Categorias
Farofa Receita Salgada Receitas

Farofa Caprichada, uma delícia!

A receita de hoje é uma deliciosa e completa Farofa Caprichada. Farofa é aquela receita que aceita muitas variações, é simples de fazer. Na verdade, é só misturar todos os ingredientes, não é? Porém, o mais importante é o que você faz antes: a preparação antecipada dos ingredientes. Em culinária usa-se o termo francês mise em place que nada mais é do que o pré-preparo dos ingredientes. Aqui, para fazer a nossa Farofa Caprichada, já deixamos preparado o bacon, a cebola, a linguiça calabresa já picadas e medidos e se quiser, em potes separados. Assim também com a cenoura ralada e demais ingredientes. Então, você não corre o risco de colocar o bacon e a cebola para fritar e queimar, enquanto prepara os demais ingredientes.


O rendimento desta farofa é de seis porções. É para uma família. Então, se você quiser fazer uma quantidade menor é só usar a metade dos ingredientes.
Esta farofa é praticamente um prato único, muito boa para você preparar antes de ir para a praia, ou piscina e, quando voltar, já tê-la preparada. Também é indicada para um jantar especial. Ela é uma delícia.

Farofa Caprichada

Rendimento: 6 porções fartas

Ingredientes:


100g de bacon picado
1 cebola picada
2 linguiças calabresa picada
5 colheres (de sopa) de manteiga ou margarina (de qualidade)
3 cenouras raladas
1/2 xícara de azeitona picada
3 xícaras de farinha de mandioca
1 colher (de chá) sal
1 xícara de cheiro verde picadinho

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Aproveite e, caso você ainda não me segue no YouTube, CLIQUE AQUI!

Modo de Preparo:

  • Primeiramente, conforme explico no vídeo, deixe todos os ingredientes preparados para facilitar a montagem desta farofa.
  • Em uma panela grande, coloque o bacon em fogo baixo. Tenha paciência para que todo a gordura seja extraída e o bacon fique crocante. De vez em quando, dê uma misturada no bacon.
  • Em seguida, adicione a cebola e deixe ficar levemente dourada.
  • Agregue a linguiça calabresa e misture com os demais ingredientes. Não é necessário fritar, apenas aquecer um pouco para que a linguiça solte um pouco da gordura e o sabor também passe para os demais ingredientes.
  • Entre agora com a manteiga (ou margarina) e misture novamente os ingredientes.
  • Agora é a hora de adicionar a cenoura. Misture por alguns minutos apenas para o ponto de amaciar a cenoura.
  • Adicione a azeitona e misture. Coloque um pouco de sal e, mais adiante, após agregar toda farinha, acerte o sal a gosto.
  • Agregue a farinha de mandioca aos poucos, na medida em que vai misturando os ingredientes. Queremos uma farofa que fique um pouco úmida, não seca, ok?
  • Para finalizar, desligue o fogo e espalhe metade do tempero verde.
  • Arrume a farofa na travessa ou bandeja para servir e espalhe por cima o resto de tempero verde.

Observação: Não esquente essa farofa no microondas, ela vai ficar mole. Esquente em uma panela, na boca do fogão.

Categorias
Dicas Culinárias Dicas e Truques

Descongelou? Não recongele. Dica de congelamento

Que o congelamento é um grande aliado para quem quer ser prática e ágil ao preparar as refeições no dia a dia, não tem como negar. Ele é um aliado importantíssimo. Mas é necessário conhecer um pouco mais essa técnica para tirar melhor proveito.

Aqui no blog tenho outros posts onde falo sobre como congelar alimentos, clique aqui para ver eles.

Falando agora do nosso assunto, você sabe aquele dia que tirou algum alimento do freezer, mas surgiu outra coisa e você não pôde prepará-lo?

Não recongele.

Porque não posso congelar um alimento que já foi descongelado?

