Arquivo da tag: Receita de Festa

Sorvete Caseiro de Ameixa

Esta sobremesa é bem apropriada para o final de ano. Sorvete Caseiro de Ameixa combina bem com o calor do verão e com as festas: Natal e Reveillon. Também serve para o seu dia a dia: foi para a praia ou piscina, faz a receita com antecedência e deixa no freezer; quando voltar, já tem este sorvete maravilhoso e refrescante para tomar como sobremesa ou até como lanche.

Esta receita é super fácil de fazer, vão poucos ingredientes e é rápida de preparar. Nos meus cursos ensino variações desta receita e todas as alunas aprendem e fazem frequentemente no dia a dia.

Para esclarecer, não vamos usar ameixas que vendem com calda, pois esta calda não tem muito sabor. Vamos fazer a nossa calda caseira, que é uma delícia e muito fácil.

Você pode servir este sorvete na própria travessa como sobremesa ou em bolas (em outros momentos), conforme mostro no vídeo.

Você pode preparar para a festa com antecedência, conservando o sorvete no freezer com duas ou três semanas de antecedência. Para tanto, basta passar papel filme bem fechado.

Então, compartilhe com suas amigas esta receita, mesmo para aquela que não tem muita habilidade na cozinha. Ela vai gostar! E se fizer, será um sucesso garantido.

Sorvete Caseiro de Ameixa

Ingredientes

Ameixa seca sem caroço – 250g 
Água – 1 xícara (de chá)
Açúcar – 1/2 xícara (de chá)
Creme de leite – 1 caixinha (200g)
Leite condensado – 1 lata (395g)

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Modo de Preparo

  • Em primeiro lugar, vamos fazer a calda com a ameixa.
  • Então, coloque a ameixa seca, a água e o açúcar em uma panela e leve ao fogo até ferver por 2 minutos e virar uma calda rala.
  • Em segundo lugar, coloque essa mistura (calda) de ameixa no liquidificador, junte o creme de leite e o leite condensado. Em seguida, bata pouco, apenas para triturar a ameixa com os demais ingredientes (no vídeo eu mostro detalhes). É bom deixar uns pedacinhos bem pequenos de ameixa, para deixar o sorvete MA-RA-VI-LHO-SO.
    • Observação: deixe 4 ameixas para cortar bem miudinha e colocar sobre a cobertura do sorvete.
  • Depois disso, despeje em um pote de sorvete (ou outro qualquer que tenha tampa) e leve ao freezer ou ao congelador até endurecer.

Dica: Retire o sorvete do freezer uns 10 minutos antes de consumir para ele ficar mais cremoso.

Para lhe inspirar com outras receitas de sorvete, CLIQUE AQUI.

Peru de Natal – Receita Fácil e Deliciosa

Você que nunca fez um Peru de Natal, se prepara que este será o primeiro Peru que você vai preparar. No vídeo abaixo mostro todos os detalhes para você fazer um delicioso peru e de forma muito fácil.

Em primeiro lugar, é preciso entender que no supermercado, compramos o peru congelado e temperado. Mas o tempero dele tem um sabor artificial. Portanto, em primeiro lugar, vamos lavar o peru e preparar uma marinada com um delicioso tempero caseiro.

A marinada é uma técnica culinária que consiste em colocar um alimento, geralmente uma peça de carne, numa mistura de líquidos, sal, temperos e algum componente ácido. Os ingredientes podem ficar a marinar desde alguns minutos até várias horas.

Planeje o seu tempo

Esta receita de peru é super simples, mas você precisa planejar o tempo para preparar. Como o peru é vendido congelado, você vai precisar, a depender do tamanho do peru, de 24 a 48 horas para ele descongelar dentro da geladeira. Depois disso, será necessário deixar o peru marinando por volta de 12 horas (da noite para o próximo dia), para pegar bem o tempero caseiro. E, por volta de 2 a 2:30 horas para cozinhar e assar. Veja os passou e dicas que dou no vídeo.

