Farofa doce de gergelim (Fufu)

Você já viu falar em Fufu?

Então, quando eu era criança pequena lá em Barbacena (rs, lá na Bahia) eu comia Fufu. Minha avó fazia lá em casa, mas eu também comprava na cantina da escola.

Este Fufu é diferente do Fufu que fazem na África que é uma massa de mandioca. Não encontrei nenhuma referência na Internet deste meu Fufu, só do Fufu africano (se alguém achar, me passa o link please).

O Fufu que eu comia é uma farofa doce feita com gergelim torrado, rapadura e farinha de mandioca. É deliciosa e diferente de tudo que você já comeu em termos de farofa doce. Ele tradicionalmente é feito no pilão, minha avó fazia assim. Eu, como sou muderna, fiz no liquidificador (afinal eu não tenho um pilão gigante igual aquele de minha avó).

Pessoal da Bahia não me deixem mentir sozinha (kkk), vocês conhecem Fufu? Dizem que se não está no Google, não existe. Então tô ferrada, vou ser chamada de mentirosa. Alguém me salva.

Veja como eu fiz:

Fufu – Farofa doce de gergelim

Ingredientes

4 colheres (de sopa) de gergelim torrado

3 colheres (de sopa) de rapadura ralada

2 colheres (de sopa) de farinha de mandioca (crua)

Modo de Preparo

A primeira coisa que você vai fazer é ralar a rapadura. Coloque a rapadura em pé e com uma faca vá raspando ela como na foto 2. Depois coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata bem, até ficar homogêneo. Coloque em um  recipiente com tampa e guarde. Você pode comer puro (eu como assim) ou polvilhado em cima de sorvete ou frutas.

Dicas:

42 comentários em “Farofa doce de gergelim (Fufu)”

  1. Quando eu também era pequena, aqui na Bahia lembro que vinha visitar minha avó e tias que moravam na mesma rua, as minhas primas que são mais velhas que eu “dominavam” melhor a cozinha e sempre tavam inventando algo pra merendar e de repente alguma falava … Vamos fazer FUFUTA?!! e num instante tava lá uma caçarola no fogao e exalando um cheiro apetitoso, só sei que comiamos aquela farofa doce e não dava pra quem queria e depois enchia a barriga de água pois dava uma sede danada. Até hj não sei o segredo, o ponto, a ordem dos ingredientes, se torrava a farinha de mandioca no óleo ou manteiga. Não sei de onde elas tiraram aquela receita, qualquer dia desses vou perguntar, pois estou morando na mesma rua onde isso tudo acontecia.
    Bjs

  2. OI PATTY ESTOU AQUI PARA TE SALVAR, EXISTE SIM O FUFU E É UMA SUPER DELÍCIA, EU COMO LEGÍTIMA BAHIANA TBM ADOOOORO, EU MORO EM CORAÇÃO DE MARIA INTERIOR DA BAHIA E ATÉ HOJE COMO ESTA FAROFA DELICIOSA QUE NÓS BAIANOS CONHECEMOS MUITO BEM. BJSSSS……

  3. RSRSRSRS, PARECE ATÉ BRINCADEIRA, NOS FINS DE SEMANA FAÇO DA COZINHA DA MINHA SOGRA AQUI NA BAHIA, DE LABORATÓRIO, TEM UNS 15 DIAS, QUE ELA ME PROMETEU FAZER “FUFU”, TIRANDO ONDA, POIS RECEBO MUITOS ELEGIOS, PRINCIPALMENTE DE MINHA ESPOSA, E O “FUFU” AINDA NÃO SAIU, VOU IMPRIMIR A RECEITA E LEVAR PARA ELA, RSRSRSRSRS VALEU!!!!!!!!!!!!!!

  4. Patty nunca ouvi falar…a primeira vez foi aqui \o/, mas me parece delicioso!!!! A-d-o-r-o uma farofa, essa então doce deve ser ótima!!!! Obrigada por sempre trazer “novidades” para nós leigos… bjos

  5. Olá Patyy

    Não conheço, nunca comi, e nunca ouvi falar, mas fiquei com água na boca.
    Parabéns gostei das foto, manipulação sem tocar no alimento pronto, é tudo de bom.

    Bjs

  6. Muié do céu, aonde é que eu vou arrumar rapadura aqui em Macapá? Fiquei com muita água na boca, tá louco!!
    Vou ter que importar uma rapadura URGENTE… Alguém se prontifica? kkkkkkkk. Bjs.

  7. Mossoró Rn, aqui é chamado de fuba de gergelim. só que aqui antes de fazer a mistura e processar torra-se o gergelim primeiro.

  8. Gente eu comia isso quando era criança no interior do Ceará só não lembro o nome dado lá…
    Muito bom..

  9. Conheço sim me lembro da minha avó la no belem do para que fazia infelizmente nunca mais provei mais é uma delícia e fico feliz com a postagem vou fazer agora mesmo pra dar pro meus pequenos vão amar obrigaduuuu bjs e posta mais coisas gostosa ta exemplo castanha de caju torrada hummmm.

  10. Sou da Bahia e na minha infância comi muito fufu. Era uma delicia. A receita era castanha de caju torrada, açucar e farinha de mandioca pisada no pilão da minha vo. Que saudade muito bom. Relembrei bons tempos. Deus te abençoe. Bjos

  11. Como fufu desde criancinha. Só não me apresentaram com esse nome.
    Hoje com 46 anos planto gergelim método orgânico, torro as sementes com casca acrescento farinha de mandioca e rapadura, piso tudo no pilão e chamamos aqui de paçoca de gergelim.

  12. OLÁ PATTY, BOM DIA,

    Tenho este livro – VIANNA, Hildegardes. A cozinha baianaw, seu folclore – suas receitas. 2. ed. S. Paulo, GRD, 1987.
    Encontrei esta receita que segue. ” FUFU – Esbruga-se (descasca-se) um coco bem seco. A casca é levada ao ao forno para torrar, depois do que leva-se ao pilão. O fubá assim obtido é misturado ao açucar. Toma-se com café. Não serve para quem tosse ou se engasga com facilidade. ”
    É uma variação da receita com gergelim

  13. Recentemente comprei pela primeira vez a farofa de gergelim em uma comunidade quilombola chamada Kalunga, na Chapada dos Veadeiros.
    Uma delícia. Não sei a receita, infelizmente, mas acreditava ser originária dos escravos.

  14. Patty Martins
    Comi muito fufu ou fufuta feito de milho de pipoca torrado, rapadura e farinha de mandioca torada tudo moido no pilão. Uma delicia do meu interior Irara-Ba.

  15. Myrian, nossas memórias gastronômicas realmente nos trazem saudades. Sempre associamos boas comidas com ambientes e lugares bons. Também sou do interior da Bahia, Senhor do Bonfim. Sei do que você está falando…

  16. Eu conheço essa farofa.Deliciosa!! Mamãe fazia pra nos quando eramos pequeninos.Mas pra falar a verdade ; hoje quem faz sou eu.
    E eu gosto muito!!

  17. CONHEÇO SIM, AQUI NO CEARA E CONHECIDO FUBÁ DE GERGELIM
    UMA DELICIA…
    ANTES DE PREPARAR TEM QUE TORRAR O GERGELIM ANTES..

  18. Também comia quando criança, mais aqui no Piauí acho que se chama paçoca de gergimlim e é feita com o gergimlim torrado, geralmente o preto ,castanha de caju, açúcar e farinha, era uma delícia fora que muito nutritivo.

  19. Paty, fiquei emocionada qdo encontrei esta receita de “fufu”.
    Moro com uma tia de 93 anos, que sempre se referia a essa merenda que levavam pra escola, qdo falava de suas lembranças do passado. Ela e as amigas “mais pobres ” saiam na hora do recreio para lanchar “fufu” de milho, de gergelim etc, escondidas dos demais colegas e achava que elas tinham dado aquele nome para iguaria.
    Ela ficou muito alegre qdo lhe mostrei essa referência ao seu lanche de +/- 80 anos atrás.
    Moramos em Vitória da Conquista- Ba.
    Vou testar sua receita

  20. Fico feliz com seu relato, Eunice… A hora do “recreio”, ou do intervalo na escola, era um momento inesquecível, traz muitas boas recordações. Lembranças à sua avó.

  21. Eu também sou da Bahia. Já comi muito fufu quando eu era criança, feito com os mesmos ingredientes e também batido no pilão , é muito gostoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.