Se você recongela um alimento que foi descongelado ele vai perder em textura, em sabor e o mais importante, vai perder muito as propriedades nutricionais dele. Sem contar que as bactérias vão se proliferar muito rapidamente, podendo ser muito perigoso por conta da contaminação.

Que o congelamento é um grande aliado para quem quer ser prática e ágil ao preparar as refeições no dia a dia, não tem como negar. Ele é um aliado importantíssimo. Mas é necessário conhecer um pouco mais essa técnica para tirar melhor proveito.

Portanto, ao congelar alimentos, congele em porções que sabe que vai utilizar, para que não haja sobras. E ao tirar um alimento do freezer, mas não pôde prepará-lo, conserve ele na geladeira e logo que puder cozinhe ou asse, assim você pode utilizá-lo para a próxima refeição ou mesmo congelá-lo. Sim, depois que ele foi cozido ou assado ele pode voltar para o freezer.

Me conta você sabia disso?

Para ir para o meu canal do Youtube onte você encontra outras dicas e um tanto de receitas CLIQUE AQUI

Categorias
Aperitivos e Petiscos Receita Salgada Receitas

Batatas Crocantes, uma delícia!

Eu fiquei pensando se o nome dessa receita seria Batatas Assada ou Crocantes. Mas decidi que seria melhor chamar de Batatas Crocantes, e você vai entender o porquê.

Realmente, esta Batata fica super crocante é uma delícia. Fica boa como acompanhamento para um almoço ou jantar. Também fica ótima para comer como petisco, na hora de assistir um bom filme ou quando o maridão está assistindo o futebol. Você também pode colocar estas batatas crocantes em salada, como se fossem croutons.

Nesta receita, o fubá, ou farinha flocada de milho, é um ingrediente muito importante, pois é ele quem deixará os cubinhos de batata crocantes e, por dentro, as batatas ficam macias.

Faz esta receita e deixa seus comentários abaixo…


Batatas Crocantes

Rendimento: 4 porções

Ingredientes:

3 batatas grandes
1 colher (de sopa) de azeite de oliva
1 colher (de sobremesa) de páprica (doce, picante ou defumada)
1 colher (de chá) de sal
3 colheres (de sopa) de fubá (ou farinha flocada de milho)
Opcional: 1 pitada de pimenta do reino

Utensílios:

Papel toalha
2 Assadeira de alumínio ou antiaderente

Assista ao vídeo abaixo para ver mais detalhes e dicas:

Aproveite e, caso você ainda não me segue no YouTube, CLIQUE AQUI e se inscreva no meu canal!

Modo de Preparo

  • Primeiramente, descasque as batatas.
  • Em seguida, corte as batatas em cubos médios, conforme eu explico e mostro no vídeo. Na medida em que for cortando as batatas, coloque-as em uma vasilha com água.
  • Leve a vasilha com a água e as batatas em cubos para a pia e lave as batatas por, pelo menos, duas vezes, até que a água fique transparente. O objetivo é tirar o amido das batatas.
  • Escorra bem a água da batata. Pegue um pano de prato bem limpo, ou papel toalha, e enxugue as batatas em cubos (vejas dicas que mostro no vídeo). Queremos as batatas bem sequinhas. Na medida em que for secando, vá colocando de volta na vasilha (que também deve estar seca).
  • Estando as batatas em cubinho secas e na vasilha, vá adicionando os temperos: azeite de oliva, sal e páprica. Na medida em que for agregando cada um dos temperos, vá misturando bem, para que todos os cubinhos de batata sejam temperados por igual.
  • Depois, acrescente o fubá. A pimenta do reino é opcional.
  • Por fim, pegue as assadeiras (se for de alumínio é necessário untar com azeite ou óleo) e espalhe as batatas uniformemente. Não deixe batatas em cima de outras, todas devem ter contato com o fundo da forma
  • Leve as assadeiras ao forno com temperatura no médio por 20 minutos. Depois dos 20 minutos, misture bem os cubos de batata e retorne ao forno por mais 15 minutos.
Categorias
Dicas Culinárias Dicas e Truques

Guia rápido para comprar panelas

Quer você decida começar um hobby de cozinhar, ou porque iniciou um projeto de vida mais saudável, ou simplesmente porque normalmente tem que cozinhar para sua familia no dia a dia, em algum momento você vai precisar comprar panelas.

