Alimentação Infantil – Especial Dia das Crianças

Começando essa semana das crianças uma dica sobre alimentação saudável para as crianças.

Direto ao ponto

Alimentação infantil

Foto: www.sxc.hu

Olá pessoal, o Dia das Crianças esta chegando né?

E em homenagem a comemoração dos pequenos, vamos falar um pouquinho sobre a alimentação infantil.

Sabe-se que a introdução dos alimentos começa a partir dos 6 meses, após o tempo de amamentação exclusiva.  Mas, como oferecer essa alimentação de maneira correta ?

Em primeiro lugar temos que lembrar que esse é um momento importantíssimo para a saúde do bebê e a formação do paladar. A mamãe deve estar atenta para não optar por alimentos industrializados, ou exclusivamente aquelas papinhas prontas, por serem mais práticas. Pois, elas tem substâncias tóxicas que funcionam como disrruptores endócrinos no trato gastrointestinal ainda imaturo do seu bebê. Por isso também, a importância de oferecer os produtos orgânicos. Então vamos por a mão na massa mamães?

O ideal é introduzir alimentos novos a cada 3 dias, para que a criança se familiarize com os sabores.

A papinha completa deve ter:

  • 1 tipo de proteína,
  • 1 tipo de gordura boa,
  • 2 tipos de legumes de cores diferentes
  • Temperos naturais

Para facilitar as mamães podem congelar (no freezer e não no congelador), porém nunca utilizar o microondas para descongelar, pois assim perdemos muitos nutrientes. O ideal é esquentar em banho-maria.

Sabemos que esse processo inicial da alimentação infantil é um desafio. Porém o que deve-se ter em mente é que a saúde do seu bebê depende disso, inclusive com reflexos na vida adulta,  e é preciso ter paciência. Ofereça sempre  os alimentos rejeitados inicialmente, em outro tipo de preparação. Não desista!! Ofereça em torno de 15 vezes um alimento para que ele conheça o sabor.  Não ofereça leite de vaca e derivados antes de 1 ano. Estudos demonstram que além do potencial alergênico, eles aumentam a propensão a desenvolver diabetes na vida adulta, você sabia? Além disso, no primeiro ano de vida deve-se evitar oferecer açúcar, alimentos com conservantes, mel, castanhas, pães e biscoitos com farinha de trigo, amendoim, salgadinhos,  refrigerantes, sucos de caixinha em geral.

Hoje em dia, obesidade infantil é uma realidade. E precisamos nos atentar a isso. A medida que seu bebê for crescendo não se esqueça de acrescentar cores na vida dele, com bastante frutas, saladinhas,  alimentos integrais. Faça da refeição um momento divertido em que a criança participe, conhecendo as texturas dos alimentos e sabendo que a alimentação saudável o deixará “forte” para brincar, como diz aquela musiquinha: “comer, comer, comer, comer, para poder crescer…”

E lembre-se, as crianças seguem exemplos. Dê o melhor exemplo para seu filhote. Ele merece. Quem ama cuida, quem ama ensina.

Lembrando que é sempre importante procurar um nutricionista capacitado para orientá-lo nessa fase.

 

Exemplo de papinha (a partir de 6 meses)

 

Ingredientes

1/2 cenoura cortadinha

1 colher (de sobremesa) de óleo de coco

1/2 chuchu cortadinho

1 colher (de chá) de cebola picada

Modo de Preparo
Refogue a cebola com um pouquinho de água e óleo de coco. Acrescente depois o chuchu e a cenoura. Acrescente mais água para cobrir e cozinhar. Depois amasse todos os ingredientes com garfo. E está pronto.

Exemplo de papinha (a partir de 8 meses)

Ingredientes

1 mandioquinha pequena cortadinha

2 colheres (de sopa) de frango desfiado

1/2 beterraba pequena

1 colher (de chá) de cebola picadinha

1 colher (de sobremesa) de azeite de oliva extra virgem.

Modo de Preparo

Refogue a cebola com um pouquinho de água e acrescente o franguinho. Acrescente depois a beterraba e a mandioquinha. Junte mais água para cobrir e cozinhar. Depois amasse todos os ingredientes com um garfo. Só no final acrescente o azeite de oliva, sem aquecer. E está pronto.

Agora uma boa ideia para oferecer para as crianças no verão:

Picolé caseiro de frutas

Faça o suco preferido do se filho e coloque em formas para picolé ou em um copinho com um palito e pedaços de frutas. Depois coloque para congelar. Além de atraente ao paladar, fica super saudável e as crianças vão amar.

Espero que vocês tenham gostado dessas dicas.

Abraços,

Dra Mariana Jones

Nutricionista clinica funcional e ortomolecular

Colaboradora do Aqui na Cozinha

Facebook: Nutricao Clinica Funcional e Ortomolecular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.