Arquivo da tag: alimentação saudável

Kibe de Quinoa Assado

Está ai pensando em fazer um lanche diferente ou mesmo alguma receita para incrementar uma refeição? Experimenta esse Kibe de Quinoa. É muito gostoso e uma alternativa para usar um outro grão no lugar do trigo. A quinoa ainda não é um grão muito utilizado por nós no dia a dia, mas, é um grão super fácil de usar e muito saboroso.

Continue lendo Kibe de Quinoa Assado

Receita de Cajuzinho Fit

Cajuzinho Fit ou Saudável é um excelente docinho para quem está com alguma restrição alimentar, para quem está em processo de emagrecimento, ou em dieta por algum motivo e também para diabéticos.

Tem muita gente que pede para eu colocar receitas desse tipo aqui no blog, que possa ser usado por diabéticos e quem está em dieta, pode ser que você não saiba, mas tenho uma categoria aqui só com receitas desse tipo, clique ai em baixo e veja todas que já publiquei:

Continue lendo Receita de Cajuzinho Fit

5 Dicas Para Mantermos uma Alimentação Saudável no Inverno

O inverno é uma estação ideal para reunir a família e preparar deliciosos pratos quentes no aconchego do lar.

Os cuidados com a alimentação devem ser redobrados, principalmente no que se refere ao consumo de frutas, legumes e verduras. Esses alimentos são nossos aliados, pois fornecem vitaminas, minerais, água, antioxidantes e fibras; além de melhorar a resistência do organismo contra infecções, gripes e resfriados, que podem ocorrer nesse período de baixas temperaturas.

No inverno o nosso organismo gasta mais energia para manter a temperatura corporal. Para tirar proveito disso, precisamos manter uma alimentação saudável associada a prática de exercícios físicos regulares, o que contribuirá para que o nosso metabolismo fique mais acelerado, aumentando assim o gasto calórico.

Seguem algumas dicas que considero preciosas para usufruirmos dessa estação, sem abrir mão de uma alimentação equilibrada e do prazer de comer bem:

Continue lendo 5 Dicas Para Mantermos uma Alimentação Saudável no Inverno

Como fazer Arroz Integral

Arroz integral para quem está fazendo reeducação alimentar ou para quem quer ter uma alimentação saudável é muito bom porque é muito mais rico nutricionalmente que o arroz branco.

O arroz integral é uma arroz que demora mais para cozinhar porque é um grão mais duro, mas para resolver essa questão uma das dicas é deixar o arroz de molho na noite anterior. Tem gente também, que diz que o arroz integral tem um sabor forte, por isso coloquei lá embaixo no post algumas formas de temperar o arroz integral. Temperar depois de pronto por exemplo, disfarça esse gosto para quem não gosta muito. Eu gosto do sabor dele e acho que com o tempo todo muito vai se acostumando. Aqui em casa por exemplo, as crianças não gostavam muito, mas hoje já comem.

Continue lendo Como fazer Arroz Integral

Doce de Goiaba com Açúcar Mascavo

Gente vocês estão gostando dessas receitinhas mais saudáveis? Como falei no início dessa série, fiz uma detox e como algumas pessoas me pediram estou colocando aqui no blog algumas receitas que fiz. Mas, logo o blog volta para a programação normal com nossas receitas para o dia a dia e também para as receitas de gordices. Como sempre fiz aqui no blog, publico receitas saudáveis, comida de verdade, coisas que comemos no dia a dia, mas também publico receitas que são para aqueles dias que enfiamos o pé na jaca, afinal não sou nenhuma musa fitness então posso. Aqui em casa sempre foi assim, comemos bem, na medida do possível bem saudável, mas também aproveitamos os prazeres da vida e comer umas gordices de vez em quando é um desses prazeres. Como sempre digo aqui, equilíbrio é a chave.

Continue lendo Doce de Goiaba com Açúcar Mascavo

Filé de Peixe com Coco e Cúrcuma

Que peixe com coco é uma delícia e super saudável todo mundo já sabe, não é segredo para ninguém, então nesse período que estou fazendo uma alimentação mais saudável abusei do uso dele.

