Arquivo da tag: receita natalina

Como Fazer Rabanada

Vamos aproveitar aquele pãozinho seco e amanhecido que tem na sua casa? Com ele vamos fazer uma deliciosa e tradicional sobremesa: Rabanada.

Você sabia que a Rabanada é uma das sobremesas mais clássicas do Natal? Além disso, é um doce histórico e cheio de tradição. A receita é feita à base de fatias grossas de pão amanhecido umedecidas com leite, passadas em ovos batidos e fritas em óleo.

Pelo fato da Rabanada ser um prato bastante consumido em Portugal, muito se fala sobre a sua influência às mesas brasileiras, especialmente em época natalina.

Aliás, é importante saber que, em terras portuguesas, a receita também é conhecida como “fatia dourada”, “fatias de ovos” e “fatias de parida” (isso mesmo, pão, em Portugal, é chamado de “parida”).

Como Fazer Rabanada

Porção:  16 fatias de rabanada

Ingredientes:

4 pães francês
1/2 litro de leite
2 ovos
1 xícara de açúcar
1 colher (de chá) de canela em pó

Utensílios:

Faca de serra
Escumadeira ou pinça
Peneira de aço

Panela para fritar

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Modo de Preparo

  • Em primeiro lugar, corte o pão francês em quatro fatias, como mostro no vídeo.
  • Em segundo lugar, em uma tigela, coloque um pouco de leite para umedecer as fatias.
  • Numa outra tigela, bata os ovos. As gemas serão as responsáveis pelo aspecto dourado da rabanada.
  • Em uma panela funda, coloque a quantidade de óleo que seja suficiente para as fatias de pão ficarem boiando.
  • Na hora de fritar, lembre-se de deixar o óleo quente, mas não muito quente.
  • Submerja, uma a uma, as fatias de pão cuidadosamente embebidas no leite, depois nos ovos. Em seguida, deixe escorrer por alguns segundos.
  • Então, coloque na panela com óleo quente e vá virando os lados para que ambos fritem igualmente.
  • Quando estiverem com a aparência dourada, retire e deixe escorrer em uma peneira (prefiro peneira ao papel-toalha).
  • Depois disso, em um prato fundo, faça a mistura de açúcar e canela. Após as fatias de rabanada escorrerem o óleo da fritura, passe a mistura em todos os lados da rabanada.

Observação:

Em primeiro lugar, quero salientar que não uso o leite adoçado, eu acho que só o açúcar que vamos passar na rabanada é suficiente, mas se quiser mais doce acrescente açúcar ou meia lata de leite condensado. Mas, sinceramente não acho necessário.

Você gosta de rabanada? Tem alguma outra dica para preparar essa receita? Deixe seus comentários abaixo.

Peru de Natal – Receita Fácil e Deliciosa

Você que nunca fez um Peru de Natal, se prepara que este será o primeiro Peru que você vai preparar. No vídeo abaixo mostro todos os detalhes para você fazer um delicioso peru e de forma muito fácil.

Em primeiro lugar, é preciso entender que no supermercado, compramos o peru congelado e temperado. Mas o tempero dele tem um sabor artificial. Portanto, em primeiro lugar, vamos lavar o peru e preparar uma marinada com um delicioso tempero caseiro.

A marinada é uma técnica culinária que consiste em colocar um alimento, geralmente uma peça de carne, numa mistura de líquidos, sal, temperos e algum componente ácido. Os ingredientes podem ficar a marinar desde alguns minutos até várias horas.

Planeje o seu tempo

Esta receita de peru é super simples, mas você precisa planejar o tempo para preparar. Como o peru é vendido congelado, você vai precisar, a depender do tamanho do peru, de 24 a 48 horas para ele descongelar dentro da geladeira. Depois disso, será necessário deixar o peru marinando por volta de 12 horas (da noite para o próximo dia), para pegar bem o tempero caseiro. E, por volta de 2 a 2:30 horas para cozinhar e assar. Veja os passou e dicas que dou no vídeo.

