2013 NO SENAC ACLIMAÇÃO:

Primeiro Semestre

  • Glacerie: Técnicas de Preparo de Sorbets e Sorvetes e suas Aplicações em Sobremesas

De 8 a 12 de Abril de 2013

Segundo Semestre

  • Pâtisserie de Boutique: Macarrons, PetitsGâteaux e Verrines

De 16 a 20 de Setembro de 2013

. Os interessados podem obter mais informações no site do Senac São Paulo: www.sp.senac.br/extensao ou pelo 0800 883 2000.

 

Acompanhe o Senac São Paulo nas redes sociais: www.sp.senac.br/redessociais


Workshop sobre a cultura gastronômica de Garanhuns

Fui ontem assistir o workshop sobre a cultura de Garanhuns e a sua influência na gastronomia pernambucana, esse evento faz parte do projeto Conexões Culturais, organizado pelo SESC, aqui na cidade, até o dia 08 de novembro.

O projeto Conexões Culturais conta com espetáculos, oficinas, seminários e workshops nas áreas de artes cênicas, artes visuais, moda, gastronomia, economia criativa, cultura digital, música, literatura e  meio ambiente. Está acontecendo em vários pontos da cidade. O de gastronomia foi no Parque Ruber Van Der Linden (Pau Pombo). Só não avisei antes aqui porque só soube na última hora, mas fui lá e vou mostrar para vocês.

Continue lendo Workshop sobre a cultura gastronômica de Garanhuns

Cursos de Extensão Universitária da École Lenôtre aqui no Brasil

Foto: Divulagação

Serão dois novos títulos e mais um workshop gastronômico que acontece em Campos do Jordão, no interior do Estado, e no Senac Aclimação, na Capital. Estes cursos e workshop são oferecidos pelo Centro Universitário Senac em parceria com a École Lenôtre, primeira escola de gastronomia da França.

“A Lenôtre é uma das principais escolas de pâtisserie do mundo. A ação possibilita aos alunos e docentes de gastronomia vivenciarem as tendências da profissão com estudantes e especialistas de uma das escolas gastronômicas mais importantes do mundo. Este ano, a novidade é que além dos cursos de confeitaria, teremos também aulas de cozinha internacional”, explica Gisela Brandão, coordenadora de desenvolvimento de cursos da área de gastronomia do Senac São Paulo.

São cursos que propiciarão uma expertise internacional sem a necessidade de deslocamento até a França, com um investimento menor e com conteúdo de alta qualidade.

Ministrado por professores da escola francesa com o auxílio de profissionais do Senac São Paulo, o objetivo da parceria é produzir e internacionalizar o conhecimento. Para os que não têm tempo hábil para participar dos cursos, a instituição também irá oferecer workshops gastronômicos, com duração de 6 horas cada, no Centro Universitário Senac – Campus Campos do Jordão.

Se você tiver concluído ou está cursando graduação, independentemente da área e se interessou, as inscrições já estão abertas e corre que as vagas são limitadas, pois cada turma terá apenas 16 alunos.

                         Próximos cursos:

                     

» A Arte do Trabalho em Açúcar

5 a 9 de novembro – carga horária 40 horas

Senac Aclimação

 

» Pâtisserie de Boutique – Macarons, Petits Gâteaux e Verrines

17 a 21 de setembro – carga horária 40 horas

Senac Aclimação

 

» Workshop – Pâtisserie de Boutique – Macarons, Petits Gâteaux e Verrines

Aula demonstrativa com degustação

22 de setembro – carga horária 6 horas

Centro Universitário Senac – Campus Campos do Jordão

 

Para mais informações acesse: www.sp.senac.br/extensão

ou ligue: 0800 883 2000

Acompanhe o Senac São Paulo nas redes sociais: www.sp.senac.br/redessociais


 

Cursos da Ecole Lenôtre no SENAC São Paulo

Lembra quando falei aqui da parceria entre o Centro Universitário Senac e a École Lenôtre, primeira escola de gastronomia da França?

Essa parceria está trazendo cursos de nível internacional com conteúdo de alta qualidade sem a necessidade da pessoa ir até a França. Eles serão ministrados por professores da escola francesa com o auxílio de profissionais do Senac São Paulo, aqui mesmo no Brasil.

Os cursos são interessantíssimos e de primeira linha, um sonho para quem quer se profissionalizar. Não perca tempo.

Se você é estudante de gastronomia ou profissional da área dá só uma olhada no calendário de cursos oferecidos.

Confira os cursos e workshop:

Terrines e Charcuterie Tradicionais – De 17 a 21 de Setembro de 2012
Carga horária de 40 horas  no Senac – Aclimação

Workshop Terrines e Charcuterie Tradicionais  – Dia 22 de Setembro de 2012
Carga horária de 6 horas no Centro Universitário Senac – Campus Campos do Jordão

A Arte do Trabalho em Açúcar  – De 05 a 09 de Novembro de 2012
Carga horária de 40 horas no Senac Aclimação

Se você quiser mais informações você encontra tudo no site do Senac -São Paulo: www.sp.senac.br/extensao.


Festival Gastronômico Sabores de Garanhuns – Restaurantes participantes

Como já disse no outro post uma das programações  do festival são consultorias nos restaurantes participantes com  técnicas de cozinha e com a criação de um cardápio para o festival.

Pois bem, vou mostrar agora o prato criado e os dados de todos os restaurantes participantes.

Continue lendo Festival Gastronômico Sabores de Garanhuns – Restaurantes participantes

Festival Sabores de Garanhuns – 2011

 

Está chegando!!!

Lembra deste festival que participei no ano passado (está tudo aqui, é só clicar), pois bem, esse ano, ele vai acontecer do dia 29 de novembro até o dia 30 de dezembro.

Este festival é uma realização do SEBRAE com o apoio da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança (ARBL) e este ano o Aqui na Cozinha foi convidado para ser parceiro do SEBRAE neste evento aqui em Garanhuns. Ui, tô me achando.

O objetivo do festival  é fortalecer e também promover a gastronomia pernambucana por meio da valorização das potencialidades e produtos locais, além da qualificação dos empreendimentos do setor. Já faz algumas semanas que os restaurantes têm passado por diversas consultorias, que vão desde noções de higiene na manipulação de alimentos, técnicas para montagem de cardápios e formas atuais de utilizar produtos regionais, até técnicas de cozinha e criação de um cardápio para o festival.

O Festival Gastronômico Sabores de Garanhuns faz parte de um evento maior, o Circuito Sabores de Pernambuco que engloba oito festivais gastronômicos. As cidades que vão sediar o festival são: Garanhuns, Caruaru, Gravatá, Porto de Galinhas, Petrolina, Salgueiro e Tamandaré, além de Fernando de Noronha. Em cada município, o festival receberá um nome diferente, a exemplo de Sabores de Garanhuns e Sabores de Fernando de Noronha.

Então gente vamos participar aê, tem muita comida boa e os preços são justos. Depois eu vou colocar aqui no blog os restaurantes que estão participando e os pratos desenvolvidos por eles para o festival.