Acima de tudo, eu amo peixe com leite de coco, amo muito. Acho que é uma característica da minha baianidade. Para torná-lo mais saudável usei o coco fruta (seco) (abaixo vejam o que a Fernanda Zanovello escreveu).

Oi Patty veja os nutrientes dessa receita de pescada:

FILÉ DE PESCADA

Em primeiro lugar a pescada, ela tem proteínas, gorduras monoinsaturadas (importantes na prevenção de doenças cardiovasculares, pois contribuem para o aumento do colesterol bom – HDL), cálcio, magnésio, potássio, fósforo, sódio.

 COCO SECO

Em segundo lugar o coco seco, ele é rico em fibras (que facilitam o bom funcionamento do intestino, auxiliam na redução do colesterol sanguíneo), carboidratos (fonte de energia para o organismo), gorduras saturadas (o consumo deve ser inferior a 10% das calorias totais), cálcio, magnésio, potássio, sódio e fósforo.

 Fernanda Zanovello

Facebook: Fernanda Zanovello

fernandabz2009@gmail.com
Veja a receita:

Continue lendo Filé de Peixe com Coco e Cúrcuma

Receita de “Arroz” de Couve-Flor (low carb)

A Receita de “Arroz” de Couve-Flor já é uma receita bem conhecida de quem faz dieta. Eu mesma conheço e certamente faço essa receita há muitos anos, aprendi em um grupo de emagrecimento que frequentei quando morava em Rio Claro (SP), eu e esse efeito sanfona que me atormenta já me fez tentar de quase tudo.

Essa é uma dica ótima para quem quiser comer um prato que lembra muito o arroz, mas sem carboidrato. Fica bem leve e uma delícia. Substitui muito bem o arroz de todo dia.

Acima de tudo, essa é uma ajuda e tanto para diminuir a quantidade de calorias que ingerimos em uma refeição e muito nutritiva.

A Fernanda Zanovello, nossa nutricionista querida, que tem nos mostrado o quanto é saudável e o quanto faz bem o que temos comido nessas receitas da detox, vem agora falar dessa receita de “arroz” de couve-flor:

Patty veja os nutrientes presentes nessa receita:

COUVE-FLOR

Em primeiro lugar a couve-flor, ela tem fibras, vitamina C, potássio, fósforo, antioxidantes e é ótima para prevenção de câncer.

ÓLEO DE COCO 

Óleo de coco contém TCM (triglicerídeos de cadeia média) de fácil metabolização, resistente à oxidação e estável ao calor (sendo indicado para uso culinário). É utilizado como fonte de energia para o metabolismo (não sendo armazenado no organismo como gordura corporal). 

 SAL MARINHO

Sal marinho tem sódio (essencial para distribuição orgânica de água e volume sanguíneo), iodo (componente dos hormônios tireoidianos T3 e T4), cálcio, magnésio, enxofre (auxilia no processo de detoxificação do fígado).

 CEBOLA

Cebola é rica em fibras, potássio, cálcio, fósforo, magnésio, sódio, prevenção de doenças cardiovasculares, auxilia no tratamento de doenças respiratórias, prevenção de câncer, ação anti-inflamatória.

 Fernanda Zanovello

CRN-9 02100272

Facebook: Fernanda Zanovello

fernandabz2009@gmail.com

Veja que receita boa:

Continue lendo Receita de “Arroz” de Couve-Flor (low carb)

Minha lista do que comer na detox

Foto: Freeimages

Como falei nos posts, anteriormente, comecei a detox com os dois primeiros dias com uma alimentação mais líquida. Portanto, vou começar as receitas que vou postar com sucos funcionais e sopas super nutritivas. Fiz durante o fim de semana e comi (bebi) muito bem porque tanto os sucos, quanto as sopas são muito nutritivos, e nesse post eu vou de dar uma lista do que comer na detox.