Peru de Natal – Receita Fácil e Deliciosa

Rendimento: 10 a 12 pessoas

Ingrediente:

Peru  – 4 kg
Cebolas – 2 un (cortadas em quatro pedaços)
Manteiga – 3 colheres (sopa)

Ingredientes da Marinada:

Vinho branco – 4 xícaras (ou substituições – veja abaixo)
Alho – 7 dentes (amassados)
Folha de louro – 2 un (ou 2 ramos de alecrim)
Pimenta do reino – 1 colher (sobremesa) (pode ser a pimenta branca)
Açafrão da terra – 1 colher (sobremesa) (pode substituir por páprica)
Sal – 1 colher (sobremesa)

Utensílios:

Filme PVC transparente
Papel alumínio
Assadeira – 1 un (que caiba o Peru dentro). Pode ser Assadeira Descartável de Alumínio

Observações:
  • Como calcular a quantidade de Peru: se baseie em 250 g para cada pessoa.
  • Caso não tenha ou não queira usar o Vinho Branco, você pode substituir, por exemplo, por cerveja clara, escura ou malzbier, caldo de carne, de legumes ou de galinha, suco de laranja ou mesmo de abacaxi. Em outras palavras, o que é necessário é 1 litro de líquido, que não seja água pura, pois precisamos de um sabor extra na marinada.

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

10 Passos Para o Peru Perfeito

1 – Faça a compra certa

Em primeiro lugar, é fundamental ter uma ave de qualidade. E quanto maior ela for, maior deverá ser a assadeira e o forno para assá-la como se deve. Um peru de 5 quilos serve de 12 a 16 pessoas. Lembrando que o peru não é o único prato.

2 – Lave a ave

Em segundo lugar, será necessário colocar o peru em água corrente e lavar bem, seja no exterior, seja no interior, entre a pele e a carne. Lavamos para tirar o tempero que vem com ela. Ou seja, vamos fazer a nossa receita caseira: a marinada.

3 – Marine a ave, é fundamental!

A receita mais tradicional de marinada leva suco de laranja, vinho branco seco, dentes de alho cortados em lâminas, folhas de louro, sal e pimenta do reino moída na hora. Coloque o peru numa assadeira, cubra com o caldo e deixe coberto na geladeira por uma noite (12 horas).

4 – Recheie só na hora de assar

Seja qual for o recheio, ele não pode ser feito de véspera e deve ser colocado no peru momentos ante de ele ir para o forno. Atenção: o recheio altera o tempo de cozimento e a carne recheada demora mais para assar.

Usar cebolas é uma ótima opção e não deixa a carne seca.

5 – Aromatize o seu peru

Em seguida, feche a cavidade do peru com cebolas e com ervas de sua preferência. A cebola dará um sabor especial no peru e é preferida por muitas pessoas após o peru pronto.

6 – Amarre as coxas

Em seguida, se o peru não vem com uma pele para fechar as pernas, com um barbante, amarre as pernas do peru. A intensão não é só para fechar a cavidade recheada, mas também para que ele doure de forma uniforme.

7 – Umedeça antes de ir para o forno

Da mesma forma, use manteiga amolecida (com ou sem ervas) e coloque entre a pele e a carne do peru, espalhando bem, com delicadeza.

8 – Asse corretamente

Depois disso, lembro que para assar corretamente o peru, ele deve estar em temperatura ambiente e forno pré-aquecido a 180oC, na assadeira e envolvido em papel alumínio. Quando o “termômetro” que vem no peru subir, é sinal de que ele já está cozido.

9 – Bronzeie o peru

Retire o peru do forno. Retire o papel alumínio com cuidado, por conta do vapor quente. Regue o peru novamente com a marinada (o caldo) e besunte com mais manteiga. Aumente a temperatura do forno para 200oC, e coloque o peru para assar. Fique de olho para determinar o tom de pele desejado.

10 – Descanse antes de servir

Ao tirar o peru do forno, ele deve descansar por 10 minutos, antes de ser cortado e servido. Assim ele vai recuperar os sucos “perdidos” quando foi assado.

Sugestão:

Veja estas receitas sugeridas de Farofa Natalina:
1. Em primeiro lugar, sugiro esta receita de Farofa Natalina de Cenoura

2. Outra receita que nos surpreende é a de Farofa Tropical de Abacaxi

3. Além disso, temos esta outra receita, fácil e também saborosa: Farofa de Calabresa

4. Da mesma forma, a receita de Farofa de Maça é uma opção saborosa

Pastel de Festa Pernambucano

Esse pastel que é típico do estado de Pernambuco é recheado de carne moída e polvilhado com açúcar. Parece estranho, mas é delicioso. É uma mistura que para muitos, é estranha, mas pode confiar, é muito, muito bom.
Fiz usando massa de pastel pronta, mas pode fazer com sua massa caseira também.

Eu conheço a culinária de todas as regiões do Brasil, já morei no nordeste, no norte e no sudeste e nunca vi esse pastel em nenhum outro lugar. Já aqui em Pernambuco (pelo menos aqui em Garanhuns) é um pastel bem fácil de encontrar em praticamente todas as lanchonetes e também em todas as festas.

