Categorias
Carne, linguiça Receita Salgada Receitas Para Iniciantes

Receita de Carne Moída Com Milho

Essa é daquelas comidinhas de mãe, comidinha caseira. E ela pode ser servida assim, acompanhada de um arroz branco bem fresquinho ou também pode servir de recheio de torta, rocambole ou de panqueca.

Eu fiz essa para rechear umas panquecas, depois eu mostro.

Se você não tiver tanta intimidade com a cozinha, está aprendendo a cozinhar ou precisa fazer uma comidinha e nem sabe por onde começar, essa com certeza é uma boa receita. Ela é bem básica e como já falei pode ser servida em uma refeição ao servir como recheio. Uma outra ideia é acrescentar molho de tomate e servir com macarrão.

Veja como eu fiz.

Categorias
Carne, linguiça Farofa Geral Receita Feita na Panela de Pressão Receita Salgada

Carne Festiva com Farofa de Frutas

Esta Carne Festiva Com Farofa de Frutas é uma sugestão muito boa para as ceias de fim de ano. É uma alternativa ao peru. Além de ser muito prática, pois você pode preparar de véspera e no dia só esquenta e monta o prato. Para falar a verdade eu acho que fica ainda mais gostosa se preparada de véspera e olha que eu não gosto de comida dormida. Sem contar que no dia da festa você vai ter bem menos trabalho.

Eu fui convidada há alguns dias atrás, pelo Luciano André para participar do Jornal Especial de Natal da Rádio Marano (102.3 fm) hoje de manhã, então resolvi fazer esta carne, para dar para os ouvintes ,esta receita especial de fim de ano. Fiz esta carne na segunda-feira (plena segunda-feira e nós aqui comendo uma Carne Festiva Com Farofa de Frutas, kkkk). Mas, eu fiz para poder passar no jornal da manhã e também para postar aqui no blog. Foi uma segunda-feira sui generis. Espero que vocês gostem, nós gostamos, e muito.

Carne Festiva com Farofa de Frutas

Ingredientes

Carne

1 lombo ou lagarto de 1,5 kg ou 2 kg (fiz com lagarto)

1 cebola pequena ralada

3 dentes de alho amassados

1 colher (de sopa) de tempero caseiro (opcional)

1/2 copo de vinho branco

Suco de 2 laranjas

1/2 xícara (de chá) de água

Sal a gosto

2 colheres (de sopa) de óleo

Farofa

1 cebola pequena ralada

2 colheres (de sopa) de manteiga

2 xícaras (de chá) de farinha de mandioca

1/2 xícara (de chá) de azeitonas verdes picadas

1/2 xícara (de chá) de castanha de caju picadas

1/2 xícara (de chá) de uvas passas escura e sem semente

1/2 xícara (de chá) de pêssegos em calda escorridos e picados

Sal a gosto

Modo de Preparo

Carne – Limpe a carne e com a ajuda de uma faca retire o miolo, de uma maneira que fique um buraco no meio da carne. Coloque a carne dentro de um saco plástico limpo (pode ser daqueles próprios para congelamento). Dentro do saco você vai colocar também a cebola, o alho, o tempero caseiro, o sal e o vinho. Feche o saco e deixe de um dia para o outro na geladeira.

Farofa – Frite a cebola na manteiga até dourar, acrescente as passas, as azeitonas, a castanha e os pêssegos. Acerte o sal. Acrescente a farinha de mandioca e mexa delicadamente.

Montagem – Retire a carne do saco plástico e preencha o buraco que você fez na carne com a farofa. Coloque o óleo em uma panela de pressão e doure a carne de todos os lados. Agora acrescente o tempero que ficou no saco, o suco das laranjas e a água, acerte o sal e deixe cozinhar na pressão até ficar macia, cerca de 30 minutos.

Depois de macia, corte a carne em fatias e arrume em uma travessa. Enfeite com a farofa restante e fatias de pêssego.

Deixe o molho que ficou na panela, apurar mais um pouco e sirva em uma molheira.

Clique nas fotos para ver em tamanho maior

Pulo do Gato – Quando for rechear a carne com a farofa, o segredo é não encher até a boca, pois a farinha de mandioca incha e pode transbordar.

Observação: Quando tiver que mexer a carne enquanto estiver na panela, faça isto com cuidado e delicadeza para que a farofa do recheio não derrame.

Categorias
Carne, linguiça Conversa na Cozinha Geral Receita Salgada

Almôndegas Assadas com Molho e um tiquinho de prosa

Como já falei outras vezes aqui, não gosto de fazer fritura, até gosto de comer de vez em quando, mas fazer, definitivamente não gosto.

Será que tem alguém que gosta de fazer? Ou, só faz porque TEM que fazer? Eu hein, ficar cheirando a óleo e o cabelo então, fica um nojo, a cozinha toda melecada e na maioria das vezes nós mesmas vamos ter que limpar. Dá prá mim não fia. Só faço, muito raramente para matar desejos.

