Arquivo da tag: nordeste

Feijão Verde Cremoso Com Queijo Coalho

Se feijão verde já é bom, imagine assim, cremoso e com queijo coalho. Meu Deus, não tem pra ninguém. É uma das maravilhas da comida nordestina.

O bom é que hoje em dia já da para encontrar feijão verde em grandes supermercados das maiores capitais do país. Então, se você encontrar aí na sua cidade uma bandeia de feijão verde, compre e faça essa delícia, você não vai se arrepender.

Continue lendo Feijão Verde Cremoso Com Queijo Coalho

Vatapá da Bahia

Essa receita de Vatapá é super fácil de fazer e é uma delícia. É uma receita de minha mãe. Para quem gosta de vatapá agora vai poder fazer em casa sem nenhuma dificuldade, pois essa é uma versão bem simples e fácil de fazer e gostosa demais. Eu amo!

Vatapá da Bahia

Rendimento: 10 porções

Ingredientes
  • 6 pães
  • 750 ml de leite
  • 4 cebolas grandes
  • 1 xícara de camarão seco e defumado
  • 1 xícara de amendoim torrado
  • 1 colher (de sopa) de gengibre ralado
  • 200 ml de leite de coco
  • 200 ml de azeite de dendê
  • Sal a gosto

Modo de Preparo

  1. Assista ao vídeo para ver o passo a passo

Dicas:

  • Tem gente que faz com farinha de trigo ao invés de pão, mas garanto que com pão é muito mais saboroso.
  • Se não achar o camarão seco defumado, pode usar o camarão seco normal.

Espetinho de Queijo Coalho

Lembram que eu mostrei aqui a cesta que eu ganhei da Tirolez? Esta aqui. Pois ela está rendendo, hahaha. Hoje vou mostrar que fiz Espetinho de Queijo Coalho com Mel. Este queijo vem em um bloco só e espetado com os palitos, veja na foto 2. você só tem que passar a faca e dividir os espetinhos. Como eu não ia fazer churrasco por estes dias e não ia acender a churrasqueira só para assar uns queijinhos optei por fazer na frigideira e não é que deu super certo, Recomendo.

Espetinho de Queijo Coalho com Mel

Eu fiz assim: Cortei e separei os espetinhos de queijo coalho. Na frigideira (usei uma panquequeira, pois é mais baixa) coloquei uma pitada de manteiga e fritei de todos os lados. Reguei com mel e pronto.

Clique nas fotos para ver em tamanho maior

Se quiser fazer o Queijo Coalho Frito com Mel de Engenho eu fiz um vídeo para o Instagram. É um vídeo curtinho, mas dá para ver:

 

Feliz Aniversário Garanhuns. Salve, Salve!

Hoje Garanhuns completa 132 anos, uma jovem senhora. Apesar do apagão que tivemos de madrugada em todos os Estados do Nordeste, por aqui acordamos ao som dos fogos em comemoração a este dia.

Este ano não é feriado aqui, inclusive o comércio está aberto.

E eu quero deixar com vocês o post que fiz no ano passado sobre esta cidade. Aproveitem para conhecer, quem ainda não conhece esta cidade bem singular. O que mais chama atenção de quem não conhece é o frio. Pois é, aqui é frio. É uma cidade no interior do nordeste e fria, no inverno chega a fazer 7 graus em alguns pontos da cidade.

Neste post tem muitas fotos, vocês vão gostar, é só clicar aí em baixo:

Hoje é aniversário da Suíça Pernambucana

Neste outro post tem um vídeo que vale a pena assistir:

Garanhuns, a Suíça Brasileira

Se quiser ver mais, aqui estão alguns posts onde falo da cidade e de eventos da cidade:

Festival de Queijos e Vinhos

http://www.aquinacozinha.com/2010/07/11%C2%B0-festival-gastronomico-noite-de-queijos-e-vinhos-fotos-fig2010/

