Tábua Corte

Não compre uma Tábua de Corte sem ler as informações abaixo e, também, sem assistir ao vídeo. Pois você vai encontrar aqui muitas dicas para você levar em conta na hora de comprar a sua.

Durante estes 11 anos de criação de conteúdo na Internet, percebo que as pessoas buscam informações de como aprender a cozinhar com praticidade na cozinha. Então, meus conteúdos não são apenas de receitas, mas ensino, faço lives e tenho cursos que ensinam as pessoas a cozinhar otimizando o tempo, com receitas práticas para o dia a dia e como ter praticidade na cozinha.

Tábua de Corte – Não Compre a Sua Sem Assistir Esse Vídeo

Tipos de Tábua de Corte (vantagens e desvantagens)

De Madeira: Em primeiro lugar quero falar das vantagens desta tábua, que é pesada, bonita e adere melhor sobre a superfície que apoiamos para cortar os alimentos.  Mas, as desvantagens que eu percebo é que a tábua de madeira risca facilmente e pode guardar restos de alimento, fica muito tempo úmida e é de difícil higienização.

De Bambu: Esta tábua tem as mesmas vantagens e desvantagens da tábua de madeira, além de ser muito bonita. Ou seja, tem muita firmeza e gostosa de usar. Outra desvantagem é que o preço é um pouco mais salgado. Porém, a tábua de bambu tem uma ação antibactericida, mas não é suficiente.

De Plástico (Polipropileno): A vantagem é a facilidade de higienização, podendo até colocar na lava louça. Existem no mercado de várias cores, o que possibilita você usar uma cor só para carne, outra para frango, legumes ou tempero. Mas, uma desvantagem é que mancha muito facilmente e risca.

De Vidro: Uma das vantagens que destaco é que, normalmente, elas vêm com imagens de decoração, que as tornam bonitas. É fácil de higienização, pode ser colocada na lava louça e não risca. Uma desvantagem é que, se cair no chão, ela quebra. Mas a maior desvantagem que percebo é que ela tira o corte da faca (a faca perde o fio).

Então, qual a sua escolha? Me conte nos comentários.

Eu gosto de usar no dia a dia a de plástico (polipropileno), dura, boa aderença para não escorregar. Tenho também os outros modelos, mas normalmente uso como bandejas, tábua de frios e para servir alguns alimentos.

Priorize a higienização

Independente de qual tábua de corte que você escolher e gostar, a higienização deve ser um alerta e cuidado frequente no seu dia a dia. As tábuas de cozinha são fontes de contaminação cruzada, quando um alimento contamina o outro. Ela se dá quando microrganismos patogênicos (ou seja, um microrganismo que pode causar uma doença) de um alimento contaminado é transferido para outro alimento que não esteja contaminado.

Ou seja, é muito importante as boas práticas na manipulação de alimentos, a higienização correta dos alimentos e utensílios, das mãos de quem está cozinhando e dos equipamentos utilizados durante o processo. Tudo isso em vista a evitar com que este tipo de contaminação aconteça.

Uma dica para higienização

O uso de tábuas de cores diferentes e facas diferentes para cada tipo de alimento vem sendo uma das formas de prevenção de Contaminação Cruzada, uma dica fácil de seguir e que está trazendo resultados significativos. Em sua casa você também pode adotar utensílios como facas, garfos, colheres e tábuas de corte de cores diferentes.

No vídeo eu dou muitas dicas, inclusive de higienização.

Sugestão:

Siga-me no Instagram porque estou sempre fazendo Stories, postando dicas e mostrando o meu dia a dia na cozinha. INSTAGRAM @aquinacozinha

Veja outras Dicas de Culinária:

Como Usar Panela de Pressão (sem ter medo)

Panelas – Quais Comprar

Uma resposta

  1. Oi Patty, você fez muito bem em abordar esse assunto! Minha mãe tinha, imagine você, um pedaço de pedra que sobrou do revestimento da escada. Eu tive uma tábua que era criticada diariamente pelo meu filho. Hoje, optei pelo plástico, mas confesso que sinto saudade da pedra… Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.