Se você já viu uma loja de utensílios de cozinha, deve ter notado que existem muitos tipos de panelas no mercado. Existem diferentes materiais, formas e preços. Então, fica a pergunta: Como escolher a melhor panela diante de tantas opções?

Antes de qualquer coisa é bom você saber que comprar panelas individualmente normalmente sai bem mais caro do que comprar um jogo completo.

Se você é solteiro, mora sozinho, ou se você quer comprar panelas que atenda toda família, saiba quantas panelas você vai precisar comprar, quais suas necessidades:

Pela minha experiência, as melhores panelas para usarmos no dia a dia são as panelas de inox (de boa qualidade) e as que tenham um bom revestimento antiaderente. Elas tem um excelente custo-benefício, não são tão caras e funcionam muito bem na cozinha do dia a dia.

Claro que se você é uma pessoa que gosta de cozinha e não tem problema em gastar, tem excelentes panelas no mercado, como as de ferro fundido, as de cerâmica e com revestimento cerâmico, as de aço cirúrgico, etc… São ótimas, cada uma a sua maneira.

Mas, para a cozinha do dia a dia, você não precisa investir tanto em uma panela.

Para ver mais dicas como essa CLIQUE AQUI.

Para ir para o meu canal do Youtube onde você encontra muitas outras dicas e também receitas, CLICA AQUI.

Categorias
Dicas Culinárias Dicas e Truques Geral

Não use farinha de trigo com fermento

Dê preferência a farinha de trigo pura, sem fermento.

Por exemplo, se você precisa fazer molho branco, massa (macarrão), brownie ou outra receita que não vá fermento, não tem porque comprar a farinha de trigo com fermento. Não dá pra fazer esse tipo de receita. Então,  não use farinha de trigo com fermento.

E se você precisa fazer uma receita que usa fermento, como um bolo, por exemplo,  quem te garante que na quantidade de farinha que você vai usar tem a quantidade certa de fermento que a receita pede? Então,  não use farinha de trigo com fermento.

É complicado!

Minha dica é: compre farinha de trigo sem fermento e um potinho de fermento que você guarda na geladeira e vai durar muiiito.

Não tem porque você comprar dois tipos de farinha, com e sem fermento, compre a sem fermento que vai servir para qualquer tipo de receita.

Se quiser mais dicas como essa VEJA  AQUI.

Para ver meu canal do Youtube CLIQUE AQUI

lá tem muita receita e mais dicas como essa

Categorias
Cozinha - Decoração Dicas e Truques

30 utensílios para não faltar na sua cozinha

Para a maioria das pessoas que estão começando a montar a sua cozinha ou para quem está indo morar pela primeira vez sozinho a cozinha é, certamente, uma das coisas mais chatinhas para ser planejada e organizada. Por quê? Porque a maioria das pessoas, sejam elas novatas ou até aquelas que sabem um pouco sobre esse universo, não sabem ao certo o que é realmente necessário para ter uma cozinha funcional. Tem pessoas que compram utensílios que nunca vão usar, ou compram muito pouco ou compram demais. Por isso, eu fiz essa lista com 30 utensílios que não pode faltar na sua cozinha.

Mas Patty, por que esses utensílios são essenciais?

Eles são essenciais porque se você quiser fazer uma comida para o seu dia a dia ou uma comida elaborada, precisará ter o básico para conseguir preparar essas receitas.

Em suma, se você não tem o básico dos utensílios você não irá conseguir fazer muitas receita, ou pelo menos, vai ter muita dificuldade com alguns preparos.

Para não enrolar muito irei colocar aqui abaixo a lista.

