Arquivo da tag: Polenta e Bobó

Torta Folhada de Maçã

Essa receita de Torta Folhada de Maçã é daquelas com grau de dificuldade zero. Até quem não sabe cozinhar vai conseguir fazer. Isso porque vamos usar a massa folhada comprada pronta. Não, não é difícil encontrar para comprar. Procure na seção de congelados do supermercado que você acha e o preço é bem ok, nada exorbitante. O rolo de 1 kg dá para fazer essa torta e mais um tantão de coisas, é só colocar sua imaginação para funcionar.

Como vocês vão ver nas dicas abaixo, dá para fazer umas substituições nessa receita de torta, então se joga.

A receita está aqui:

Torta Folhada de Maçã

Ingredientes
6 maçãs descascadas e cortadas em pedaços pequenos
3 colheres (de sopa) de suco de limão
2 colheres (de sopa) de açúcar
1 colher (de sobremesa) de canela em pó
1 colher (de sopa) de amido de milho (maisena)
1 pedaço de massa folhada um pouco maior que o tamanho de sua forma
3 colheres (de sopa) de castanha de caju torrada e sem sal (picadinha) Passas à gosto
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Mode de Preparo
Corte as maçãs em pedaços pequenos e coloque em uma tigela. Junte, primeiramente, o suco de limão. Em seguida o açúcar, a canela em pó, o amido de milho e misture tudo. Reserve esta tigela.

Abra na mesa o rolo da massa folhada, vire a sua forma, de boca para baixo, sobre a massa, corte a massa um pouco maior que o tamanho da sua forma, conforme mostro no vídeo.  Vire a forma e ajeite a massa, sem deixar bolhas. Depois, retire o plástico da massa folhada. Não se esqueça de cortar as bordas da massa e fazer o acabamento.

Agora, despeje a mistura de maçã sobre a massa na forma. Espalhe sobre a massa uniformemente e leve ao forno médio (180 graus). Deixe no forno até a massa ficar dourada. Depois de assada, salpique por cima as castanhas picadas. Para finalizar, polvilhe açúcar de confeiteiro e, ainda, algumas passas por cima.

Dicas:

  • Essa torta fica uma delícia se servida com uma bola de sorvete de creme ou uma colherada de chantilly.
  • Pode substituir a castanha de caju por qualquer outra castanha e as passas por damascos picados.
  • Usei uma forma de 20 cm.
  • Escolha uma forma bonita, que dê para ir à mesa, pois essa torta não desenforma.

Polenta recheada e gratinada

Essa é daquelas receitas bem simples e deliciosa, de comer rezando. O bom da polenta recheada é que você pode variar o recheio o quanto quiser, fazer do seu gosto. Nesse caso fiz com um bom e suculento refogado de carne moída, mas já fiz com calabresa (o molho que falo abaixo) e ficou um espetáculo. E o que dizer do queijinho dourado e puxa puxa que se forma em cima, ai meu Jesus, é bom demais.

Se quiser variar o queijo também fique a vontade, mas os que mais gosto são a muçarela mesmo, o parmesão, o provolone, ou uma mistura deles.

Polenta recheada e gratinada

Classificação: 5
Tempo Total: 1 hora
Rendimento: 8 a 10 porções

Ingredientes
    • 2 xícaras (de chá) de flocão de milho (aquela de fazer cuscuz nordestino)
    • 2 xícaras (de chá) de água
    • 3 xícaras (de chá) de leite
    • 2 cubinhos de caldo de legumes
    • 1 colher (de sopa) de manteiga
Um refogado de sua preferência
300 g de queijo muçarela ralado

Modo de Preparo

    1. Coloque a água, o leite e o flocão na panela, misture bem e leve ao fogo.
    2. Quando esquentar coloque os caldos de legumes e mexa para dissolver.
    3. Deixe ferver e engrossar. Quando ficar bem cremosa, desligue o fogo e acrescente a manteiga misturando bem.
Montagem
  1. Em um refratário untado com manteiga coloque metade da polenta, o refogado de sua preferência, metade da muçarela ralada, a outra metade da polenta e cubra tudo com o restante do queijo ralado. Leve ao forno até dourar/gratinar.

Você pode rechear a polenta com o recheio de sua preferência, essa minha recheei com molho de carne moída e tomate, mas pode ser com:

Carne moída e milho

Frango desfiado

Calabresa

Polenta frita

Eita coisa boa é uma polentinha frita bem crocante. A gente começa a comer e não quer parar mais. Essa que eu fiz eu servi com um molho de pimenta chipotle, uma delícia.

Estou viajando, quem me acompanha nas redes sociais sabe disso, aliás se você não me segue ainda, vai lá gente, eu sou @aquinacozinha em todas, Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest, SnapChat, etc… Sim, mas o que eu estava dizendo é que estou viajando há alguns dias e vou ficar ainda um tanto de outros, mas deixei programado alguns posts para vocês que estão ai também curtindo umas merecidas férias. Então, sempre vai ter novidades por aqui.