Então, vou colocar aqui minhas listas (que me ajudaram bastante), mas primeiro vou lembrá-los de algumas coisas:

  • E primeiro lugar, comi de 3 em 3 horas
  • Não fiquei com fome, quando senti fome, comi (mas tem que diferenciar se realmente é fome, ou se é apenas vontade de comer)
  • Bebi muita água – eu gosto de tomar 1 copão logo que eu acordo, antes de tudo e depois ir tomando durante o dia.
  • Bebi chá (mas sem adoçar) – Bons chás são: chá verde, hibisco, cavalinha, dente de leão e chapéu de couro. Se quiser coloque canela, gengibre, etc… para melhorar o sabor já que não vai adoçar. Esses chás tem ação diurética, desintoxicante, e anti-inflamatória.
  • Quando pensava em comer, sempre pensei em nutrir o corpo e não apenas encher a barriga.
  • Variei o cardápio o quanto pude.
  • Quando comi frutas, sempre comi junto, fibras ou proteínas.

No entanto, como já disse, na minha detox tirei o glúten, a lactose e os industrializados, que tem alto potencial alergênico.

Então vamos as listas que fiz quando acabei a fase líquida, que eu colei na porta da geladeira e que me ajudavam na hora de fazer a lista de compras e também na hora de preparar nossas refeições.

Dicas:

  • Em primeiro lugar, procurei comprar orgânicos ou de produtores locais que não usam venenos, na medida do possível.
  • em segundo lugar, usei alimentos integrais.

As palavras com cores diferentes tem um link, clicando você é direcionado para mais informações, dê uma olhada, vale muito à pena.

 

Alimentos que devo consumir

MELANCIA, MELÃO, UVA, KIWI, AMEIXA, PÊSSEGO, MORANGO

COCO, LEITE DE COCO (feito em casa)

BANANA, MAMÃO, GOIABA

CEBOLA, ALHO. CHEIRO VERDE, COENTRO, SALSA, SALSÃO, ALHO PORÓ, PIMENTÃO, TOMATE, GENGIBRE

CENOURA, BETERRABA, VAGEM, COUVE-FLOR, BRÓCOLIS, BERINJELA, ABOBRINHA,

ALFACE, ESPINAFRE, RÚCULA, AGRIÃO, RABANETE, NABO

CANELA, PIMENTA, CÚRCUMA (açafrão da terra)

LIMÃO,

ABACATE (pode usar com doce ou salgado)

INHAME,

CARÁ,

BATATA DOCE,

MACAXEIRA (AIPIM, MANDIOCA)

BANANA DA TERRA

CASTANHA DO PARÁ, AMÊNDOA, CASTANHA DE CAJU, NOZES, PIPOCA (mas tem que saber fazer), SEMENTE DE ABÓBORA

DAMASCO SECO, UVA E BANANA PASSA, TÂMARAS, GOJI BERRY

TAPIOCA com alguma semente como semente de chia ou aveia ou amaranto,

CUSCUZ Nordestino (o feito só com flocos de milho)

GELATINA DE AGAR AGAR

OVOS CAIPIRA, GALINHA ORGÂNICA OU CAIPIRA SEM PELE, PEIXE,

SAL MARINHO (usado com muita parcimônia)

AZEITE EXTRA VIRGEM, ÓLEO DE COCO, GHEE,

CHIA, QUINOA, AMARANTO, GERGELIM INTEGRAL, LINHAÇA, BIOMASSA DE BANANA VERDE

MEL, AÇÚCAR MASCAVO, AÇÚCAR DEMERARA, MELAÇO DE CANA, RAPADURA

SUCO DETOX

ARROZ INTEGRAL, ARROZ 7 OU 8 GRÃOS

FEIJÃO VERDE, LENTILHA, ERVILHA SECA, GRÃO DE BICO,

Dicas:

  • Além disso, eu procurei comprar alimentos da estação e comuns na minha região.
  • Mas, não comprei tudo de uma vez, procurei fazer feira toda semana e comprei legumes diferentes a cada semana

 

Lista de alimentos que, consequentemente, não devo consumir na detox

LEITE e derivados.