30 utensílios que não podem faltar na sua cozinha

Panelas:

  • Panelas (pelo menos 3 panelas com tampa, lembre-se de comprar um conjunto com panelas de tamanhos variados, se você quiser comprar um conjunto com mais peças pode comprar) pode ser de aço inox ou teflon, vai depender do que você prefere (Compre Clicando Aqui);
  • Panela de Pressão (Compre Clicando Aqui);
  • Frigideira (Compre Clicando Aqui).

Se você não sabe escolher panela veja esse meu post Clicando Aqui.

Facas:

Talheres:

Formas, assadeiras e bandejas:

Colheres para servir e cozinhar:

Diversos:

Posteriormente, se você quiser ver mais posts como esse, acesse o meu Canal do YouTube Clicando Aqui.

Categorias
Carne, linguiça Dicas Culinárias Dicas e Truques

Quais são as carnes mais baratas para fazer carne de panela?

Muita gente gosta de comer carne de panela. Mas nem todos sabem escolher uma carne barata para fazer aquela carne de panela show, por isso eu fiz esse post te mostrando quais são os cortes mais baratos para fazer uma deliciosa carne de panela.

Mas Patty o que é essa bendita carne de panela?

Ela é um dos pratos mais saborosos da comida típica brasileira. A carne de panela, explicando resumidamente, é feita a partir de um corte de carne que é picado de tamanho médio. Ela é cozida e junto dela vão alguns legumes para acompanhar, como: batata, cenoura, macaxeira, e etc. Tudo isso é cozido numa panela, seja normal ou de pressão, trazendo aquele sabor maravilhoso da carne de panela que a gente come na casa da nossa avó.

Se você quer ver uma receita completa de carne de panela Clique Aqui.

Quais cortes de carne eu devo escolher para fazer uma carne de panela deliciosa?

Você pode fazer carne de panela com qualquer corte, mas eu prefiro fazer com cortes de carne mais baratos deixando os cortes mais caros para fazer uma receita mais elaborada. Você pode fazer com os cortes caros também, mas você estará “desperdiçando” dinheiro, pois um corte barato ficará igual ou melhor do que com um corte caro. Então pense bem na hora de comprar.

Aqui abaixo estarão os cortes mais baratos e, ao mesmo, mais gostosos:

Acém

O acém é uma carne super conhecida por ser uma carne com fácil acesso. Esse corte tem uma quantidade alta de colágeno, fazendo com que, ao cozinhá-lo, a carne fique bem macia e com uma textura incrível por causa do derretimento do colágeno.

Costela

Além de ser um corte barato vai super bem na carne de panela. A costela, por possuir ossos mais largos e grossos por entre a carne, é muito saborosa e com texturas incríveis que você não encontra em outros tipos de carne.

Paleta

A paleta é uma ótima carne para preparar carne de panela, pois, apesar de ser musculosa, ela possui uma quantidade boa de gordura em seu interior deixando o seu caldo e sua carne extremamente saborosos.

Músculo

É a parte tanto dianteira como traseira da coxa do animal. É uma peça com cerca de 30 centímetros de comprimento, quase que perfeitamente cilíndrica, porém, é muito mais provável que você a encontre cortada transversalmente em várias peças. É uma carne extremamente saborosa e saudável.

Dicas:

  • Ao escolher os cortes peça ao açougueiro para retirar os nervinhos e as peles, ou já compre sem;
  • Compre em lugar confiável;
  • Sempre observe se a carne tem o selo de inspeção de produtos de origem animal.

Posteriormente, se quiser ver mais dicas como essa, acesse o meu Canal do YouTube Clicando Aqui.

Categorias
Arroz, Macarrão, Panqueca e Lasanha Dicas Culinárias Frango Geral Receita Feita no Liquidificador Receita Salgada Receitas Receitas Para Iniciantes Torta, Escondidinho, Polenta e Bobó

5 receitas fáceis para fazer na Quarentena

Nesses tempos de quarentena, muitas vezes, estamos tendo que nos virar e criar novas receitas com os ingredientes que temos em casa, e é por isso que eu fiz esse post com 5 receitas fáceis para fazer na quarentena.

Aqui abaixo estão elas:

1º receita: Macarrão com Sardinha

Macarrão com Sardinha

Ingredientes (5 porções):

1 pacote de macarrão de 500 g (espaguete, talharim, penne, fusilli, etc…)

2 latas de sardinha em conserva (125 g cada lata)

2 sachês de molho de tomates (340 g cada)

1 lata de milho verde (200 g)

Sal

Modo de Preparo:

Comece colocando a água do macarrão para ferver porque enquanto ferve e cozinha você vai preparando o molho.

Em uma panela coloque 5 litros de água e leve ao fogo. Assim que começar a borbulhar e ferver acrescente o sal e o macarrão. Deixe o tempo que pede na embalagem. Eu gosto de deixar al dente.

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

2º receita: Filé de Frango Grelhado

Como fazer filé de frango grelhado

Você vai precisar de:

  • 1 frigideira
  • 1 pinça ou garfo

Ingredientes:

  • Filé de peito de frango
  • Sal
  • Pimenta do reino moída
  • Azeite

Modo de Preparo:

Coloque os filés de frango em um recipiente e tempere com sal e pimenta. Se quiser pode colocar alguma erva bem picadinha também, principalmente se você não gostar de pimenta do reino, então tire a pimenta e coloque alecrim, ou manjericão, ou outra erva bem picadinha. Muitas vezes eu só tempero o peito com o Sal de Ervas.

Coloque um fio de azeite na frigideira (eu unto a frigideira com bem pouco azeite), deixe esquentar.  Coloque um filé ou no máximo dois na frigideira. Deixe dourando por cerca de 3 minutos (se o filé for fino como o meu) ou 5 se o filé for mais grosso (como quando o peito do frango só é dividido em dois filés). Passado esse tempo, levante a beiradinha do filé com uma pinça ou com um garfo, se já tiver dourado, vire e faça do mesmo jeito com o outro lado. Quando dourar do outro lado retire do fogo. Sirva quentinho acompanhado com farofa (como o meu acima) ou com uma bela de uma salada. Você pode também servir com algum molho.

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

3º receita: Arroz de Forno

Arroz de Forno Super Fácil

Ingredientes:

4 xícaras (de chá) de arroz cozida
1 cenoura ralada (no ralo grosso)
150 g de presunto (picado em cubinhos)
200 g de queijo muçarela (cortado em cubinhos)
1 lata de milho verde escorrido (300 g)
1 lata de ervilha escorrida (300 g)
1 copo de requeijão cremoso (200 g)
2 colheres (de sopa) de salsinha picada
Sal e pimenta do reino a gosto
Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de Preparo:

Misture o arroz com a cenoura ralada, o presunto em cubos a muçarela, a ervilha e o milho escorridos. Misture muito bem. Acrescente o cheiro verde picadinho. Misture o sal e a pimenta do reino moída na hora conforme o seu gosto. Misture por último o requeijão e por fim polvilhe o queijo parmesão ralado. Deixe no forno médio por 30 minutos ou até esquentar e dourar. Sirva quentinho

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

4º receita: Torta de Sardinha de Liquidificador

Torta de Sardinha de Liquidificador

Rendimento: 25 a 30 pedaços pequenos

Ingredientes:

  •  
    • 1 xícara (de chá) de óleo
    • 3 ovos
    • 1 xícara (de chá) de leite
    • 2 xícaras de (chá) de farinha de trigo
    • 1 colher (de chá) de sal (bem rasa)
    • 1 colher (de sopa) de fermento em pó (para bolo)

Recheio:

  • 2 latas de sardinha
  • 1 lata de ervilhas (de 200 g)
  • 2 tomates picados
  • ½ xícara (de chá) de azeitona picada

Modo de Preparo:

  1. Em primeiro lugar, não esqueça de pré-aquecer o forno no médio (180 graus).
  2. Coloque todos os ingredientes da massa no liquidificador, menos o fermento, depois disso, bata bem até formar uma massa homogênea (é uma massa bem líquida). Desligue o liquidificador e coloque o fermento, ligue a tecla pulsar, só o suficiente para misturar.
  3. Unte uma forma ou um refratário com óleo e polvilhe farinha de trigo. Coloque metade da massa na forma.
  4. Espalhe a sardinha picada por cima, depois espalhe o tomate picado, a ervilha e a azeitona.
  5. Coloque o restante da massa cobrindo todo o recheio.
  6. Leve ao forno até dourar, cerca de 35 minutos.

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

5º receita: Lasanha de Queijo e Presunto – Super Fácil

Lasanha de Queijo e Presunto

Rendimento: 5 ou 6 pessoas

Ingredientes:

1 pacote de 200g de massa pré-cozida para lasanha (direto ao forno)
2 latas de molho de tomate ou 2 sachês de (340g)
300g de presunto fatiado
500g de queijo muçarela (ralado ou fatiado)
1/2 litro de leite integral

Se quiser ver a receita completa Clique Aqui

Posteriormente, se quiser ver mais conteúdos como esse, acesse o meu canal do Youtube Clicando Aqui.

Categorias
Dicas e Truques Geral Produtos

Tudo o que você precisa saber antes de comprar um cooktop!

Hoje em dia existem muitas variedades de eletrodomésticos, uns mais baratos outros mais caros, uns mais robustos outros menos robustos, e com todas essas variedades certamente ficamos confusos na hora de comprar, principalmente se você não tem muita experiência.

Dentre todas essas variedades muitas pessoas acabam trocando o bom e velho fogão pelo cooktop, pelo simples fato de que o cooktop é mais moderno e bonito. Por isso eu estou fazendo este post explicativo com tudo o que você precisa saber antes de comprar um cooktop.

1 – Primeira coisa que você tem que saber é que diferentemente do fogão, o cooktop fica em cima de uma bancada, então antes de comprá-lo você tem que ter uma bancada previamente planejada e que aguente calor.

2 – Existem dois tipos de cooktop, são eles: o elétrico (o de indução também é elétrico) e o à gás. Abaixo estarão suas diferenças:

2.1 – O elétrico

Ele é aquecido através de uma resistência (tipo aquela resistência de chuveiro) e muito provavelmente irá consumir mais energia, aumentando ainda mais o preço da sua conta de energia.

2.2 – Elétrico de indução

Ele é aquecido através de um campo eletromagnético e não provoca fogo. Nele você não pode usar qualquer panela pois existem panelas que funcionam e não funcionam nele:

      Panelas que funcionam:
  • Panelas de Inox;
  • Panela de ferro fundido;
  • Panela de fundo triplo;
  • Algumas panelas de cerâmica com fundo especial.
      Panelas que não funcionam:
  • Panelas de alumínio
  • Panelas de vidro;
  • Panelas de barro;
  • Panelas de cobre;
  • Panelas de cerâmica.

Obs: a panela de cerâmica só funciona se possuir uma camada de indução, essas são próprias para serem usados nesses tipos cooktops.

      As panelas que você for usar tem que ter o fundo plano para ter uma grande superfície de contato.

     Uma grande desvantagem é que quando falta energia não dá para usá-lo.

Dica: escolha um com bocas de diferentes tamanhos para conseguir utilizar panelas grandes, médias ou pequenas.

2.3 – O cooktop à gás – esse é o meu preferido

      Ele tem muitas vantagens, são elas:
  • Eles usam gás de botijão ou GLP:
  • Dá para usar qualquer panela;
  • Caso falte energia pode usar fósforo;
  • Ele fácil de instalar;
  • É econômico.

Dica: na hora de comprá-lo escolha um modelo com super chama (é aquela boca grande que existe nos fogões).

3 – Saiba que se optar por comprar um cooktop realmente precisará pensar em um local planejado para embutir um forno.

Se não quiser ler o post inteiro assista a uma explicação Clicando Aqui.

Clique aqui e veja um post especial dando dicas para a hora que você for COMPRAR PANELAS

Categorias
Dicas Culinárias

Tábua de Corte – Dicas

Não compre uma Tábua de Corte sem ler as informações abaixo e, também, sem assistir ao vídeo. Pois você vai encontrar aqui muitas dicas para você levar em conta na hora de comprar a sua.

Durante estes 11 anos de criação de conteúdo na Internet, percebo que as pessoas buscam informações de como aprender a cozinhar com praticidade na cozinha. Então, meus conteúdos não são apenas de receitas, mas ensino, faço lives e tenho cursos que ensinam as pessoas a cozinhar otimizando o tempo, com receitas práticas para o dia a dia e como ter praticidade na cozinha.

Tábua de Corte – Não Compre a Sua Sem Assistir Esse Vídeo

Tipos de Tábua de Corte (vantagens e desvantagens)

De Madeira: Em primeiro lugar quero falar das vantagens desta tábua, que é pesada, bonita e adere melhor sobre a superfície que apoiamos para cortar os alimentos.  Mas, as desvantagens que eu percebo é que a tábua de madeira risca facilmente e pode guardar restos de alimento, fica muito tempo úmida e é de difícil higienização.

De Bambu: Esta tábua tem as mesmas vantagens e desvantagens da tábua de madeira, além de ser muito bonita. Ou seja, tem muita firmeza e gostosa de usar. Outra desvantagem é que o preço é um pouco mais salgado. Porém, a tábua de bambu tem uma ação antibactericida, mas não é suficiente.

De Plástico (Polipropileno): A vantagem é a facilidade de higienização, podendo até colocar na lava louça. Existem no mercado de várias cores, o que possibilita você usar uma cor só para carne, outra para frango, legumes ou tempero. Mas, uma desvantagem é que mancha muito facilmente e risca.

De Vidro: Uma das vantagens que destaco é que, normalmente, elas vêm com imagens de decoração, que as tornam bonitas. É fácil de higienização, pode ser colocada na lava louça e não risca. Uma desvantagem é que, se cair no chão, ela quebra. Mas a maior desvantagem que percebo é que ela tira o corte da faca (a faca perde o fio).

Então, qual a sua escolha? Me conte nos comentários.

Eu gosto de usar no dia a dia a de plástico (polipropileno), dura, boa aderença para não escorregar. Tenho também os outros modelos, mas normalmente uso como bandejas, tábua de frios e para servir alguns alimentos.

Priorize a higienização

Independente de qual tábua de corte que você escolher e gostar, a higienização deve ser um alerta e cuidado frequente no seu dia a dia. As tábuas de cozinha são fontes de contaminação cruzada, quando um alimento contamina o outro. Ela se dá quando microrganismos patogênicos (ou seja, um microrganismo que pode causar uma doença) de um alimento contaminado é transferido para outro alimento que não esteja contaminado.

Ou seja, é muito importante as boas práticas na manipulação de alimentos, a higienização correta dos alimentos e utensílios, das mãos de quem está cozinhando e dos equipamentos utilizados durante o processo. Tudo isso em vista a evitar com que este tipo de contaminação aconteça.

Uma dica para higienização

O uso de tábuas de cores diferentes e facas diferentes para cada tipo de alimento vem sendo uma das formas de prevenção de Contaminação Cruzada, uma dica fácil de seguir e que está trazendo resultados significativos. Em sua casa você também pode adotar utensílios como facas, garfos, colheres e tábuas de corte de cores diferentes.

No vídeo eu dou muitas dicas, inclusive de higienização.

Sugestão:

Siga-me no Instagram porque estou sempre fazendo Stories, postando dicas e mostrando o meu dia a dia na cozinha. INSTAGRAM @aquinacozinha

Veja outras Dicas de Culinária:

Como Usar Panela de Pressão (sem ter medo)

Panelas – Quais Comprar

Sair da versão mobile