Se você não é aqui do nordeste e tem esse pastel na sua região, me fala, quero muito saber.

Pastel de Festa Pernambucano

Tempo Total: 30 minutes
Rendimento: 20 pastéis

Ingredientes
  • 1 colher (de sopa) de óleo vegetal
  • 1 cebola média ralada
  • 250 g de carne moída
  • 1 pitada de pimenta do reino moída
  • 1 colher (de chá) de colorau
  • 1 pitada de cominho
  • 1 colher (de chá) de sal
  • 200 g de massa pronta para pastel
  • Óleo para fritar
  • Açúcar refinado para polvilhar

Modo de Preparo

  1. Assista ao vídeo para ver como faz:

Dicas:

  • Eu já fiz esse pastel com massa feita em casa, mas é infinitamente mais fácil de fazer com a massa de pastel comprada pronta.
  • O uso do cominho no tempero da carne refogada é bem típico, então não deixe de usar, mas ele é muito forte, use pouco.

Ovo de Páscoa de Travessa

Gente estou em êxtase com essa receita. É maravilhosa! Na semana passada, minha filha veio para casa passar uns dias de folga da faculdade, portanto, resolvi fazer uma sobremesa diferente, então fucei todas minhas receitas e resolvi juntar algumas delas e não é que deu certo, ficou perfeita. Resolvi chamá-la de Ovo de Páscoa de Travessa (apesar que eu não comemoro a Páscoa com ovo de chocolate) porque quando a gente corta uma fatia dela, fica parecendo um ovo de chocolate recheado, com a camada cremosa, com um caramelo, com um crocante (a paçoca) e com a casquinha de chocolate por cima.

Vou deixar de tró ló ló e vou logo falar da receita porque o post ficou bem grandinho por conta de tanta foto, mas não é uma receita difícil, só tem algumas etapas que temos que seguir.

Veja como fiz:

Ovo de Páscoa de Travessa

Rendimento: 18 a 20 porções

Ingredientes:

Primeira Camada – Creme de Chocolate
    • 3 xícaras (de chá) de leite
    • 6 colheres (de sopa) de amido de milho (maisena)
    • 5 colheres (de sopa) de chocolate em pó (meio amargo ou ao leite)
    • 1 lata de leite condensado (395 g)
    • 3 colheres (de sopa) de açúcar
Segunda Camada – Paçoca
    • 10 paçocas (do tipo rolha)
Terceira Camada – Caramelo (salted caramel)
    • 2 xícaras (de chá) de açúcar
    • 1/3 de um tablete de manteiga sem sal (tablete de 200 g)
    • 1 caixinha de creme de leite (200 g)
    • 1/2 colher (de chá) de sal
Cobertura – Ganache
  • 400 g de chocolate meio amargo (de boa qualidade)
  • 1 e 1/2 caixinha de creme de leite (caixinha de 200 g)

Modo de Preparo:

Creme de Chocolate
    1. Em uma panela, coloque o amido de milho e o chocolate em pó, dissolva os dois com o leite frio. Depois junte todos os outros ingredientes, misture bem e leve ao fogo, mexendo sempre. Assim que começar a ferver e engrossar deixe cozinhar por 5 minutos. Depois cubra o creme com papel filme para evitar criar crosta e deixe esfriar. Reserve.
    2. Dica – Se o seu creme empelotar, depois de pronto passe por uma peneira que resolve o problema.
Caramelo (salted caramel)
    1. Coloque o açúcar em uma panela, leve ao fogo e deixe derreter. Mexa com cuidado, puxando o açúcar do meio para as pontas para ele derreter por igual. Assim que ele ficar levemente dourado, acrescente a manteiga, retire do fogo e mexa bem até incorporar. Depois acrescente o creme de leite, volte para o fogo bem baixo e misture até ficar tudo homogêneo. Acrescente o sal. Deixe amornar para usar. Reserve.
    2. Dica – Use a manteiga sem sal, mesmo que vá incorporar o sal depois, dá diferença.
Ganache
    1. Em uma panela aqueça o creme de leite até quase ferver (não deixe ferver), junte o chocolate bem picadinho ou ralado, deixe uns 2 minutos e depois mexa bem até dissolver o chocolate completamente. Use imediatamente.
Montagem
  1. Em uma travessa coloque todo o creme de chocolate (já frio ou morno). Pique 8 paçocas por cima do creme (não precisa desmanchá-las completamente, pedaçuda fica mais gostosa). Depois, derrame o caramelo morno por cima, cobrindo tudo. Por fim, cubra tudo com a ganache de chocolate, ela tem que estar quente para espalhar melhor. Cubra a travessa com papel filme e leve a geladeira por umas 4 horas. Depois enfeite com as 2 paçocas que sobraram e sirva.

Dicas:

  • Em primeiro lugar, use um chocolate (tanto o em pó como o em barra) de boa qualidade. Para resumir, não use chocolate fracionado ou com gordura hidrogenada, não fica gostoso.
  • Em segundo lugar, faça o creme de chocolate no dia anterior (mas não esqueça de colocar o papel filme) e no dia seguinte, faz o caramelo e a ganache e depois já monta a sobremesa.
  • Usei uma travessa de 27 cm de diâmetro com 8 cm de altura.

Creme de Chocolate

Receita de Caramelo (salted caramel)

Receita de Ganache de Chocolate

Montagem do Ovo de Páscoa de Travessa

Posteriormente, se você quiser ver mais receitas como essa, acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui.

Torta de Morango

Gente há tanto tempo que eu não fazia Torta de Morangos aqui em casa, antes eu sempre fazia, tanto em tamanho grande como as Tortinhas de Morango, sabe aquelas que vende em padarias ou docerias? Aquelas de tamanho individual. É essa mesma, só que montada em forminhas menores.

Eu aprendi a fazer, quando eu morava em Araraquara, tinha uma padaria perto da minha casa que vendia e foi ai que consegui uma receita com uma amiga.

Aqui em Garanhuns, poucas vezes eu fiz. Mas, na semana passada meu marido trouxe várias caixas de morango de uma viagem. Para quem não conhece a região aqui, na estrada indo para Recife, perto de Gravatá, no alto da serra das Russas, tem plantação de morango e fica vários vendedores na estrada vendendo morango.

Bem, não é uma receita difícil, mas tem algumas etapas, então tenha um pouquinho de paciência e vamos lá:

Continue lendo Torta de Morango

Rosbife de Lagarto

 

Essa é uma receita tão fácil de fazer mais tem muita gente que tem medo de fazer, não sei porque, porque não tem segredo nenhum. Mas, só de falar a palavra rosbife, as pessoas já desistem. Pode confiar, essa é uma receita muito, mas muito simples mesmo.

E é uma receita que você pode servir assim mesmo em uma refeição, ou pode fazer um molho de sua preferência e servir junto, ou pode fatiar bem fino e servir fria como se fosse um embutido.

Sobras de rosbife, se fatiado bem fino pode ser ótimo para fazer sanduíches, ou até enrolar e colocar na salada de folhas, fica uma delícia.

Veja a minha receita:

Continue lendo Rosbife de Lagarto

Hot Dog no Palito

Fiz esse Hot Dog no Palito no domingo aqui em casa, foi sucesso. Na verdade eu ia fazer Enroladinho de Salsicha, que também dá certo com essa massa, eu já fiz. Basta você cortar tiras da massa e enrolar na salsicha, cobrindo ela todinha e não precisa colocar o palito. Depois assa normalmente.

Pensando em fazer um pouquinho diferente resolvi espetar a salsicha no palito, do jeito que eu já tinha visto em um site gringo de festa infantil, e não é que deu super certo. Ficou ótimo.

Sabe do que mais, esse Hot Dog no Palito é excelente para festa infantil e também para fazer como petisco.

Veja que massa mais fácil e muito saborosa:

Hot Dog no Palito

Rendimento: 20 hot dogs

Ingredientes

    • 10 salsichas
    • 20 palitos de madeira (usei os de fazer espetinho)
Massa
    • 1/2 colher (de sopa) de fermento biológico seco (1/2 pacotinho de 10 gramas)
    • 1/2 xícara (de chá) de leite morno
    • 1 colher (de sopa) rasa de açúcar
    • 2 colheres (de sopa) de manteiga
    • 1 ovo
    • 4 xícaras (de chá) de farinha de trigo (pode ser mais ou menos)
    • 1 colher (de chá) de sal
Para pincelar
  • 1 gema
  • Gotas de óleo

Modo de Preparo

  1. Coloque o leite morno em uma tigela e junte o fermento de pão, o açúcar e a manteiga. Misture bem. Junte o ovo e vá agregando a farinha de trigo. Coloque a farinha de trigo aos poucos, junto com o sal. Vá agregando a farinha de trigo aos poucos até o ponto onde a massa desgruda das mãos.
  2. Agora, trabalhe bastante com a massa, sovando. Bata na massa, estique, enrole, faça como achar melhor. Faça isso por uns 10 minutos. Depois cubra a massa e deixe descansar por uns 30 minutos.
  3. Depois pegue pequenas porções de massa e enrole formando rolinhos (como as crianças fazem com massa de modelar).
  4. Corte as salsichas na metade e enrole os rolinhos de massa ao redor dela. Veja na foto 05 que prendo a parte de cima da massa por baixo para ela não se soltar, faça isso na parte de cima e na parte de baixo também procuro prender a massa por baixo da camada final. Depois espete um palito de madeira em cada salsicha. Arrume todos os hot dogs em uma forma untada com óleo, deixando espaço entre eles.
  5. Em um potinho misture a gema com algumas gotinhas de óleo. Com a ajuda de um pincel, pincele a gema com o óleo por todos os hot dogs.
  6. Deixe em local sem vento e bem quietinho por cerca de uma hora, ou até fermentar.
  7. Coloque no forno médio (180 graus) preaquecido até dourar. O meu ficou uns 20 minutos, mas assim que começar a dourar, pode tirar do forno.

Dicas

  • Tem gente que fala que quando vai colocar a quantidade de farinha de trigo de uma receita muitas vezes é diferente da quantidade dita na receita. Porque isso ocorre? Normalmente varia mesmo, a quantidade de farinha de trigo usada em uma receita depende muito do tamanho dos ovos usados, da umidade da farinha, etc… Então, a minha dica é sempre ir colocando a farinha de trigo aos poucos, assim você chega no ponto e não corre o risco da massa ficar seca demais. E se ficar muito úmida você pode acrescentar mais farinha.
  • Sirva com ketchup e mostarda.
  • Para ficar mais bonitinho na hora de servir, enchi um potinho com sal (que depois você reaproveita) e espetei os hot dogs.

Sobremesa de Maçã Cozida com suco de Uva

Gente essa sobremesa é divina, deliciosa mesmo. Sem falar que ela é linda, uma verdadeira pintura.

Na semana passada fiz novamente aqui em casa e mostrei no Instagram (se quiser me seguir, meu Instagram é @aquinacozinha) e algumas pessoas me mandaram mensagem me perguntando como fazia, pois bem, aqui está, mas não tem segredo algum. Você só precisa de um tiquinho de paciência, pois tem um tempinho de descanso, por isso prefiro fazer ela a noite e terminar no outro dia de manhã. Daí fica prontinha para o almoço ou para o jantar.

Se você quiser impressionar e fechar com chave de ouro uma refeição, faz essa sobremesa, não tem quem não fique impressionado com ela, tanto com a beleza, quanto pelo sabor.

Como eu disse, ela é super simples, veja:

Continue lendo Sobremesa de Maçã Cozida com suco de Uva

Pastel de forno com recheio de frango

A copa já está quase aí, dia 12 começa, mas hoje tem amistoso da seleção, o último antes da copa e os petisquinhos já estão aparecendo aquinacozinha (desculpe o trocadilho, não resisti).

Dia de jogo tem que ter belisquete né gente? Senão não tem graça. Esse pastel de forno é uma boa para fazer para esses dias, pois é bem versátil (você coloca o recheio de sua preferência) e é fácil e rápido de fazer.

Essa receita também é muito boa para aniversário ou qualquer outra festinha, você monta uma bandeja bem bonita e vai fazer sucesso.

Veja que receita ótima:

Continue lendo Pastel de forno com recheio de frango

Salada Califórnia da Ana Paula

Mais uma receitinha que consegui durante a minha viagem de férias, essa receita de salada da Ana Paula é uma delícia e ela aprendeu em um restaurante que foi (não me lembro se ela me falou qual restaurante). Parece que minhas amigas de Araraquara estão se especializando em saladas, hahaha, lembram da Salada de Berinjela da Val, que mostrei aqui?

Essa Salada Califórnia da Ana Paula, é daquelas saladas especiais, que fazemos muito nas festas de fim de ano, mas que deixa qualquer refeição com cara de “comemoração”. Então, deixa essa receita guardadinha aí para quando você for oferecer um jantar mais especial. Vou te dizer que se você fizer essa salada como entrada vai fazer o maior sucesso.

Se você gosta de receita salgada, mas com uma pegada meio doce, com certeza você vai gostar dessa salada. Anota aí:

Continue lendo Salada Califórnia da Ana Paula