Arroz Doce Tradicional

Receita de arroz doce tradicional, sem leite condensado e creme de leite. Essa é aquela receita bem antiga, que a vovó fazia e é muito boa.

Direto ao ponto

 

Isto mesmo, esta é uma receita do arroz doce tradicional, aquele sem leite condensado e sem creme de leite. O arroz doce da vovó, bem simples. Pelo menos era o que minha avó fazia, a sua não?

Eu sou muito fã de arroz doce, mas sei que não é um doce que todo mundo goste. Aqui em casa, por exemplo, o pessoal come, mas não se deliciam como eu. Eu gosto de todo tipo de arroz doce, desde o mais tradicional (este) até o com algumas misturas, como o Arroz Doce Cítrico. Gosto também do “arroz doce dinamarquês”, o Risengrød, que minha filha aprendeu a fazer quando morou lá e que faz para nós aqui.

Mas, hoje vou mostrar a versão mais tradicional mesmo, vamos lá:

Arroz Doce

 Ingredientes

1 xícara (de chá) de arroz cru

2 xícaras (de chá) de água

6 cravos

2 paus de canela

1 litro de leite integral

1 xícara (de chá) de açúcar

Canela em pó para polvilhar

Modo de Preparo

Coloque o arroz, a água, o cravo e a canela em pau em uma panela e leve ao fogo. Quando começar a ferver, abaixe o fogo, tampe a panela e deixe a água secar (foto 3). Quando secar, o arroz já vai estar molinho, então acrescente o açúcar e o leite e volte ao fogo. Deixe ferver, abaixe o fogo e não tampe mais. Deixe ferver no fogo baixo e fique mexendo sempre para não grudar no fundo e engrossar. Assim que engrossar, está pronto. Despeje em uma tigela e polvilhe canela em pó por cima.

Dicas:

  1. Não use arroz parboilizado, use o arroz comum.
  2. Eu usei arroz que não precisa lavar. Vem escrito na embalagem.
  3. Se não encontrar o arroz que não precisa lavar, use o comum. Lave, escorra e use.
  4. Use uma panela mais alta para não derramar, quando ferver.
  5. Coma quente ou se preferir deixe na geladeira e coma gelado. Eu particularmente gosto tanto quente, quanto gelado.

Assista aqui um vídeo com essa receita. No vídeo da para ver os detalhes da receita:

35 respostas

  1. Nossa, q delícia, fiquei com vontade rsss
    Minha mãe faz o tradicional, desde pequena ela já fazia para sobremesa.
    Adooorei a forma.
    Bjs bjs

  2. Gosto das ‘modernidades” mas uma receita tradicional é sempre muito bem-vinda. Aquece o estomago e o coração. Muito obrigada por dividir conosco essas preciosidades! Bjs

  3. Olá Patty

    Arroz doce hummm, gosto de todos,mas sempre fiz no olhometro, agora graças a você tenho uma receitinha.
    BJs!

  4. Olá Patty,

    Acabei de fazer o arroz doce da sua receita, ficou MUITO BOM, nem um pouco enjoativo como aqueles que levam leite condensado. Obrigada pelo passo a passo!!

  5. Com Arroz Momiji para culinária Japonesa, fabricado pela Camil, deve ficar uma delícia. Porque ele fica molhadinho e com caldinho grosso.

  6. Ain , irei fazer agora , ta com cara que vai sair bom , nada melhor que um arroz doce nesse frio né , fui lá fazer 🙂

  7. Oi, Patty! Vi a foto do seu arroz doce no Google e gostaria de saber de posso usá-la como ilustração numa videocrônica (nada a ver com culinária). É lógico que, se você autorizar o uso, vou manter o endereço do seu site na foto. Aguardo sua resposta. Parabéns pelo site e obrigada!

  8. Nossa,minha tia avó sempre faz pra mim e pros meus primos,e to com uma vontade de comer,vou me arriscar na cozinha e fazer! 🙂

  9. Estava com uma vontade imensa de comer arroz doce, mas não tinha em casa leite condensado.Procurei na internet e encontrei sua receita Arroz Doce Tradicional. Acabei de preparar. Ficou uma delícia, bem cremoso,
    melhor que a receita com creme de leite e leite condensado. Valeu a pena o tempo de preparo.
    Gostinho de quero mais!!!!
    Parabéns pelo lindo site.
    Beijos!!!

  10. Adorei a receita! Fiz metade dela (pois só tinha metade de quantidade de arroz!) e acho que as proporções deram certo, sim, dividindo todo o resto pela metade.
    Aproveitei e coloquei canela em pó no leite que engrossava também, gosto assim.
    Mas tenho uma dúvida: demora muito mesmo pra engrossar? Fiquei mais de 20 min e olha que eu só tinha metade do leite e do arroz que o indicado. No finalzinho, quando começou a correr o risco de grudar no fundo da panela, percebi que o “caldo” iria engrossar para parecer quase um leite condensado (o que não deixa de ser, né? hehe). Mas, por medo de queimar, acabei tirando antes. Da próxima vez, tentarei engrossar por mais tempo.

    Imagino se seria mais fácil fazer essa receita com menos leite para a mesma quantidade de arroz. Alguém já tentou?
    Obrigada!

  11. Fiz a receita hj, ficou muito bom o arroz, só achei que fica muito doce e os grãos ficaram um pouco durinhos, mas da próxima tentarei consertar isso…obrigada pela receita!bjs

  12. Achei a receita ótima! Ainda acrescentei cravo e um pouco de casca de limão, que deram um gostinho a parte.
    Parabéns, agora tenho mais um site de culinária para dar boas ideias para quando quiser fazer alguma coisa diferente na cozinha!! Obrigada, Abraço

  13. Adoro esta delìcia , realmente é da vovó eu também gosto de colocar raspa de limão, mas tem que comer logo ,senão a acidez acaba estragando , vou fazer neste São João ,obrigada pela lembrança e parabéns você postou até fotos da receita,eta carinho!

  14. Estava procurando a receita de arroz doce da minha avó, pois ela se foi e nunca mais comi um arroz doce como o dela, e também nunca encontrei a receita, provavelmente ela fazia de cabeça.

    Quando eu era pequena nós não tínhamos muitos recursos e tudo em casa era muito simples, mas TUDO era delicioso, então imaginei que o arroz doce da vovó seria assim, simples, sem nada de diferente, pois os ingredientes diferentes eram deixados para as ocasiões especiais.

    BINGO Patty…. ficou idêntico!!!

    Deu aquele aconchego de infância no meu coração sabe =)

    Já imprimi, salvei em nuvem, pen drive, desktop e tudo mais rsrs
    Obrigada, uma verdadeira “comfort food” =)

  15. [Cíntia] Que bom, seu depoimento, deu para perceber sua alegria e emoção. É impressionante como a memória gustativa traz lembranças maravilhosas. E, não muitas vezes, nos leva à infância – receita de mãe, avó, e outros. Bjs!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.