Receita: Como ter um infarto feliz

Parque Nacional do Catimbau em Pernambuco, vale a pena conhecer.

Direto ao ponto

Hoje cedo, assistindo Namaria Braga, vi este texto que ela leu, do cardiologista Ernesto Artur e achei bem apropriado para uma segunda-feira seguida por um feriado.

Como ter um infarto feliz

1. Cuide de seu trabalho antes de tudo. As necessidades pessoais e familiares são secundárias;
2. Trabalhe aos sábados o dia inteiro e, se puder também aos domingos;
3. Se não puder permanecer no escritório à noite, leve trabalho para casa e trabalhe até tarde;
4. Ao invés de dizer não, diga sempre sim a tudo que lhe solicitarem;
5. Procure fazer parte de todas as comissões, comitês, diretorias, conselhos e aceite todos os convites para conferências, seminários, encontros, reuniões, simpósios etc.;
6. Não se dê ao luxo de um café da manhã ou uma refeição tranqüila. Pelo contrário, coma o mais rápido possível pra não perder tempo e aproveite o horário das refeições para fechar negócios ou fazer reuniões importantes.
7. Não perca tempo fazendo ginástica, nadando, pescando,  jogando bola ou tênis. Afinal, tempo é dinheiro;
8. Nunca tire férias, você não precisa disso. Lembre-se que você é de ferro;
9. Centralize todo o trabalho em você, controle e examine tudo para ver se nada está errado. Delegar é pura bobagem; é tudo com você mesmo;
10. Se sentir que está perdendo o ritmo, o fôlego e pintar aquela dor de estomago, tome logo estimulantes, energéticos e anti-ácidos. Eles vão te deixar tinindo;
11. Se tiver dificuldades em dormir não perca tempo: tome calmantes e sedativos de todos os tipos.Agem rápido e são baratos;

12. E por último, o mais importante: não se permita ter momentos de oração, meditação, audição de uma boa música e reflexão sobre sua vida. Isto é para crédulos e tolos sensíveis.Repita para si: Eu não perco tempo com bobagens.

 

Aqui eu toda estressada quando fui em junho, a convite da Fundação Boticário, no Parque Nacional do Catimbau, kkkkk.

Brincadeirinha gente.

Como falei em um dos posts anteriores resolvi ficar este feriadão em casa, jiboiando. Fiquei, só que fiquei em casa e com conjuntivite. Pode? Oh céus, oh vida!

10 respostas

  1. Adorei o texto. Realmente a gente tem que aprender a dar valor as coisas realmente importantes que são a nossa vida e a vida de quem amamos.
    O tempo passa correndo não temos tempo a perder!! rs

    Beijos e ótima semana

  2. senhordagloria. é de matar qualquer um mesmo. quanto ao problema nos olhos, por aqui, meus vizinhos, muitos deles, tb estão com os olhos bem ruins. melhoras e bom feriado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.