ALIMENTOS COM GLÚTEN

BOLOS, BISCOITO, PÃES

BATATA INGLESA

CERVEJA, VINHO (e todas as bebidas com álcool)

PRODUTOS A BASE DE SOJA

MARGARINAS, CREME DE LEITE

GELEIAS DIET

EMBUTIDOS (presunto, salame, salsicha, peito de peru)

CARNE VERMELHA (DE BOI)

ALIMENTOS INDUSTRIALIZADOS de forma geral

ALIMENTOS DIETS (eu não tenho diabetes então não uso adoçante, se você tiver converse com seu médico e nutricionista)

TRIGO (farinha e grão)

CENTEIO

CEVADA

Dicas do que comer no dia a dia por refeição

 

Café da manhã:

CHÁS,

SUCOS DETOX E FUNCIONAIS

LEITE VEGETAL

VITAMINA DE BANANA, MAÇÃ OU MAMÃO (mas com leite vegetal)

TAPIOCA (sempre com alguma semente ou proteína)

CREPIOCA

PANQUECA SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE

OVO (cozido ou feito com óleo de coco)

CUSCUZ DE MILHO (com queijo sem lactose, ou com ovo)

BANANA DA TERRA COZIDA

BATATA DOCE

FRUTAS (sempre com alguma semente como chia, amaranto, etc…)

 

Almoço/Jantar:

ANTEPASTO de Pimentão, cebola, abobrinha, azeite extra virgem, orégano

GUACAMOLE (abacate, coentro, cebola e azeite extra virgem)

FRANGO (Coxa, peito e sobrecoxa de frango)

BACALHAU E OUTROS PEIXES

ARROZ INTEGRAL OU 8 GRÃOS

FEIJÃO VERDE, GRÃO DE BICO, LENTILHA

SALADAS VARIADAS

LEGUMES VARIADOS

PURÊS (de inhame, macaxeira, abóbora, mas sem leite)

Sobremesa

BANANA ASSADA COM MELAÇO E ALGUMA SEMENTE

MAÇÃ ASSADA COM MEL E ALGUMA SEMENTE

SALADA DE FRUTAS

FRUTA FRESCA

GELATINA DE AGAR AGAR

Lanche

SUCOS FUNCIONAIS

BATATA DOCE

BANANA DA TERRA

OVOS

FRUTAS COM MEL E SEMENTE

CASTANHAS, AMÊNDOAS, ETC…

 

Posteriormente se você quiser mais conteúdos como esse acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui.

Detox: algumas dicas

Bom como falei no post de ontem, fiz essa alimentação mais limpa e desintoxicante nos dias que voltei de férias e continuo fazendo, mas já tinha feito todos os exames antes de viajar. Então, minhas primeiras dicas de detox são:

  • Procure a orientação de profissionais médicos e nutricionistas antes de fazer qualquer dieta.
  • Dieta é específica para cada pessoa, pois somos únicos e só um profissional com base nos seus exames pode te prescrever uma.
  • Aqui, vou colocar só as dicas que, com a minha experiência de ter feito esse tipo de alimentação, eu tive. Daí você pode, seguindo as orientações dos profissionais, aproveitar melhor esse período.
  • Se você estiver grávida, ou estiver gripada, ou com alguma doença mais séria, como diabetes, hipertensão, ou outra, procure o seu médico.

Antes de falar as dicas de detox tenho outra coisa para dizer

Como disse no post anterior, o que fiz foi uma detox, uma desintoxicação do organismo por conta de uma alimentação desbalanceada e cheia de exageros que tive durante as férias.

O que é desintoxicar o organismo?

Desintoxicar o organismo é eliminar toxinas e os efeitos nocivos delas e é o primeiro passo para restaurar o equilíbrio do nosso organismo. Nosso organismo fica intoxicado basicamente por uma alimentação rica em alimentos processados, gordura saturada e trans, excesso de sal e açúcar, aditivos, corantes e conservantes usados inadequadamente. Ou seja, tudo o que comemos de besteiras e gordices. Por isso, sempre é bom fazer essa detox algumas vezes durante o ano. Eu pessoalmente estou querendo manter uma alimentação mais limpa durante a semana e deixando essas gordices, que são um prazer (não tem como negar) só para o fim de semana.

Eu fiz a detox de forma bem rígida durante uma semana, mas já faz uns 20 dias que continuo com a alimentação mais limpa, sem industrializados, sem glúten e sem lactose.

A primeira dica é:

Fazer durante uma semana e nos primeiros dois dias uma alimentação mais líquida e praticamente zero de proteína animal, como carne vermelha, frango, peixe e ovos. No terceiro dia fui voltando com a proteína animal, mas só ovo, frango e peixe.

Bom, vamos as minhas dicas para começar.

1.Planejamento

Coloquei no papel o que eu iria comer nos próximos dias. Outra coisa, fiz listas do que eu podia comer, do que não podia comer e que tipo de alimento poderia ser meu café da manhã, meu almoço e jantar e os lanches. Isso me ajudou muito, pois eu entrava na cozinha querendo comer alguma coisa, ia lá na lista que eu preguei na porta da geladeira e só depois abria a geladeira ou a despensa. Amanhã vou colocar aqui essas listas para vocês.

2.Organizar a geladeira

Só com alimentos saudáveis e que você vai poder comer. Quando temos uma família fica um pouquinho mais complicado. Aqui em casa, aproveitei que a despensa estava quase vazia, porque estava chegando de férias e enchi tanto a despensa como a geladeira com coisas saudáveis e procurei fazer coisas bem gostosas para que todo mundo aderisse. Meu marido fez direitinho junto comigo e amou e meus filhos comeram muito saudável, mas eles continuaram com proteína animal (ovo, peixe e frango) glúten e lactose.

3.O que tirei da minha alimentação

Tirei da minha alimentação nessa semana os alimentos industrializados, diet, light, glúten e lactose (amanhã falo melhor sobre isso).

4.O que eu procurei comer?

Procurei comer muitos alimentos frescos e sem agrotóxicos. Comi muito orgânicos, quando não achava, comprava alimentos produzidos por produtores locais e que não usam venenos nas plantações. Minhas compras de supermercado tem sido pequenininha, enquanto as da feira tem sido enormes (totalmente o oposto de alguns meses atrás).

5.Não bebi bebidas alcoólicas 

Normalmente já não bebo bebida alcoólica, as vezes só um vinho, mas nesse período, evite qualquer tipo de bebida alcoólica.

6.Não usei adoçantes artificiais.

7.Bebi bastante água

Água mesmo, bebi uns 2 litros. Mas bebi também chás e sucos detox e funcionais.

8.Comi de três em três horas, pequenas porções.

9.Fiz atividade física

O bom é fazer atividade física durante esse período. Eu não fiz minhas caminhadas que eu amo (ainda estou com a fascite plantar e fazendo fisioterapia), o maridão fez. Eu tenho uns pesinhos em casa e fiz  uns exercícios para braço, ombro, abdômen, peito e costas, fiz também um pouco de alongamento. Como tenho muita dor nos pés não consigo ainda fazer atividade em pé e para pernas.

Pensei assim: Só por hoje vou comer certinho (como no AA). Fiz isso todo dia e logo estava comendo direitinho e saudavelmente sem dificuldade.

Algumas considerações:

  • Não senti fome em momento algum.
  • Me sentia mais leve depois de uma refeição grande como o almoço. No início eu estranhei porque eu estava acostumada a sair da mesa com a barriga “pesada”, cheia.
  • Não tive mais sono depois do almoço.
  • Durante todo o período não tenho tido dor de cabeça, que normalmente tinha muito.
  • Estou dormindo melhor.
  • Sinto minha pele bem macia.
  • Diminuiu a celulite. Não sumiu tudo (sonho, hahaha), mas visivelmente diminuiu.
  • Como sou uma formiguinha e gosto demais de doce achei que ia ser difícil ficar uma semana sem doce, não foi. De verdade não senti nenhuma falta.
  • Fiz a detox para limpar o organismo, mas acabei perdendo peso, aliás eu e o maridão. Eu perdi, em uma semana 1, 2 Kg (e perdi medida também), meu marido perdeu 1,5 Kg.

Maior dificuldade:

Deixar de contar calorias

Confesso, sou a louca da caloria. Eu sei quanto cada alimento tem de caloria. São muitos anos contando caloria de tudo que eu comia. Já tive livrinho, já tive aplicativo no celular, tudo para me ajudar a contar as calorias do que comia.

Fazendo a detox, me preocupei eu prestar mais atenção ao meu corpo. A comer o suficiente. Não contei caloria em nenhum momento. Comi bem.

Para mais informações, como essa, acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui.

Minha detox…

Aqui nesse post eu te mostro como eu faço minha detox

Oi gente, como eu falei no Instagram e no Facebook logo depois das férias resolvi fazer uma dieta detox porque durante as férias o bicho pega, né gente? É uma comilança danada, muitas vezes sem horário e comendo muita besteira. Esse ano por exemplo, foi um exagero de sorvete e refrigerante (que normalmente não tomo) que resolvi pegar leve quando cheguei. Vocês devem ter notado que eu estava meio lenta com os posts aqui do blog, mas eu estava a todo vapor fazendo a detox e tirando foto de tudo para mostrar para vocês como fiz. Então, nos próximos posts vou mostrar muita coisa para vocês. Inclusive muitas receitinhas.

Alguns acontecimentos que me fizeram aprender mais na área da alimentação

Eu, na minha vida inteira, já passei por muitos nutricionistas, endocrinologistas e grupos de emagrecimento. Até a adolescência e juventude eu fui magra, mas depois do meu casamento foi um tal de engordar que só pela misericórdia. Depois que engravidei então, foi um Deus nos acuda e olha que tive três filhos. Daí para cá, vivi um eterno efeito sanfona. Um engorda e emagrece e engorda de novo sem fim. Por isso conheço quase tudo e quase todas as dietas para emagrecer.

As últimas coisas que tenho aprendido nessa área é sobre os alimentos funcionais com a nutricionista Mariana Jones que escreveu muitos posts aqui no blog sobre esse assunto. Tenho visto que comer limpo e se exercitar é a melhor coisa.

O que eu fiz antes de viajar?

Então, antes de viajar fiz um check-up, com muiiitos exames e como está tudo bem com minha saúde, resolvi colocar em prática tudo o que tenho aprendido nesses anos.

O que vou mostrar para vocês não é uma dieta, aliás não siga dieta de ninguém. Cada pessoa é uma pessoa e a dieta tem que ser indicada e acompanhada por um profissional da área da nutrição. Então, o que fiz e que vou mostrar para vocês é uma alimentação limpa, comendo o mais saudável possível.

Reservei um tempo para mim esses dias e aproveitei e inclui a família. Não tive o objetivo de perder peso, meu objetivo maior foi limpar meu organismo. Mas, de lucro perdi peso e medidas. Então, estou com a ideia de continuar com essa alimentação mais saudável durante o ano e deixar as gordices para o fim de semana. Afinal tenho um blog de culinária, gosto demais de cozinhar e de comer. Então vou continuar postando receitinhas mais gordinhas. Mas,se você quiser fazer como eu, deixe essas comidinhas para o fim de semana, ou para o Dia do Lixo, como as pessoas que fazem uma alimentação mais saudável dizem.

Vocês que me seguem aqui há mais tempo sabem que sempre tive essa preocupação com uma boa alimentação e vez ou outra faço receitas saudáveis. Não quero ser a chata da dieta, aquela que só fala disso. De jeito nenhum. O que quero é mostrar o que tenho feito. Mas, sem neuras, mantendo o que é um dos maiores prazeres da vida, que é comer bem.

Então, nesse primeiro momento, vou fazer vários posts mostrando como foi minha detox e muitas receitinhas, mas depois o blog volta para a programação normal onde sempre eu intercalo gordice com alimentação saudável.

C’est la vie!

Para mais conteúdos como esse acesse o meu canal do YouTube Clicando Aqui