Por isso gosto destas almôndegas.

Para fazê-las não é preciso fritá-las. Oba.

Veja como eu fiz:

Almôndegas Assadas com Molho

Ingredientes

500g de carne moída (se for patinho, melhor)

2 fatias de pão de forma ou um pão francês (molhado com leite e bem espremido)

3 dentes de alho amassado

1 cebola média ralada

1 ovo

Sal o suficiente

1 xícara de molho de tomates (ou uma lata de sua preferência)

Queijo ralado para polvilhar

Modo de Preparo

Misture a carne com o pão, o alho, a cebola, o ovo e amasse bem. Tempere com o sal. Pegue pequenas porções da massa de carne e modele bolinhas na mão. coloque em uma assadeira untada com óleo e leve para assar até elas ficarem douradas, o forno deve estar na temperatura média.

Esquente o molho de tomates. Arrume as almôndegas em uma travessa, coloque o molho por cima e polvilhe o queijo ralado.

****************************************

Eu sei que deve ter gente que detesta molho em lata, caldo de carne em tablete (agora em potinhos), que detesta margarina (só usa manteiga), chocolate ao leite nacional (só usa belga e de preferência meio amargo que é mais chique) e outras coisas mais. Mas esta não é a minha realidade, nem a da maioria dos brasileiros.

Claro que eu gosto de qualidade e de novidades, melhor ainda se as novidades tiverem qualidade.

Quem não tem curiosidade de experimentar um alho negro, Limoncello e sei lá mais o que  destas novidades que temos ouvido muito por aí? Eu tenho, mas no meu dia a dia não vivo disto.

Estes dias “ouvi” uma pessoa falando no Twitter: “se eu entro em um blog e vejo uma receita com margarina, não volto mais lá, acho um absurdo”, vi também muitas críticas ao Atala, por ser um chef e se “prestar a um papel destes”, só por causa da propaganda que ele fez do caldo em potinhos.  Você deve estar pensando: “Ah vá, que você ouviu isto?” Ouvi e muito!

Não critico estas pessoas, só acho que da mesma forma que ela adora cozinhar com azeite extra vírgem ou manteiga (feita com leite de vacas holandesas) também me reservo o direito de ter direito de cozinhar do jeito que eu gosto e posso.

Se não tenho molho de tomates frescos, posso usar um bom molho de tomates em lata, que tenha qualidade e que seja gostoso, sem me sentir a pior cozinheira do mundo. Gosto de cozinhar com azeite ou com manteiga, mas às vezes só tenho margarina, às vezes o salário acabou antes do mês e por causa disto não vou poder fazer um belo de um prato? Claro que vou.

Tenho muitos amigos chefs no Twitter e no Facebook, com quem aprendo muito conversando, são verdadeiros artistas e com um uma simplicidade exemplar, a eles eu respeito.

Não sou chef e nem tenho a pretensão de sê-lo. Sou apenas uma dona de casa que sempre quer o melhor para sua família, então acho que tenho o ingrediente principal para as minhas receitas: Amor.

Punto e basta, como diria o Totó (#passionefeeling)

Categorias
Carne, linguiça Geral Receita Feita na Panela de Pressão Receita Salgada

Que delícia de carne, o que é? Língua.

No fim de semana preparei aqui em casa Língua de Boi, mas estava em uma dúvida terrível se publicava aqui no blog.  É que, pelo que vejo, muita gente morre de nojo só na possibilidade de comer língua. Até tirei umas fotos do preparo, mas a dúvida permanecia. A gente tende a querer mostrar só o que é bonito, o que deu certo, etc… Mas muita vezes aprendemos muito mais com o que não deu certo, com o desconhecido, com o inusitado do que com qualquer outra coisa.
Acho língua, uma das carnes mais saborosas que tem. Sempre gostei e aqui em casa, vez por outra, tem. Tenho a mais absoluta certeza que, se a língua for preparada e as pessoas degustarem sem saber que se trata de língua, a maioria vai comer, pedir bis e lamber os beiços.
Mas a cabeça da gente é fogo, né? É só a gente saber que se trata de língua, que pronto, a maioria fica com o estômago revirado e nem sob tortura experimenta esta iguaria.
Porém, depois de pesquisar um pouco e ver que a maioria das amigas que frequentam aqui, gostam de língua e quando eu acordei hoje e vi a Ana Maria Braga comendo língua de bacalhau no programa, hoje cedo, me animei.
Outra coisa interessante que achei, foi que em janeiro, um dos melhores food blogs americano, o Simply Recipes, fez uma receita de língua de boi, achei tão interessante, que na época até deixei um comentário lá. É meio difícil imaginar americano comendo língua de boi, né?
A minha eu fiz assim:

Categorias
Aperitivos e Petiscos Carne, linguiça Geral Receita Feita na Panela de Pressão Receita Salgada

Lombo Louco, ótima opção para o lanche.