Festival de Inverno

http://www.aquinacozinha.com/2010/07/festival-de-inverno-de-garanhuns-parque-euclides-dourado-fig2010/

http://www.aquinacozinha.com/2010/07/festival-de-inverno-de-garanhuns-circo-fig2010/

http://www.aquinacozinha.com/2010/07/festival-de-inverno-de-garanhuns-cortejo-de-cultura-popular-fig2010/

http://www.aquinacozinha.com/2010/07/festival-de-inverno-de-garanhuns-danca-fig2010/

http://www.aquinacozinha.com/2010/07/festival-de-inverno-de-garanhuns-esplanada-guadalajara-fig2010/

http://www.aquinacozinha.com/2010/07/festival-de-inverno-de-garanhuns-castainho-fig2010/

http://www.aquinacozinha.com/2010/07/festival-de-inverno-de-garanhuns-arte-no-casarao-fig2010/

http://www.aquinacozinha.com/2010/07/festival-de-inverno-de-garanhuns-casa-galeria-galpao-fig2010/

Concurso Gatronômico

http://www.aquinacozinha.com/2010/11/concurso-gastronomico-de-garanhuns-%E2%80%93-segundo-e-ultimo-dia-primeira-parte/

Balinhas de Caju ou “Nego Bom” de Caju

Vocês conhecem “Nego Bom”? Acho que a maioria dos nordestinos vão dizer que sim. É mais ou menos parecida com a Mariola carioca, kkk, ficou na mesma? Tanto o “Nego Bom” quanto a Mariola, são doces feitos com banana e açúcar, depois são passados (as bolinhas ou os pedaços) no açúcar cristal e enrolados no papel celofane.

No meu caso, eu fiz este mesmo doce só que de caju, seria então um Nego Bom de Caju? Não sei, só sei que ficou muito bom e todo mundo aqui em casa aprovou.

Ainda ontem eu postei aqui o Doce de Caju Pastoso, pois o Doce de Caju Pastoso é a base da Balinha de Caju

Vou repetir aqui, a receita completa para não ficar confuso.

Vamos lá:

Balinhas de Caju

Ingredientes

1 kg de caju

800 g de açúcar cristal

4 colheres (de sopa) de suco de limão

Açúcar cristal para envolver as balinhas

Modo de Preparo

Corte os cajus e vá batendo aos poucos no liquidificador, se achar que precisa de um pouco (bem pouco mesmo) de água para ajudar a bater pode usar (eu não usei). Despeje sobre uma peneira e deixe escorrer um pouco. Coloque na panela, junto com o açúcar e o limão e leve para cozinhar. Mexa de vez em quando, mas quando o doce começar a ficar cremoso não pare de mexer. O ponto certo é quando o doce começa a desgrudar da panela (parecido ao ponto do brigadeiro). Unte um prato com manteiga e despeje o doce nele. Espere esfriar completamente e só então enrole as balinhas na mão e passe no açúcar cristal. Você pode quardá-las assim em uma boboniere ou enrolar em pedaços de papel celofane, como eu fiz.

Dica:

  • Eu usei o sumo que escorreu da peneira para fazer um suco, ficou muito bom.

Obs: Eu fiz o Doce de Caju Pastoso e depois de pronto retirei a metade e guardei e a outra metade voltei para o fogo e deixei apurar mais até ficar no ponto da balinha.

Veja também:

Doce de Caju em Calda
Doce de Caju Pastoso

Mousse de Umbu. Receita refrescante e bem brasileira.

Você conhecem o umbu? É uma fruta típica do semi- árido brasileiro, bem azedinha e que dá no verão. Eu sei que em muitas regiões vocês nunca ouviram falar, mas quando é época de umbu, tem prádar com o pau em muitas cidades brasileiras, em São Paulo por exemplo, você encontra muito no Mercadão, só que nas banquinhas do lado de fora e nas Casas do Norte (aquelas que vendem produtos nordestinos).

Muita gente chama o umbu, de imbu, principalmente o sertanejo. Então umbu e imbu é a mesma coisa.

Então se você encontrar esta frutinha por aí, compra e experimenta. Ela é verde e dá para consumir in natura, o caroço é revestido por uma polpa que quando vai amadurecendo vai ficando amarelada. Você pode fazer diversas receitas com ela, como: sucos, sorvetes, doces e umbuzada. Eu quis inovar e arrisquei fazer uma mousse, ficou divina!

