Arquivo da tag: receita

Nunca mais compre Tahine pronta! Como Fazer Tahine!?

Neste post eu vou te ensinar a fazer Tahine. Mas muitas pessoas devem estar me perguntando: mas Patty o que é Tahine?

Bem, o Tahine é uma pastinha de gergelim bastante utilizado na culinária árabe, lá eles a utilizam para incrementar várias receitas como o Homus de Grão de Bico (Clique Aqui para ver como fazer o Homus), por exemplo. Aqui no Brasil, com o passar do tempo, o Tahine foi ficando mais conhecido e consequentemente foi sendo mais utilizado.

Então, entendeu o que é o Tahine?

Se sim já pega o seu papel e sua caneta e anota a receita aí!

Tahine

Ingredientes do Tahine:

200g de gergelim sem casca

Assista esse pequeno vídeo abaixo para ver o passo a passo:

Modo de Preparo:

  1. Em uma frigideira coloque o gergelim e deixe-o dourar. Lembrando de sempre mexer para não queimá-lo;
  2. Deixe esfriar;
  3. Em segundo lugar, coloque o gergelim dourado no liquidificador;
  4. Vá parando e misturando até virar uma pasta;
  5. Guarde em um vidro e está pronto para usar.

Obs:

Dura 15 dias na geladeira

Posteriormente, se quiser ver mais posts como esse, acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui.

Pão Simples! Qualquer um consegue fazer!

Hoje vou te ensinar a fazer um Pão Super Simples que qualquer pessoa consegue preparar, basta seguir o passo a passo desta receita. Se você nunca conseguiu fazer pão caseiro, vai conseguir agora!

Este pão é super fofinho e fácil de fazer, só precisa de um pouco de paciência no processo de deixar a massa descançar para crescer de volume. Você pode fazer sanduiche com este pão, ou até mesmo comer com hambúrguer. Outra opção é comer com geleia, requeijão cremoso ou com frios. Ele é até gostoso de se comer puro ou com manteiga.

Você pode rechear esta massa de pão com ingredientes salgados e doces: queijo, presunto, calabresa, frango desfiado, carne moída ou mesmo doce de goiaba, de banana e outro de sua preferência.

Pão Super Simples

Rendimento: 8 pãezinhos e 2 pães médios

Ingredientes:

250 ml de leite morno (1 xícara)
3 colheres de sopa de açúcar
1 pct (10 g) de fermento biológico SECO
600g de farinha de trigo  (6 xícaras)
1 ovo inteiro
70 ml óleo ou manteiga (+- 1/3 de xícara)
1/2 colher sopa de sal
*1 gema de ovo com 2 colheres (sopa) de leite

Utensílios:

1 forma untada com manteiga e farinha de trigo


Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Modo de Preparo:

  • Primeiramente, em uma tigela, coloque o leite, o açúcar, o fermento biológico e adicionando um pouco a farinha de trigo. Vá acrescentando mais farinha de trigo até chegar ao ponto de um “mingau”. No vídeo mostro o ponto desejado.
  • Acrescente o ovo. Misture mais um pouco para agregar o ovo e adicione o óleo. Misture mais para também agregar o óleo.
  • Adicione o sal e mais uma vez o agregue.
  • Em seguida, na medida em que for mexendo os ingredientes, acrescente o resto da farinha de trigo.
  • Quando a massa começar a ficar pesada e difícil de mexer com uma colher, vá agregando mais farinha de trigo e comece a amassar com a mão.
  • Quando a massa começar a soltar da mão que estava amassando, polvilhe a bancada com um pouco de farinha de trigo, coloque a massa em cima e vamos continuar o processo para incorporar toda a farinha de trigo. Assista as dicas no vídeo.
  • Em seguida, coloque a massa de volta na tigela para descansar até ela dobrar de volume, em torno de 1 hora.
  • Dê o formato de pão que você queira. Você pode modelar um único pão (e pode colocar na forma de pão), ou 2 médios e mais 8 pãezinhos, conforme eu explico e demonstro no vídeo.
  • Coloque na forma os pães que tenham o mesmo tamanho para que eles assem no mesmo ponto. Se for uma forma antiaderente, não tem necessidade de untar. Caso seja uma forma de aço, unte com óleo (não é necessário polvilhar com farinha de trigo). Deixe uma distância de dois dedos entre os pães porque eles ainda vão crescer de tamanho.
  • Depois que colocar os pães na forma, deixe-os descansar em um lugar sem corrente de ar, por mais 1 hora, até a massa crescer um pouco mais de volume.
  • Você pode levar as formas com os pães diretamente ao forno ou, antes, pincelar a massa boleada com a mistura de óleo com gema de ovo, para dar uma cor dourada e brilho no pão.
  • Por fim, leve as formas com os pães ao forno pré-aquecido no médio (cerca de 180oC) por cerca de 20 minutos. Quando a parte de baixo do pão estiver dourado, já está bom. Tire do forno e serva.

Posteriormente, se quiser ver mais posts como esse, acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui.

Essa é a receita de Pão de Queijo mais fácil que existe! – Só leva 3 ingredientes

Esta receita de Pão de Queijo é uma ótima opção de lanche. É super simples de fazer, rápida e utiliza apenas três ingredientes. Você pode fazer tanto com o polvilho doce, ou o salgado ou, ainda, com a mistura dos dois.

As crianças e adultos amam esta receita. Você pode fazer pães bem pequenos para servir em tábuas de frios, ou servir com geleia ou requeijão cremoso no lanche da tarde. Ainda pode servir como lanche das crianças na escola. Pão de queijo também vai muito bom com um cafezinho feito na hora ou mesmo um chá.

Uma primeira dica é que: quanto menos ingredientes você usa em uma receita, um bom resultado vai depender da qualidade dos ingredientes utilizados. Então, escolhe um queijo ralado de boa qualidade.

Pão de Queijo de 3 Ingredientes – Super Fácil

Rendimento: 16 pães

Ingredientes:

1 xícara (de chá) de polvilho (doce ou azedo)

1 pacote de 100g de queijo parmesão ralado

1 caixa de creme de leite (200 g)

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Modo de Preparo

  • Primeiramente, em uma tigela, coloque o creme de leite e o queijo ralado. A quantidade de queijo ralado que é utilizada dispensa o uso de sal. Misture bem estes dois ingredientes.
  • Em seguida, vá agregando aos poucos o polvilho na medida que mistura os ingredientes. Comece misturando com uma colher ou espátula.
  • Quando a mistura ficar pesada e pegajosa, continue agregando o resto do polvilho e amassando com uma das mãos. Vá virando e amassando a massa para incorporar todo o polvilho.
  • O ponto da massa é quando ela parar de grudar na mão e a tigela fica praticamente limpa.
  • Neste ponto, já pré-aqueça o forno no médio, cerca de 1800C.
  • Faça as bolinhas de polvilho de tamanho único e arrume em uma assadeira. Deixe um espaço entre as bolinhas de polvilho. Note que a massa não gruda na mão. Não é necessário untar a assadeira.
  • Leve ao forno por cerca de 25 minutos (este tempo pode variar). Quando você perceber que a parte de baixo dos pãezinhos estiver dourada, já está bom.
  • Pão de queijo bom para comer é quando está quentinho!


Sugestão:
Para você que tem máquina de fazer pão (Panificadora), sugiro esta receita maravilhosa, que também utiliza os mesmos três ingredientes: Pão de queijo na máquina de pão.

Posteriormente, se quiser ver mais vídeos como esse, acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui.

Cuscuz Nordestino Recheado, uma delícia!

Olá, que bom tê-lo(a) aqui mais uma vez! Hoje vou ensinar você a fazer aquele Cuscuz Nordestino só que desta vez, recheado. Aqui no Blog já ensinei a fazer o Cuscuz Nordestino tradicional, partindo do zero e com muitas dicas de recheio salgado e doce.

Também tem outras receitas de Cuscuz, inclusive como reaproveitar a sobra de Cuscuz: farofa de cuscuz, salada de cuscuz ou bolo de cuscuz. CLIQUE AQUI se quiser estas receitas adicionais.

Esta é mais uma boa receita, fácil de fazer, prática, deliciosa e barata.

No vídeo abaixo dou algumas ideias de como você pode rechear o Cuscuz:

  • Salsicha picadinha com molho de tomate;
  • Linguiça calabresa;
  • Carne de sol acebolada;
  • Carne Seca desfiada e passada na manteiga;
  • Frango desfiado (veja a dica de “Como Desfiar Frango Usando a Panela de Pressão”);
  • Carne, de qualquer tipo, desfiada;
  • Fatias de queijo coalho;
  • Fatias de queijo manteiga ou requeijão de corte;
  • Sabor Pizza, com tomate, muçarela e orégano;
  • Guisado de Galinha, que é uma delícia;

Existe uma infinidade de opções de recheios salgados. Fica à critério da sua criatividade. Lembrando que você pode comer cuscuz recheado no café da manhã, almoço, jantar ou mesmo lanche.

Cuscuz Nordestino Recheado

Rendimento: 1 Pessoa

Ingredientes da massa do cuscuz:


Flocão para cuscuz – Farinha de milho flocada sem sal
1/2 xícara de flocão
1/4 xícara de água
Uma pitada de sal

Ingredientes do recheio:


Queijo coalho picado – 1/xícara
Tomate picado – 1/2 unidade
Orégano – 1 pitada

Utensílio:


Cuscuzeiro ou Panela a Vapor

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Modo de Preparo:

  • Primeiramente, vamos preparar a massa do cuscuz, que é a base para agregarmos o recheio salgado.
  • Em um recipiente, adicione a farinha de milho flocada e o sal. Misture bem estes ingredientes.
  • Em seguida, adicione a água para umedecer a farinha de milho para que ela fique hidratada. Deixe hidratando por 5 minutos. A farinha deve ficar como uma areia molhada.
  • Enquanto a massa fica hidratando, vamos preparar o recheio, que é bem simples.
  • Em um outro recipiente, pique o queijo, o tomate e separe o orégano.
  • Depois de hidratada a massa, vamos montar o cuscuz com o recheio em uma Cuscuzeiro ou Panela a Vapor.
  • Na cuscuzeira, coloque a metade da massa do cuscuz. Não aperte a massa, apenas arrume ela, senão o cuscuz vira uma massa dura.
  • Depois coloque o recheio: queijo, tomate e orégano.
  • Em seguida, coloque a segunda metade da massa do cuscuz, feche a tampa da cuscuzeira e leve ao fogo.
  • Assim que a água da cuscuzeira começar a ferver, conte 2 minutos e estará pronto (veja o vídeo que usei uma cuscuzeira individual). O ponto de cozimento é quando o cuscuz vira um bolinho compacto: a farinha (flocão) não está mais solta.
  • Sirva bem quentinho e como na hora.

Posteriormente, se você quiser ver mais posts como esse, acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui.

Moela de Boteco

Essa Moela de Boteco, certamente, é uma das melhores receitas de moela que eu já fiz! Ela é fácil de fazer, rápida e, ainda, é muito gostosa. Acredito que até quem não gosta vai amar.

Essa receita de Moela de Boteco é recomendadíssima para quem nunca fez uma moela e está querendo se aventurar a fazê-la. Disponibilizarei a receita aqui abaixo:

Moela de Boteco

Ingredientes:

1 kg de moela de frango limpa de cortada em pedaços (veja aqui como limpar no próximo reels)
2 colheres (de sopa) de tempero caseiro pronto (ou
2 dentes de alho amassados e ½ cebola picada)
1 colher (de sobremesa) de colorau
1 xícara (de chá) de água quente
2 colheres (de sopa) de óleo ou azeite
1 pitada de pimenta do reino
Sal a gosto

Modo de Preparo:

  1. Na panela de pressão coloque o óleo e doure o alho e a cebola, acrescente ou o tempero pronto e frite um pouco mais.
  2. Acrescente o colorau, a pimenta do reino e o sal. Junte a moela picada.
  3. Coloque a água e feche a panela de pressão. Assim que a panela começar a chiar, baixe o fogo e deixe mais ou menos 20 minutos.
  4. Retire do fogo, tire a pressão da panela e veja se a moela já está mole. Se não estiver, coloque um pouco mais na panela com pressão (se precisar, acrescente mais um pouquinho de água). Se já estiver mole, volte ao fogo e deixe o caldo secar um pouco com a panela destampada.
  5. Experimente e veja se o sal está bom.
  6. Pronto, sirva bem quentinha com cheiro verde picado
Posteriormente, se quiser ver mais posts como esse, acesse o meu Canal do YouTube Clicando Aqui.

Granola salgada para salada

Essa granola salgada para salada é uma mão na roda, ela pode ser utilizada naquela salada sem muito sabor e textura, ou até mesmo para quem quer colocar uma textura a mais naquela sopa ou naquele caldo. Vale a pena usar a criatividade e utilizá-la onde você achar mais gostoso.

Nunca experimentou? Só te falo uma coisa: com essa granola sua salada nunca mais será a mesma!

Granola salgada para salada

Ingredientes:

½ xícara de amêndoas, castanhas ou nozes (ou um mix delas);

½ xícara de gergelim;

½ xícara de sementes de abóbora;

½ xícara de semente de girassol (pepitas);

½ xícara de amendoim;

½ colher (de chá) de sal;

3 colheres (de sopa) de azeite de oliva;

1 pitada de pimenta do reino;

½ colher (de chá) de ervas frescas;

½ colher (de chá) de páprica.

Modo de Preparo:

  1. Misture tudo em uma assadeira e leve ao forno médio (uns 200ºC);
  2. Depois de 10 minutos mexa bem;
  3. Quando dourar já está bom (cerca de 15 ou 20 minutos);
  4. Retire da assadeira quente para não continuar assando;
  5. Depois de fria guarde em um vidro bem tampado.

Obs: vai bem na salada (Clique aqui para ver uma receita), na sopa, em caldos, e etc.

Posteriormente, se você quiser ver mais posts como esse, acesse o meu Canal do YouTube Clicando Aqui.

5 receitas fáceis para fazer na Quarentena

Nesses tempos de quarentena, muitas vezes, estamos tendo que nos virar e criar novas receitas com os ingredientes que temos em casa, e é por isso que eu fiz esse post com 5 receitas fáceis para fazer na quarentena.

Aqui abaixo estão elas:

1º receita: Macarrão com Sardinha

Macarrão com Sardinha

Ingredientes (5 porções):

1 pacote de macarrão de 500 g (espaguete, talharim, penne, fusilli, etc…)

2 latas de sardinha em conserva (125 g cada lata)

2 sachês de molho de tomates (340 g cada)

1 lata de milho verde (200 g)

Sal

Modo de Preparo:

Comece colocando a água do macarrão para ferver porque enquanto ferve e cozinha você vai preparando o molho.

Em uma panela coloque 5 litros de água e leve ao fogo. Assim que começar a borbulhar e ferver acrescente o sal e o macarrão. Deixe o tempo que pede na embalagem. Eu gosto de deixar al dente.

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

2º receita: Filé de Frango Grelhado

Como fazer filé de frango grelhado

Você vai precisar de:

  • 1 frigideira
  • 1 pinça ou garfo

Ingredientes:

  • Filé de peito de frango
  • Sal
  • Pimenta do reino moída
  • Azeite

Modo de Preparo:

Coloque os filés de frango em um recipiente e tempere com sal e pimenta. Se quiser pode colocar alguma erva bem picadinha também, principalmente se você não gostar de pimenta do reino, então tire a pimenta e coloque alecrim, ou manjericão, ou outra erva bem picadinha. Muitas vezes eu só tempero o peito com o Sal de Ervas.

Coloque um fio de azeite na frigideira (eu unto a frigideira com bem pouco azeite), deixe esquentar.  Coloque um filé ou no máximo dois na frigideira. Deixe dourando por cerca de 3 minutos (se o filé for fino como o meu) ou 5 se o filé for mais grosso (como quando o peito do frango só é dividido em dois filés). Passado esse tempo, levante a beiradinha do filé com uma pinça ou com um garfo, se já tiver dourado, vire e faça do mesmo jeito com o outro lado. Quando dourar do outro lado retire do fogo. Sirva quentinho acompanhado com farofa (como o meu acima) ou com uma bela de uma salada. Você pode também servir com algum molho.

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

3º receita: Arroz de Forno

Arroz de Forno Super Fácil

Ingredientes:

4 xícaras (de chá) de arroz cozida
1 cenoura ralada (no ralo grosso)
150 g de presunto (picado em cubinhos)
200 g de queijo muçarela (cortado em cubinhos)
1 lata de milho verde escorrido (300 g)
1 lata de ervilha escorrida (300 g)
1 copo de requeijão cremoso (200 g)
2 colheres (de sopa) de salsinha picada
Sal e pimenta do reino a gosto
Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de Preparo:

Misture o arroz com a cenoura ralada, o presunto em cubos a muçarela, a ervilha e o milho escorridos. Misture muito bem. Acrescente o cheiro verde picadinho. Misture o sal e a pimenta do reino moída na hora conforme o seu gosto. Misture por último o requeijão e por fim polvilhe o queijo parmesão ralado. Deixe no forno médio por 30 minutos ou até esquentar e dourar. Sirva quentinho

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

4º receita: Torta de Sardinha de Liquidificador

Torta de Sardinha de Liquidificador

Rendimento: 25 a 30 pedaços pequenos

Ingredientes:

  •  
    • 1 xícara (de chá) de óleo
    • 3 ovos
    • 1 xícara (de chá) de leite
    • 2 xícaras de (chá) de farinha de trigo
    • 1 colher (de chá) de sal (bem rasa)
    • 1 colher (de sopa) de fermento em pó (para bolo)

Recheio:

  • 2 latas de sardinha
  • 1 lata de ervilhas (de 200 g)
  • 2 tomates picados
  • ½ xícara (de chá) de azeitona picada

Modo de Preparo:

  1. Em primeiro lugar, não esqueça de pré-aquecer o forno no médio (180 graus).
  2. Coloque todos os ingredientes da massa no liquidificador, menos o fermento, depois disso, bata bem até formar uma massa homogênea (é uma massa bem líquida). Desligue o liquidificador e coloque o fermento, ligue a tecla pulsar, só o suficiente para misturar.
  3. Unte uma forma ou um refratário com óleo e polvilhe farinha de trigo. Coloque metade da massa na forma.
  4. Espalhe a sardinha picada por cima, depois espalhe o tomate picado, a ervilha e a azeitona.
  5. Coloque o restante da massa cobrindo todo o recheio.
  6. Leve ao forno até dourar, cerca de 35 minutos.

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

5º receita: Lasanha de Queijo e Presunto – Super Fácil

Lasanha de Queijo e Presunto

Rendimento: 5 ou 6 pessoas

Ingredientes:

1 pacote de 200g de massa pré-cozida para lasanha (direto ao forno)
2 latas de molho de tomate ou 2 sachês de (340g)
300g de presunto fatiado
500g de queijo muçarela (ralado ou fatiado)
1/2 litro de leite integral

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

Posteriormente, se quiser ver mais conteúdos como esse, acesse o meu canal do Youtube Clicando Aqui.

Nhoque de Macaxeira (aipim, mandioca)

Essa receita de Nhoque de macaxeira, ou de aipim, ou mandioca, como é chamado em algumas regiões do Brasil é uma opção ao clássico Nhoque de Batatas tão conhecido por todos. Aqui em casa todos gostam muito de nhoque, seja ele feito de batata, macaxeira, abóbora, ricota, espinafre ou outro. Aliás, dá para fazer nhoque de uma porção de coisas.

Eu fiz esse nhoque da maneira clássica, fazendo rolinhos e cortando em pedacinhos, mas essa receita fica um escândalo se você fizer recheado. Basta você pegar porções de massa, abrir na mão, colocar o recheio e fechar, fazendo uma bolinha (como se fosse um docinho). Depois você cozinha como qualquer nhoque, em bastante água quente. Para o recheio você pode usar o que preferir, o que eu gosto muito é de rechear com pedaços de queijo, dai quando você morde para comer fica aquele puxa-puxa (salivei).

Bem, da próxima vez vou fazer recheado para fazer vocês babarem no teclado com o queijo derretendo, mas por hora deixa eu mostrar como fiz esse, veja:

Nhoque de Macaxeira (aipim, mandioca)

Rendimento: 6 porções

Ingredientes

    • 1/2 kg de macaxeira (aipim, mandioca)
    • 1 colher (de sopa) de manteiga
    • 1 ovo
    • 1 colher (de sopa) de queijo parmesão ralado
    • 1 pitada de sal
    • 1 xícara (de chá) de farinha de trigo (essa quantidade pode variar se a macaxeira for muito seca ou não)
Para servir

Modo de Preparo

    1. Cozinhe a macaxeira, veja aqui como fazer isso: Como cozinhar macaxeira (aipim, mandioca).
    2. Depois escorra a água e com ela ainda morna, retire a fibra que fica no meio dos pedaços e amasse com um garfo, ou outro espremedor. Depois de amassada espere esfriar.
    3. Coloque em uma tigela a macaxeira amassada, a manteiga, o ovo, o queijo ralado, o sal e vá misturando e acrescentando a farinha de trigo. Se precisar acrescente um pouquinho mais de farinha de trigo, mas a massa tem que ficar de uma forma que dê para fazer rolinhos.
    4. Polvilhe farinha de trigo sobre uma mesa e pegue pedaços da massa e faça rolinhos (é só lembrar daquelas cobrinhas que a gente faz com massa de modelar, é a mesma coisa). Com uma faca corte pedacinhos (como na foto). Eu gosto de cortar pequenos,acho que fica melhor. Vá colocando os nhoques cortados em uma assadeira/bandeja polvilhadas com farinha de trigo. Depois de todos cortados, coloque uma panela no fogo com bastante água para ferver.
    5. Quando a água estiver fervendo, coloque sal. Depois é só ir colocando os nhoques na água fervendo e a medida que eles forem subindo, vindo para a superfície da água, vá retirando com a ajuda de uma escumadeira e colocando em um recipiente (pode ser no que você vai servir).
Dá para você servir de duas formas:
  1. Pode só esquentar o molho de tomate, misturar os nhoques cozidos, depois colocar no prato, polvilhar queijo ralado, enfeitar com folhas de manjericão e servir (como eu fiz).
  2. Ou misturar os nhoques com o molho, colocar em um refratário, polvilhar queijo (pode ser muçarela) e levar ao forno para gratinar (assim fica mais unidos venceremos, mas é muito gostoso também).

Dicas

  • Amassar ou espremer a macaxeira ainda morna facilita muito. Se você deixar ela esfriar para depois fazer isso, vai ver que ela fica mais dura/firme, dificultando o trabalho.
  • Dependendo se a macaxeira é mais úmida, ou mais seca a quantidade de farinha vai variar um pouco. Minha dica é ir colocando aos poucos, até a massa ficar num ponto que dá para enrolar. Cuidado para não colocar demais.
  • Tenha um pouco mais de farinha para poder espalhar na mesa na hora de abrir os rolinhos e também para quando for cortando ir polvilhando sobre os nhoques para eles não grudarem.
  • Eu coloco só uma pitada de sal mesmo, porque o queijo é bem salgado, mas se achar pouco, acrescente mais.
  • Viram que tem um pote descartável com molho de tomates na foto dos ingredientes? Então, quando quero aproveitar o preço do tomate eu faço bastante molho, seguindo a receita que falei lá em cima, coloco em potinhos, colo uma etiqueta com a validade e guardo no freezer, daí quando eu preciso tenho sempre um molho caseiro bem gostoso prontinho.

Purê de Macaxeira (mandioca, aipim)

Hoje venho com uma receita  básica, Purê de Macaxeira (aipim, mandioca). Ele é um ótimo acompanhamento para qualquer carne assada ou para qualquer carne ensopada, guisada. Mas, eu acho que ele nasceu para ser o acompanhamento perfeito para carne do sol e charque (opinião nada tendenciosa de uma nordestina, rs).

Se você quiser dar uma pesquisada aqui no blog, tem todas essas receitas de carnes. Ainda não sabe como pesquisar aqui? Muito simples, lá em cima, do lado direito do blog tem uma caixinha onde está escrito “Pesquise no blog”, daí é só colocar o nome do ingrediente ou da receita que você está procurando e clique no desenho da lupa que tem do lado, viu que é fácil?

Esse purê é facílimo de fazer e varia o purê de batata que todo mundo faz. Fora que ainda dá para você reaproveitar o aipim (macaxeira, mandioca) que você cozinhou para comer e sobrou.

Bem, veja como eu faço:

Continue lendo Purê de Macaxeira (mandioca, aipim)

Receitas para o fim de ano – Especial 2013

Pessoal, estou tão feliz que esse ano consegui fazer uma coisa que sempre quis, mas que ainda não tinha dado certo. Eu fui na casa de algumas pessoas para elas mostrarem a receita que fazem e que é sucesso absoluto nas festas de fim de ano.  Cada um de nós tem aquela receita queridinha,  que a gente aproveita para fazer quando vai ter alguma comemoração, foi atrás dessas receitas que eu fui. Selecionei dez pessoas daqui de Garanhuns e fui até suas casas para aprender, fotografar e publicar aqui no blog os segredinhos. Cada pessoa escolhida irá nos mostrar uma receita que faz e é sucesso. Selecionei somente pessoas daqui de Garanhuns porque é aqui que eu moro e fazer com pessoas de outro lugar seria impraticável, quem sabe para um outro ano (né TAM, Avianca, Azul? kkkk).

Continue lendo Receitas para o fim de ano – Especial 2013