Mas, voltando para a Polenta Frita, essa é uma daquelas receitinhas típicas de boteco. Então, vamos fazer e petiscar:

Polenta frita

Tempo Total: 30 minutos
Rendimento: 5 porções

Ingredientes
  • 4 xícaras (de chá) de água
  • 2 xícaras (de chá) de flocão de milho (tipo vitamilho, milharina, etc…)
  • 2 caldos de tempero de sua preferência (pode ser legumes, galinha, carne)
  • 1 colher (de sopa) de manteiga
  • Fubá para empanar
  • Óleo para fritar

Modo de Preparo

  1. Misture a água com o flocão.
  2. Leve a panela ao fogo com o flocão misturado na água.
  3. Junte os caldos.
  4. Deixe cozinhando até ferver, mas sempre mexendo.
  5. Quando ferver deixe cozinhar um pouquinho, uns minutinhos.
  6. Acrescente a manteiga e misture bem.
  7. Despeje em uma forma e deixe esfriar.
  8. Leve à geladeira por um tempo, só para ficar firme e poder cortar.
  9. Desenforme e corte em palitos.
  10. Coloque um pouco de fubá em um prato e empane os palitinhos de polenta, isso que vai deixá-lo mais crocante.
  11. Coloque para fritar em óleo aquecido e deixe dourar, vire de lado e doure o outro lado.
  12. Retire e deixe escorrer em papel absorvente.
  13. Sirva com um molho.

Dicas

Use manteiga ao invés de margarina, fica muito mais saborosa.

SEGREDINHO: Como eu já falei o segredo é empanar a polenta no fubá antes de fritar, isso que vai deixar mais crocante.

Sirva essa polenta com molho, pode ser de pimenta, pode ser comprado pronto, ou de maionese, o molho que preferir.

Torta Pizza de Liquidificador

Essa torta é daquelas super práticas. Eu acho uma delícia de lanche, as vezes faço no fim de semana aqui em casa. Como o fim de semana já está aí de novo (oh meus sais, o tempo está voando) que tal comprar os ingredientes e fazer em casa. É uma boa dica para substituir a pizza de sábado a noite. Quem vai gostar é seu bolso, com o preço de uma pizza, dá para fazer umas três tortas desta.

Veja como é fácil:

Continue lendo Torta Pizza de Liquidificador

Torta de Brócolis

Esta massa de torta é muito versátil. Hoje eu fiz de brócolis, mas dá para fazer com qualquer legume, inclusive uma seleta deles.

Para o jantar, por exemplo, basta uma fatia desta torta, uma salada bem colorida e uma proteína que pode ser um filé de frango, peixe ou qualquer outra carne. Pode perguntar para sua nutricionista como esta é uma excelente refeição.

Continue lendo Torta de Brócolis

Torta Suflê de Frango (feita no liquidificador)

Esta torta é figurinha fácil aqui em casa. Quando sobra alguma carne, frango ou peixe do almoço sempre aproveito e faço esta torta para o jantar.

Agora, o sabor que as crianças mais gostam é: Sabor pizza. É só rechear com 150g de presunto, 150g de muçarela, tomate picado e orégano.

Mas hoje fiz de frango que foi a sobra do frango do almoço.

Torta Suflê de Frango

Ingredientes

Massa

2 xícaras (de chá) de leite

1/2 xícara (de chá) de óleo

3 ovos

1 colher (de chá) de sal

1 xícara (de chá) de farinha de trigo

1 colher (de sopa) de fermento para bolo

2 colheres (de sopa) de queijo parmesão ralado

Recheio

Frango cozido ou assado desossado e picado (usei mais ou menos 2 xícaras)

Modo de Preparo

Coloque os ingredientes da massa no liquidificador, exceto o fermento. Bata até ficar uma massa homogênea. Misture o fermento cuidadosamente (use a tecla pulsar do liquidificador).. Unte uma forma com óleo e polvilhe com farinha de trigo. Despeje um pouco da massa para cobrir o fundo da forma, coloque o recheio espalhado por cima da massa e cubra com o resto da massa. Leve ao forno médio por 30 a 40 minutos.

Observação:

  • A massa é bem líquida mesmo, não se assuste. Pode ter certeza que ela vai dar certo. Aliás é por isto que ela chama torta suflê, bem fofinha.
  • Dá 6 porções.

Para servir em festa de aniversário ou coquetel

Corte em pedaços menores e coloque em forminhas de empada, enfeite cada uma com uma folhinha de salsa ou um pedacinho de pimentão vermelho.

Escondidinho de Charque com Macaxeira #receita

Escondidinho de Charque com Macaxeira é um clássico, né gente? Aqui em casa é sucesso absoluto. E eu, como gosto muito de coisas práticas (como vocês já sabem), amo a ideia de deixar um refratário desses prontos e no dia seguinte só colocar para gratinar.

Se você for dar um jantar ou um almoço, deixe um desses prontos na geladeira e no dia seguinte você já tem a refeição praticamente pronta. Você só vai precisar de um arroz branco e uma salada (prefiro de folhas) e você terá uma refeição completa com este escondidinho.

Você também pode congelar. Se você usar as técnicas certas de congelamento, ele se conserva perfeito por três meses no freezer.

Escondidinho de Charque Com Macaxeira

Ingredientes
1 kg de macaxeira cozida
500 g de charque desfiada
200 g de queijo muçarela fatiado
1 vidro de leite de coco (200 ml)
3 xícaras (de chá) de leite
1 colher de manteiga
1/2 cebola picadinha

Modo de Preparo

Descasque a macaxeira (mandioca), corte-a em pedaços para facilitar o seu cozimento, coloque em uma panela e cubra com água e sal. Deixe cozinhar por aproximadamente 2 horas para que fique bem solta e mole, se preferir use a panela de pressão, aí ela cozinha por uns 30 minutos. Depois escorra a água e quando estiver morna, bata aos poucos no liquidificador com o leite e o leite de coco. Dá para amassar com um garfo e ir incorporando o leite. Reserve.

Para dessalgar a charque (carne seca), o bom é deixar ela de molho em água de um dia para o outro, trocando a água umas 3 vezes.

No dia seguinte, coloque a carne na pressão cubra com água e deixe cozinhar por mais ou menos 30 minutos, se estiver macia, escorra a água, deixe esfriar e desfie. Frite a cebola na manteiga, crescente a carne desfiada e dê uma refogada.Em um refratário coloque uma parte do purê e depois a charque deixando a massa toda coberta por ela, depois cubra com o resto da massa e em seguida coloque as fatias de queijo muçarela sobre todo o escondidinho. Leve ao forno para gratinar.

 

Dá para ser feito em uma porção única ou em porções individuais, em ramequins. Eu acho um charme quando ele é feito em porções individuais.

Dica: Dá para fazer escondidinho de camarão, carne de sol, bacalhau, ou só queijo, para quem não come carne.

Torta Suflê de Legumes – Inhame e Cenoura

Sempre faço esta receita aqui em casa, todos gostam muito. Sirvo como acompanhamento de carnes assadas ou cozidas com molho. É uma delícia e muito versátil.

Torta Sufê de Legumes – Inhame com Cenoura

Ingredientes
4 xícaras (de chá) de legumes cozidos
3 ovos
1 xícara (de chá) de leite
1 colher (de sopa) de manteiga
1 colher (de sopa) de queijo parmesão ralado
1 pitada de sal
2 colheres (de sopa) de farinha de trigo
1 colher (de sobremesa) de fermento de bolo
Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de Preparo
Coloque no liquidificador os legumes, os ovos, o leite, a manteiga, o sal e o queijo ralado. Bata bem. Acrescente a farinha de trigo e misture com um fouet ou garfo. Depois misture delicadamente o fermento. Coloque em uma forma untada e polvilhada com farinha de trigo, polvilhe queijo ralado por cima e leve ao forno médio, até dourar.

Dicas:
  • Você pode fazer com diversos legumes, como batata, chuchu, abóbora, aipim, etc…

     

  • Coloque em um refratário que vá direto à mesa, sem precisar desenformar.

     

  • Pode colocar queijo muçarela (é feio, mas é assim que se escreve) ralado por cima, também fica muito bom.

     

  • Pode colocar em ramequins e servir em porções individuais, fica chique no úrtimo. Veja as fotos abaixo:
Imagens do Google

Torta de Pizza

Especial: Mês da Criança
Mais uma receita que é sucesso garantido com as crianças aqui em casa é esta “Torta de Pizza”. É fácil e super rápida de fazer.
Torta de Pizza

Ingredientes:

Massa:

2 xícaras (de chá) de leite

1/2 xícara de óleo

3 ovos

1 colher (de chá) de sal

1 xícara (de chá) de farinha de trigo

1 colher (de sopa) de fermento químico em pó (fermento para bolo)

50g de queijo parmesão ralado (1 pacote pequeno)

Recheio:

150g de queijo mussarela fatiado

150g de presunto fatiado

2 tomates picados

Orégano a gosto

Modo de Fazer:

Coloque todos os ingredientes da massa no liquidificador, menos o fermento e bata bem. Acrescente o fermento e bata levemente. Em um refratário ou fôrma untada e polvilhada com farinha de trigo coloque metade da massa. Cubra com o queijo, com o presunto, o tomate e o orégano. Coloque o restante da massa por cima e leve ao forno médio até você enfiar um palito e este sair limpo ou estar dourada.

Obs. Se você quiser transformar esta receita em uma “Torta de Cachorro Quente” basta substituir o recheio por um refogado de salsichas e servir com catchup e mostarda, as crianças adoram (e nós também).

Minhas Sugestões:

Coma ainda quente com o queijo bem puxento, hum delíiiicia.
Agora se quiser servir cortado (como na foto) espere esfriar e só então corte, assim desenforma melhor. Mas não vou te enganar não, quente é beeem mais gostoso.