Eu fiz assim:

Mousse de Umbu

Ingredientes

1 lata de leite condensado

1 lata de creme de leite

1 lata de polpa de umbu

1 envelope de gelatina incolor e sem sabor

Modo de Preparo

Coloque umas 5 colheres de sopa de água em um recipiente e polvilhe a gelatina, deixe hidratar por uns 5 minutos e leve ao microondas (+ ou – 15 segundos) ou ao banho maria. Vai ficar líquido. Coloque no liquidificador junto com todos os outros ingrediente e bata. Coloque em forma untada com óleo e passada uma água. Leve para a geladeira por umas 4h. Desenforme e decore, eu usei passas.


Para retirar a polpa

Eu gosto de ferver os umbus para não ficar tão ácido. Então eu coloco os umbus em uma panela cubro

com água e levo para ferver. Depois espere esfriar retire todos os caroços (é só apertar). Coloque a polpa no liquidificador, bata e depois passe na peneira. Pronta já dá para usar em diversas receitas.

Mini Cuscuz Nordestino

Eu não conheço nenhum nordestino que não gosta de um cuscuz de milho bem fresquinho, uns gostam mais outros menos, mas o bichinho é quase uma unanimidade. Só de pensar em um cuscuz quentinho com manteiga de garrafa ou de fazenda derretendo por cima, hum, já enche minha boca de água.
Cuscuz é bom no café da manhã, no almoço e no jantar. Por aqui o pessoal come com galinha cozida, ensopado de carne e até com feijão verde.
Eu prefiro o clássico com manteiga, com leite de coco fresco, com carne do sol frita com cebola, com leite e açúcar e recheado: com mussarela e bacon, queijo de coalho, queijo e goiabada, calabresa, etc…
Se você fizer um cuscuz grande e sobrar você pode reaproveitar fazendo um bolo, uma farofa ou uma saladinha tipo tabule substituindo o trigo pelo cuscuz amassadinho. Cuscuz combina muito bem doce ou salgado. Eu gosto dos dois.
A nossa cidade vizinha, Caruaru, faz na época da festa junina o maior cuscuz do mundo. A cuscuzeira, este ano, mediu 4 metros e foi feito um cuscuz de 600 kg. Haja gente para comer tanto cuscuz, kkk. Olha a little cuscuzeira aí gente:

Fonte da foto: Reprodução/Tv Asa Branca

Normalmente usamos uma bémmm menor logicamente, tipo esta:

E há alguns anos atrás eu ganhei um outro modelo de cuscuzeiro de um amigo do Maranhão (um salve para o Fabiano), eu amei, olha ela aí:

Uns chamam de mini cuscuzeira outros de cuscuzeira paulistinha. O bom é que ela faz um cuscuz individual, então sempre sai um cuscuz fresquinho. Eu deixo a massa pronta na geladeira e quando alguém quer é bem rapidinho.
Ontem, domingo, meu filho pediu um cuscuz com queijo e eu fiz para ele. Aproveitei para fotografar para mostrar para vocês.

Mini Cuscuz com Queijo Coalho

Ingredientes
1/2 xícara de flocos de milho
Água que baste
1 colher (de café) de sal
2 fatias generosa de queijo coalho

Modo de Fazer

Junte o sal aos flocos de milho e vá acrescentando água aos poucos, até ficar no ponto de uma farofa úmida.

Deixe descansar por 15 minutos (ele incha um pouco). Depois coloque metade da massa e as fatias de queijo na cuscuzeira.

Cubra com o restante da massa.

Tampe, coloque uns dois dedos de água na parte de baixo e leve para o fogo. Quando a água de baixo ferver, marque 2 minutos e aí é só desenformar.

Agora é só passar manteiga por cima e devorar.

Observação: Se você não colocar o queijo, esse é um ótimo alimento SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE.

Obs. Tem várias marcas de flocos de milho, eu usei esta:

 

Mas você pode escolher:

Se você gostou da mini cuscuzeira eu coloquei uns links que achei na net de onde vende:
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-116375831-cuscuzeira-em-aco-inoxidavel-_JM
http://www.nortlar.com.br/loja/product_info.php?products_id=231

http://www.ironte.com.br/site/produto.php?id=18&pgprod;=0

Fique esperto com o preço tem, desde R$ 19 e alguma coisa até 50 reais.