Peru de Natal – Receita Fácil e Deliciosa

Rendimento: 10 a 12 pessoas

Ingrediente:

Peru  – 4 kg
Cebolas – 2 un (cortadas em quatro pedaços)
Manteiga – 3 colheres (sopa)

Ingredientes da Marinada:

Vinho branco – 4 xícaras (ou substituições – veja abaixo)
Alho – 7 dentes (amassados)
Folha de louro – 2 un (ou 2 ramos de alecrim)
Pimenta do reino – 1 colher (sobremesa) (pode ser a pimenta branca)
Açafrão da terra – 1 colher (sobremesa) (pode substituir por páprica)
Sal – 1 colher (sobremesa)

Utensílios:

Filme PVC transparente
Papel alumínio
Assadeira – 1 un (que caiba o Peru dentro). Pode ser Assadeira Descartável de Alumínio

Observações:
  • Como calcular a quantidade de Peru: se baseie em 250 g para cada pessoa.
  • Caso não tenha ou não queira usar o Vinho Branco, você pode substituir, por exemplo, por cerveja clara, escura ou malzbier, caldo de carne, de legumes ou de galinha, suco de laranja ou mesmo de abacaxi. Em outras palavras, o que é necessário é 1 litro de líquido, que não seja água pura, pois precisamos de um sabor extra na marinada.

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

10 Passos Para o Peru Perfeito

1 – Faça a compra certa

Em primeiro lugar, é fundamental ter uma ave de qualidade. E quanto maior ela for, maior deverá ser a assadeira e o forno para assá-la como se deve. Um peru de 5 quilos serve de 12 a 16 pessoas. Lembrando que o peru não é o único prato.

2 – Lave a ave

Em segundo lugar, será necessário colocar o peru em água corrente e lavar bem, seja no exterior, seja no interior, entre a pele e a carne. Lavamos para tirar o tempero que vem com ela. Ou seja, vamos fazer a nossa receita caseira: a marinada.

3 – Marine a ave, é fundamental!

A receita mais tradicional de marinada leva suco de laranja, vinho branco seco, dentes de alho cortados em lâminas, folhas de louro, sal e pimenta do reino moída na hora. Coloque o peru numa assadeira, cubra com o caldo e deixe coberto na geladeira por uma noite (12 horas).

4 – Recheie só na hora de assar

Seja qual for o recheio, ele não pode ser feito de véspera e deve ser colocado no peru momentos ante de ele ir para o forno. Atenção: o recheio altera o tempo de cozimento e a carne recheada demora mais para assar.

Usar cebolas é uma ótima opção e não deixa a carne seca.

5 – Aromatize o seu peru

Em seguida, feche a cavidade do peru com cebolas e com ervas de sua preferência. A cebola dará um sabor especial no peru e é preferida por muitas pessoas após o peru pronto.

6 – Amarre as coxas

Em seguida, se o peru não vem com uma pele para fechar as pernas, com um barbante, amarre as pernas do peru. A intensão não é só para fechar a cavidade recheada, mas também para que ele doure de forma uniforme.

7 – Umedeça antes de ir para o forno

Da mesma forma, use manteiga amolecida (com ou sem ervas) e coloque entre a pele e a carne do peru, espalhando bem, com delicadeza.

8 – Asse corretamente

Depois disso, lembro que para assar corretamente o peru, ele deve estar em temperatura ambiente e forno pré-aquecido a 180oC, na assadeira e envolvido em papel alumínio. Quando o “termômetro” que vem no peru subir, é sinal de que ele já está cozido.

9 – Bronzeie o peru

Retire o peru do forno. Retire o papel alumínio com cuidado, por conta do vapor quente. Regue o peru novamente com a marinada (o caldo) e besunte com mais manteiga. Aumente a temperatura do forno para 200oC, e coloque o peru para assar. Fique de olho para determinar o tom de pele desejado.

10 – Descanse antes de servir

Ao tirar o peru do forno, ele deve descansar por 10 minutos, antes de ser cortado e servido. Assim ele vai recuperar os sucos “perdidos” quando foi assado.

Sugestão:

Veja estas receitas sugeridas de Farofa Natalina:
1. Em primeiro lugar, sugiro esta receita de Farofa Natalina de Cenoura

2. Outra receita que nos surpreende é a de Farofa Tropical de Abacaxi

3. Além disso, temos esta outra receita, fácil e também saborosa: Farofa de Calabresa

4. Da mesma forma, a receita de Farofa de Maça é uma opção saborosa

Pudim de Chocolate

Esse Pudim de Chocolate é uma deliciosa sobremesa para qualquer refeição, seja almoço ou jantar. Ele é uma boa alternativa para variar o tradicional Pudim de Leite.

Da mesma forma que o Pudim de Leite é feito, esse também é assim bem simples, bate tudo no liquidificador e coloca para assar. A diferença é que não caramelizamos a forma.

Continue lendo Pudim de Chocolate

Farofa Natalina de Cenoura

Farofa tem seu lugar garantido nas festas de fim de ano. Eu particularmente, gosto muito de farofa, então como o ano todo. Essa Farofa Natalina é uma delícia e muito fácil de prepará-la, certamente qualquer pessoa consegue fazer, mesmo para quem não tem tanta desenvoltura na cozinha.

Então se você tem certa dificuldade na cozinha, assista o vídeo e faça essa farofa, você vai se surpreender como ela é fácil.

Continue lendo Farofa Natalina de Cenoura

SALADA DE BACALHAU COM GRÃO DE BICO


Essa Salada de Bacalhau com Grão de Bico é uma sugestão ótima para a Páscoa e festas de fim de ano. Além de ser uma receita deliciosa é também, bem econômica.

Esse é aquele tipo de receita que você faz no dia anterior e deixa pronta na geladeira. O melhor é que no outro dia, ela vai estar ainda mais gostosa.

Continue lendo SALADA DE BACALHAU COM GRÃO DE BICO

Lombo Natalino

Uma carne fácil de fazer, que não dá trabalho e que, pode ser feita com antecedência é esse Lombo Natalino. E é uma carne que tem que ter em toda festa de fim de ano, né gente?

Se quiser fazer com muito antecedência, você pode temperar essa carne, embalar e colocar no freezer com um mês de antecedência e ai no dia anterior da festa retire do freezer para descongelar. No dia da festa deixe a carne chegar na temperatura ambiente e só depois coloque no forno.

Continue lendo Lombo Natalino

Filé Mignon Suíno com Damascos e Maçãs Assadas

Essa receita vai agradar a todos na sua festa, todos que gostam de carne de porco, claro. Mas, é uma opção de receita para os diabéticos, para quem quer emagrecer ou apenas comer uma carne mais saudável.

De uns anos para cá a carne de porco se tornou uma carne mais segura  para ser consumida, porque antes a gente tinha muito receio , não é mesmo? Mas, hoje não é mais assim. Então, podemos aproveitar muito, já que é uma carne bem saudável e saborosa.

Eu servi o filé já fatiado para facilitar para os convidados, mas você pode servir também ele inteiro, arrumado em uma travessa. Fiz pensando nas festas de fim de ano, mas você pode fazer para qualquer jantar.

Continue lendo Filé Mignon Suíno com Damascos e Maçãs Assadas

Farofa de Nuts #Lowcarb

Quem está seguindo uma estratégia mais lowcarb, muitas vezes fica doidinha por uma farofa. Mas, normalmente as farofas tradicionais de farinha de mandioca ou farinha de milho, tem uma quantidade de carboidratos bem elevada, sem falar que elas disparam a nossa insulina no sangue, então é melhor evitar.

Então, no curso que fiz na semana passada aqui na cidade e que mostrei a primeira receita aqui ontem para vocês (o Rocambole de Frango Recheado), resolvi ensinar essa farofa que é feita com castanhas e sementes. Ela fica bem gostosa e molhadinha porque usamos brócolis também.

Continue lendo Farofa de Nuts #Lowcarb