Lembram que há algumas semanas atrás eu fiz o Lombo Assado Com Vinho e Flor de Sal, pois bem, o lombo era bem grande e sobrou praticamente a metade. Então resolvi fazer algo diferente com o que sobrou. Então fiz uma espécie de Lombo Louco (alusão àquela carne louca que muitos conhecem). Não é que o Lombo Louco ficou uma delícia. Então se você tiver aí, uma sobra de lombo experimenta fazer que é muito bom. Agora se você não tem sobras, mas quer fazer. Faz assim: Tempera um lombo com sal e alho (de um dia para o outro). No dia seguinte coloque um pouco de óleo na panela de pressão e frite o lombo de todos os lados, acrescente água quente e coloque a tampa e deixe pegar pressão. Quando a carne estiver macia, retire da panela e deixe esfriar. Agora o Lombo Louco eu fiz assim:

Lombo Louco



Ingredientes
1 kg de lombo cozido
2 cebolas médias em rodelas
1 pimentão verde grande em rodelas
1 xícara (de chá) de cheiro verde (usei coentro também)
1 xícara (de chá) de azeite extra virgem
1/2 xícara (de chá) de vinagre de vinho branco
200 g de azeitonas picadas
Sal a gosto

Modo de Preparo
Enrole o lombo cozido em papel alumínio e leve para a geladeira (gelado fica mais fácil de cortar fino). Depois de gelado corte bem fino (eu usei faca elétrica). Depois em um recipiente vá fazendo camadas de cada um dos ingredientes, inclusive do lombo fatiado. Termine com uma camada de cebola, pimentão, azeite e vinagre.
Cuidado na hora de colocar o sal, pois o lombo já foi cozido com sal e a azeitona tem muito sal.
Depois de terminadas as camadas tampe e leve para gelar (pode fazer em um dia e comer no outro). É uma delícia para comer geladinho. Se tiver um pãozinho para comer como recheio então, hum.



Categorias
Carne, linguiça Comida Nordestina Faça Você Mesma (DIY) Geral Receita Salgada Receitas Para Iniciantes

Como Fazer Carne de Sol Com a Carne Crua – DIY.

 

Como boa nordestina gosto demais de Carne do Sol. Quando morei no Estado de São Paulo eu não encontrava muito fácil para comprar, então todas as vezes que minha mãe ia me visitar, ela fazia para deixar lá para a gente.

Eu nunca tinha feito Carne de Sol antes, mas como tem sempre gente que me pergunta como faz, resolvi fazer para colocar no blog. É facílimo!!!

Agora, quem gosta de Carne do Sol e mora no exterior ou em Estados onde não encontra para comprar, agora já pode fazer a sua própria Carne do Sol. Quem sabe você até se torna uma fornecedora de Carne do Sol para os amigos e conhecidos aí na sua cidade, já pensou um din din extra no fim do mês.

Primeira pergunta:
Qual carne usar?
Tem que ser uma carne de boa qualidade. Pode ser por exemplo: maminha, picanha, contra-filé, coxão-mole, alcatra, até com lagarto eu soube de gente que fez e ficou bom.

Segunda pergunta:
Qual o sal que devo usar? O fino ou o grosso?
Eu prefiro o fino, pois ele penetra melhor na carne tornando o processo mais rápido.

Terceira pregunta:
Quanto de sal vai usar?
Tanto eu quanto minha mãe colocamos no olhômetro, isto é, não temos medida, mas não economize. O sal é usado para desidratar a carne então coloque bastante. Quem já fez receitas com carne do sol sabe que ela é bem salgada (tipo o bacalhau) e que antes de prepará-la temos que dessagá-la.

Quarta pergunta:
Fica muito tempo no sol?
Ela chama-se Carne do Sol, mas não vai no sol e sim no sereno.

Vamos Fazer a Carne de Sol?

  • Escolha uma carne de boa qualidade e abra em mantas com aproximadamente 3 a 4 cm de espessura. Coloque a manta de carne em um recipiente e  espalhe o sal por cima, vire a carne e espalhe o sal do outro lado também.
  • Cubra o recipiente com um pano de prato e deixe descansando por aproximadamente 12 horas.
  • Depois, coloque um varal à sombra,  pendure a carne e deixe “curar” mais ou menos 48 horas. Se puder deixar no sereno melhor ainda. Eu coloquei um varal entre a cozinha e a despensa (onde tem uma janela), no quintal não ia rolar, pois ia ser um banquete para os gatos da vizinhança, hahaha.
  • Durante a noite eu deixei a carne descoberta, mas durante o dia eu cobri com um paninho por conta das moscas, poeira, estas coisas.
  • Depois de pronta é só conservar na geladeira.

