Neste período de fim de ano muita gente faz receitas usando bacalhau, não é mesmo? Então, resolvi fazer um post aqui no blog mostrando como dessalgar bacalhau, para aquelas pessoas que querem fazer uma receita, mas não sabem como tirar o sal desse peixe.

Eu usei esse bacalhau para fazer uma salada, depois eu mostro para vocês. Mas, já fiz outras receitas com bacalhau aqui no blog:

Bacalhau Gratinado

Escondidinho de Bacalhau

Arroz de Bacalhau

Mas, antes de fazer qualquer uma dessas receitas é preciso dessalgar o bacalhau, então vamos ver como fazer:

Como dessalgar bacalhau

Modo de Fazer

A primeira coisa é lavar o bacalhau em água corrente para tirar todo o sal que fica por cima dele. Se precisar corte o bacalhau em pedaços menores. Depois coloque em um recipiente. Coloque gelo e água gelada até cobrir o bacalhau. Leve o recipiente à geladeira. Troque a água a cada 4 horas.

O tempo que vai levar para dessalgar, vai depender do tamanho e da espessura dos pedaços. Se for lascas ele vai dessalgar bem mais rápido do que se ele estiver em pedaços ou se for o lombo.

Então, minha dica é, deixe na geladeira, imerso em água gelada, troque a água a cada 4 horas e experimente o peixe a cada 12 horas. Isto mesmo tire uma lasquinha do peixe e experimente. Quando você perceber que ele está com muito pouco sal, estará bom.

Como desfiar o bacalhau

Agora que o bacalhau está dessalgado, você provavelmente quer tirar a pele, as espinhas e desfiar o peixe para usar em alguma receita, não é?

Bem, é simples. Você vai colocar o bacalhau já dessalgado em uma panela com água e levar ao fogo. Deixe cozinhar por uns 5 minutos. Depois, espere esfriar e comece, com as mãos, retirando a pele e as espinhas. Depois é só desfiar a carne. Ele vai ficar como na primeira foto. Daí é só usar na receita que você escolheu.

Dica:

  • Não deixe o bacalhau totalmente sem sal, senão ele vai perder o sabor.
  • No mercado já existe bacalhau que já vem sem o sal, é bem mais prático.
  • Se você quer dessalgar o bacalhau, mas não tem tempo, você pode lavar ele, colocar os pedaços em uma panela, cobrir com água e deixar ferver. Depois escorra a água, coloque água limpa novamente e deixe ferver de novo. Faça isso até você experimentar e ele estar com pouco sal.

Observação: Esse meu ficou 24 horas de molho.

15 respostas

  1. Paaaaatyyy, sabe como eu dessalgo bacalhau ou carne seca?!?!?!?! Com água morna e vinagre!!!

    Eu coloco umas três ou quatro vezes… agua morna e aperto o vinagre (branco). Ai deixo uns minutinhos, jogo essa água fora, ponho outro tanto de água morna e vinagre. Umas três ou quatro vezes é suficiente meeesmo pra dessalgar tudiinho!!! e é mto rapído!! Garanto que em 20 minutos vc ja tem a carne ou o bacalhau sem sal!

    beeeijos

  2. Patyyyy, não muda não! Por isso mesmo é que eu uso o vinagre branco , que é mais suave!!!!

    Pode fazer! confia em mim e seee joooga!

    Beijinho

  3. Andrezza eu estava desesperada, pois tenho que fazer uma receita de bacalhau hj e não tinha noção de como eu ia dessalgar o peixe,mas com essa sua ajuda, ficara tudo muito mais fácil e melhor, ogd pela dica!!

  4. Estou feliz em participar do seu site, adorei as suas receitas e vc é realmente muito prática na cozinha e suas dicas são otimas, será que vc tem uma receita de bolo no liquidificador que seja de trigo?
    Eu tenho de milho
    de fubá mas de trigo não, se tiver gostaria muito de receber!!

    obrigado ,
    grande abraço

  5. eu adorei saber como dessalgar bacalhau varias dicas muito boas valeu mesmo vai ser de grande cerventia pra quando eu for fazer bacalhau nao ficar sem saber oq fazer.ok valeu mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! bjs

  6. Sra. Patty, boa noite !

    Gostaria se lhe for possível, receber informação de como conseguir tirar os espinhos do Bacalhau, literalmente,
    sem correr o risco de deixar algum que por ventura eu não consiga visualizar.

    E então ? Dá para ser assim ?

    Eu pretendo trabalhar com esta iguaria, porém, tenho pensado muito neste detalhe.

    Sou muito grato pelo retorno, se assim for .

  7. Olá, Patty.
    O bacalhau tem os seus quês e como é uma das paixões da minha mulher ( angolana mas que come mais bacalhau que uma família inteira de portugueses ) gostaria de acrescentar alguns pormenores muito importantes.
    O que o sal faz ao bacalhau é retirar-lhe do interior a maior parte da água. O acto de demolhar o bacalhau não serve apenas para retirar o sal mas sim, e sobretudo, para lhe repor o nível de água. Por isso deve ser feito lentamente, com água corrente ( de preferência ) e fresca.
    Quando se demolha o bacalhau, a pele deve ficar “virada para cima”. Isto é muito importante para o sal sair todo. Este é o primeiro pormenor que queria acrescentar para ajudar toda a gente que quer comer um bom bacalhau, sumarento e lascado.
    Há também quem, na última muda de água, a substitua por leite com alho e pimenta. Isto fará o bacalhau mais macio e suculento, sobretudo se for para assar.
    O segundo pormenor importante é na cozedura, ou assadura, conforme mandar a receita. O bacalhau, se for cozido, deve ser metido “sobre” a água ( eu coloco-o sobre as batatas, à superfície ), quando esta está ainda fria, e deve ficar muito pouco tempo ( entre 5 a 10 minutos ) com a água no início do borbulhar. Nunca a ferver! Se o bacalhau cozer com a água a ferver corre riscos sérios de ficar tipo palha, seco e fibroso. E deve cozer sempre com a pele virada para baixo ( ao contrário da demolha, que é com a pele virada para cima ). A temperatura da água não deve ultrapassar os 80º. Eu fico a vigiar, quando começam a aparecer aquelas primeiras bolhinhas da água a ferver, baixo o lume e cubro com o testo.Depois deixa-se “acalmar” abafado, e fica uma delícia juntamente com um bom azeite.
    Para assar o procedimento é o mesmo. Pele virada para baixo, sobre uma boa cama de cebola e azeite, 140º / 160º e pouco tempo, para não ficar seco. O bacalhau demolhado é “quase” como o peixe fresco, basta um calorzinho e está pronto a comer.

    Amanhã vamos receber aqui uns amigos e vou fazer exactamente um bacalhau assado, demolhado em leite, acompanhado por esse teu arroz de bacalhau que acho uma boa ideia. Vou fazer também uns grelos escaldados ( sem tapar a panela, para ficarem bem verdinhos ) e acompanhar com um vinho do Douro, forte e encorpado, a pensar em toda a gente que gosta de viver, acompanhado da família, dos amigos e das suas tradições.

    Gostei muito do teu blogue, vou voltar mais vezes.

    Bj.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.