Obs. Depois de pronta a carne muda de cor. Você vai ver que ela fica mais escura que a carne crua.

Dicas

  1. Quando for usar a carne, lave muito bem para retirar o excesso de sal. Depois deixe de molho no leite que além de tirar o resto do sal, vai deixar a carne bem mais macia.
  2. Quando fritar a Carne do Sol, não deixe muito no fogo, pois ela fica dura. O sal já faz uma espécie de pré-cozimento na carne, então quando dourar um pouquinho já retire do fogo.

Receitas Com Carne de Sol:

Como sugestão segue uma lista de receitas com Carne de Sol: CLIQUE AQUI.

 

 

Categorias
Carne, linguiça Geral Receita Feita na Panela de Pressão Receita Salgada

Músculo ao Vinho Tinto. Carne de segunda vestida para festa.

Aqui em casa todo mundo gosta de músculo que apesar de ser uma das carnes chamadas “de segunda” é uma carne muito saborosa que só precisa de um tempo maior de cozimento. Aqui comemos músculos quase toda semana e as crianças comem desde bebezinhas quando tomaram o primeiro caldo de carne com legumes super nutritivo.
Eu sei que tem gente que tem preconceito com carne de segunda, mas eu não sofro disto então estou sempre comprando músculo, em pedaços ou moído e faço todo tipo de coisa.
Estes dias fiz com vinho tinto e ficou simplesmente divino, tanto que já fiz outras vezes. Se fizer este músculo ao vinho tinto, com um arroz branco e uma salada de rúcula com manga você vai ter uma refeição bem dygna, né não?
Então experimenta e depois me conta.

Categorias
Carne, linguiça Geral Receita Salgada

Lombo Assado Com Vinho e Flor de Sal – Passo a passo com fotos

Lombo nunca foi minha carne preferida, sempre achei uma carne muito seca. Mas esta receita me surpreendeu, tanto que já fiz várias vezes aqui em casa. É um lombo super úmido e delicioso.

É muito fácil, rápido e simples para fazer, mesmo se você não tiver muito jeito na cozinha você vai conseguir.

Que tal deixar este lombo temperado na geladeira e assar amanhã para o almoço do Dias das Mães, aposto que todos vão se surpreender. Esta receita é para os filhos ou o maridão preparar, hein! Nada da mamãe ficar na cozinha neste dia, né?

Agora tenho que te alertar: Você corre o risco de sempre ser convocado para fazer “aquele lombo delicioso do Dia das Mães”, hahahaha.

Categorias
Carne, linguiça Geral Receita Salgada

Costela Assada, para aplacar minha vontade, hahaha!

Estava com uma vontade imensa de comer costela todos estes dias. Pedi a meu marido que trouxesse uma da rua quando ele viesse. Ele trouxe. Eu não via a hora de fazer. Já estava sonhando com aquela carne se desfazendo, hum. Até agora contando para vocês já estou com a boca cheia de água, hahaha. E vocês não vão acreditar, já estou querendo comprar outra (#prontofaley), hahahaha.
Fiz de uma forma que nunca tinha feito antes, achei super prática e deliciosa.

Costela Assada

Ingredientes
1 costela de 1kg a 1,5kg
3 colheres (de sopa) de maionese (generosas)
4 a 5 dentes de alho amassados
Sal a gosto

Modo de Preparo
Tempere a costela com o alho e o sal e deixe pegar gosto, no mínimo 1h. Coloque a costela em uma assadeira e com a ajuda de um pincel ou da colher mesmo espalhe a maionese por cima dela, não seja econômica, lambuze mesmo, sem dó, nem piedade. Cubra com papel alumínio, bem fechado, de um jeito que não entre nem pensamento. Leve ao forno com temperatura baixa, depois de mais ou menos 2h espete o garfo por cima do papel alumínio, se tiver bem molinha é só tirar o papel alumínio e deixá-la dourar.

Categorias
Carne, linguiça Geral Receita Salgada

Pimentão Recheado com Carne Moída

Ás vezes eu fico tão sem ideia de como fazer carne moída para o almoço ou jantar. Estes dias me vi em um momento destes e o pior que foi alguns dias antes do dia da feira, então eu não tinha muita coisa na despensa, nem na geladeira.
Quando abri a geladeira vi que tinha alguns pimentões (e meu marido adora), temperos e a carne moída.
Eu pessoalmente não gosto muito de pimentão cozido, acho o sabor muito forte, no dia a dia uso como tempero e pouco. Agora, eu gosto do pimentão cru na salada.
Mesmo assim resolvi fazer (para agradar ao maridão, claro).
Fiz de forma bem simples, sem seguir nenhuma receita especial e ficou muito bom. Eu comi só a carne, mas meu marido comeu tudinho e amou.
Eu fiz assim: